A INTERPRETAÇÃO DE “ALTERNÂNCIAS” DE EDINO KRIEGER: UM ESTUDO COMPARATIVO DE SETE ESTRÉIAS

Autores

  • Marco Antonio Corrêa Correia Lima UNIRIO

Palavras-chave:

Edino Krieger, Violão, Estudo comparativo, Alternâncias, Performance musical.

Resumo

Neste artigo são apresentados os primeiros resultados de um estudo comparativo de sete diferentes interpretações de “Alternâncias” de Edino Krieger, para violão solo. Para tal, foi realizada uma análise dos registros em vídeo digital da estréia desta obra, que ocorreu durante um concurso de violão. Este estudo aborda o processo de transformação encontrado em cada performance e a forma como o intérprete interage com o texto musical. Através da elaboração de quadros com as principais informações pertinentes à interpretação e às opções técnicas dos violonistas, foram constatadas muitas variações entre as versões apresentadas, sendo também possível apontar elementos da própria partitura que poderiam ter causado uma parte desta diversidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Antonio Corrêa Correia Lima, UNIRIO

Bacharel em violão pela Uni-Rio, atualmente cursa o mestrado em práticas interpretativas na mesma instituição, sob orientação de Nícolas Barros. Atua regularmente como solista e camerista, gravou o CD Danças Basileiras com o Quarteto Carioca de Violões e foi premiado como solista em 14 concursos no Brasil.

Downloads

Publicado

2010-03-11

Como Citar

Correia Lima, M. A. C. (2010). A INTERPRETAÇÃO DE “ALTERNÂNCIAS” DE EDINO KRIEGER: UM ESTUDO COMPARATIVO DE SETE ESTRÉIAS. Cadernos Do Colóquio, 10(1). Recuperado de http://seer.unirio.br/coloquio/article/view/517

Edição

Seção

Teoria e prática da interpretação