Barriers and challenges in nursing’s performance in emergency and emergency services / Entraves e desafios na atuação do enfermeiro nos serviços de urgência e emergência

Main Article Content

William Caracas Moreira
http://orcid.org/0000-0003-2138-3445
Larissa Rodrigues Lira
https://orcid.org/0000-0003-3786-5422
Lara Rodrigues Lira
https://orcid.org/0000-0001-8176-7817
Maria Aparecida Mota de Abreu
https://orcid.org/0000-0002-3840-9333
Cristiano Walter Moraes Rola Júnior
https://orcid.org/0000-0003-3490-2507
Isabelle Cerqueira Sousa
https://orcid.org/0000-0002-5131-3395

Resumo

Objetivo: identificar os principais entraves e desafios enfrentados pelo enfermeiro atuante nos serviços de urgência e emergência. Método: trata-se de uma revisão narrativa. Utilizou-se artigos publicados nos últimos cinco anos, disponíveis nas principais bases de dados, em três idiomas, contemplando a temática em seu título, resumo ou assunto. Inicialmente encontrou-se 12.370 arquivos, que ao passarem pelos critérios de exclusão e leitura simplificada culminou na abordagem de 28 artigos. Resultados: dentre os principais achados destacam-se: a grande demanda do serviço, carga horária exaustiva, baixos salários, situações de estresse, eventos adversos, além da falha na comunicação e relação interprofissional. Conclusão: há a prevalência dos entraves nos diversos serviços de urgência e emergência, contudo, são apontadas diversas soluções com potencial de aplicabilidade, na tentativa de gerir os entraves e sanar os desafios identificados.




 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Moreira WC, Rodrigues Lira L, Rodrigues Lira L, Mota de Abreu MA, Moraes Rola Júnior CW, Cerqueira Sousa I. Barriers and challenges in nursing’s performance in emergency and emergency services / Entraves e desafios na atuação do enfermeiro nos serviços de urgência e emergência. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 8º de março de 2022 [citado 24º de setembro de 2022];14:e-10962. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/10962
Seção
Research
Biografia do Autor

William Caracas Moreira, UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (UFPB)

Enfermeiro pela Universidade Federal do Piauí - UFPI; Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem - PPGENF da Universidade Federal da Paraíba - UFPB; Integrante do Grupo de Pesquisa em Saúde Coletiva - GPesC, na linha de saúde da criança e do adolescente (credenciado ao CNPq); Diretor de pesquisa da Liga Acadêmica de Enfermagem Clínico-Cirúrgica - LAECC.

Larissa Rodrigues Lira, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

Acadêmica de enfermagem pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), Picos-Piauí-Brasil.

Lara Rodrigues Lira, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

Acadêmica de enfermagem pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), Picos-Piauí-Brasil.

Maria Aparecida Mota de Abreu, UNICHRISTUS

Enfermeira, Pós-graduanda em Urgência e emergência pela UNICHRISTUS, Fortaleza-Ceará-Brasil.

Cristiano Walter Moraes Rola Júnior, UNICHRISTUS

Médico, Mestre em Farmacologia Clínica pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Fortaleza-Ceará-Brasil.

Isabelle Cerqueira Sousa, UNICHRISTUS

Terapeuta Ocupacional, Doutoranda em Saúde coletiva pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR), Fortaleza-Ceará-Brasil.

Plum Analytics

Referências

CECÍLIE, L. C. O., et al. Enfermeiros na operacionalização do Kanban: novos sentidos para a prática profissional em contexto hospitalar? Rev. Ciências e Saúde Coletiva. Brasil, v. 25, n. 1, p. 283-292, 2020 [acesso em 3 de Julho 2020]. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v25n1/1413-8123-csc-25-01-0283.pdf.

BRASIL. Ministério Da Saúde. Manual instrutivo da rede de atenção às urgências e emergências no Sistema Único de Saúde (SUS). 1° edição; Brasília – DF: Ministério da Saúde, 2013 [acesso em 3 de Julho 2020]. Disponível em:http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_instrutivo_rede_atencao_urgencias.pdf.

BATTISTI, G. R., et al. Perfil de atendimento e satisfação dos usuários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Rev. Gaúcha de Enferm. Brasil, v. 40, e20180331, 2019[acesso em 3 de Julho 2020]. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472019000100425.

CHAGAS, D. C.; PEREIRA, D. A.; CASTRO, F. L. M. Qualidade da assistência de enfermagem no setor de urgência de um hospital público de Teresina. Revista Interdisciplinar. Brasil, v. 8, n. 1, p. 26–36, 2015[acesso em 3 de Julho 2020]. Disponível em: https://revistainterdisciplinar.uninovafapi.edu.br/index.php/revinter/article/view/360.

URSI, E. S. Prevenção de lesão de pele no perioperatório: revisão integrativa da literatura. [Dissertação]. Ribeirão Preto: Universidade de São Paulo, Escola de enfermagem de Ribeirão Preto; 2005[acesso em 3 de Julho 2020]. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-18072005-095456/publico/URSI_ES.pdf.

CHAN, Stewart S.W et al. Strategies and solutions to alleviate access block and overcrowding in emergency departments. Hong Kong Med J. China, v. 21, n. 4, p. 52-345, 2015 [acesso em 15 de Setembro 2020]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26087756/.

ZAMBONIN, Fernanda et al. Classificação dos pacientes na emergência segundo a dependência da enfermagem. Rev. Enferm. UFPE online. Brasil, v. 13, n. 4, p. 1133-1141, 2019 [acesso em 26 de Setembro 2020]. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-1021263.

DOETZEL, Catherine M.; RANKIN, James A.; THEN, Karen L. Nurse Practitioners in the Emergency Department: Barriers and Facilitators for Role Implementation. Advanced Emergency Nursing Journal. Canadá, v. 38, n. 1, p. 43-55, 2016 [acesso em 26 de Setembro 2020]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26817430/.

WOLF, Lisa A.; PERHATS, Cydne; DELAO, Altair M. US emergency nurses’ perceptions of challenges and facilitators in the management of behavioural health patients in the emergency department: A mixed-methods study. El Sevier. EUA, v. 18, n. 3, p. 138-148, 2015 [acesso em 27 de Setembro de 2020]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25937565/.

SANTOS, Patrícia Reis Alves dos; ROCHA, Fernanda Ludmilla Rossi; SAMPAIO, Camila Santana Justo Cintra. Ações para segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos em unidades de pronto atendimento. Rev. Gaúcha Enferm. Brasil, v. 40, 2019 [acesso em 26 de Setembro 2020]. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472019000200423.

SANTOS, Nerea et al. Procedimientos de sedoanalgesia pediátricos: formación y práctica profesional de los enfermeros en los servicios de urgencias españoles. Emergencias (Sant Vicenç dels Horts). Espanha, v. 3, n. 2, p. 143-145, 2020 [acesso em 26 de Setembro 2020]. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/ibc-188168.

KALLIOKOSKI, Jaana et al. Insight into hospital ward nurses’ concerns about patient health and the corresponding Medical Emergency Team nurse response. Intensive and Critical Care Nursing. v. 53, p. 100-108, 2019 [acesso em 26 de Setembro 2020]. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0964339718303100.

CARMAN, Margareth et al. Leading the Effort to Promote Bleeding Control in Our Communities. AJN The American Journal of Nursing. EUA, v. 119, n. 5, p. 51-53, 2019 [acesso em 26 de Setembro 2020]. Disponível em: https://journals.lww.com/ajnonline/FullText/2019/05000/Leading_the_Effort_to_Promote_Bleeding_Control_in.29.aspx.

MOSADEGHRAD, Ali Mohammad et al. Emergency medical services in Ethiopia: Drivers, challenges and opportunities. Journal Human antibodies. Etiópia, v. 27, n. 1, p. 33-41, 2019 [acesso em 27 de Setembro 2020]. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/mdl-30958339.

OWUSU-ANSAH, Sylvia et al.Pediatric Readiness in Emergency: Medical Services Systems. American Academy of Pediatrics. EUA, v. 145, n. 1, 2020 [acesso em 26 de Setembro de 2020]. Disponível em: https://pediatrics.aappublications.org/content/145/1/e20193308/tab-article-info.

HASSANKHANI, H et al. The consequences of violence against nurses working in the emergency department: A qualitative study. Int Emerg Nurs. Irã, v. 30, p. 20-25, 2018 [acesso em 15 de Setembro 2020]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28882749/.

SHEIKHBARDSIRI, Hojjat et al. Motivation of the nurses in pre‐hospital emergency and educational hospitals emergency in the southeast of Iran. Int J Health Plann Manage. Irã, v. 33, n. 1, p. 255-264, 2018 [acesso em 27 de Setembro 2020]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28877388/.

BURROWS, Georgina L.; CALLEJA, Pauline; COOKE, Marie. What are the support needs of nurses providing emergency care in rural settings as reported in the literature? A scoping review. Rural and Remote Health. Austrália, v. 19, n. 2, 2015 [acesso em 27 de Setembro 2020]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31088108/.

LU, Dong-Mei et al. Occupational stress and coping strategies among emergency department nurses of China. Archives Of Psychiatric Nursing. China, v. 29, n. 4, p. 208-212, 2015 [acesso em 27 de Setembro 2020]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26165974/.

LESZCZYNSKI, Piotr et al. Determinants of occupational burnout among employees of the Emergency Medical Services in Poland. Ann Agric Environ Med. Polônia, v. 26, n. 1, p. 114-119, 2019 [acesso em 15 de Setembro 2020]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30922040/.

MUNNANGI, Swapna et al. Burnout, Perceived Stress, and Job Satisfaction Among Trauma Nurses at a Level I Safety-Net Trauma Center. J Trauma Nurs. EUA, v. 25, n. 1, p. 4-13, 2018 [acesso em 15 de Setembro 2020]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29319643/.

CRUZ, Silvia Portero de la et al. Factores relacionados con la probabilidad de padecer problemas de salud mental en profesionales de urgencias. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. Espanha, v. 27, 2019 [acesso em 26 de Setembro 2020]. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692019000100331&tlng=pt.

BOHSTROM, Dan; CARLSTROM, Eric; SJOSTROM, Nils. Managing stress in prehospital care: Strategies used by ambulance nurses. International Emergency Nursing. Suécia, v. 32, p. 28-33, 2017 [acesso em 27 de Setembro]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/27665426/.

KIRONJI, Antony Gatebe et al. Identifying barriers for out of hospital emergency care in low and low-middle income countries: a systematic review. BMC Health Services Research. EUA, v. 18, n. 291, 2018 [acesso em 27 de Setembro 2020]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29673360/.

GROVER, Elise; PORTER, Joanne E; MORPHET, Julia. An exploration of emergency nurses' perceptions, attitudes and experience of teamwork in the emergency department. Australas Emerg Nurs J. Austrália, v. 20, n. 2, p. 92-97, 2017 [acesso em 15 de Setembro 2020]. Disponível em:https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28196705/.

FOX, Amanda; GARDNER, Glenn; OSBORNE, Sonya. Nursing Service Innovation: a case study examining emergency nurse practitioner service sustainability. J Adv Nurs. Austrália, v. 74, n. 2, p. 454-464, 2019 [acesso em 26 de Setembro]. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28910495/.

BATISTA, Ruth Ester Assayag; PEDUZZI, Marina. Prática interprofissional no Serviço de Emergência: atribuições específicas e compartilhadas dos enfermeiros. Revista Brasileira de Enfermagem. Brasil, v. 72, n. 1, p. 213-220, 2019 [acesso em 26 de Setembro 2020]. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-71672019000700213&script=sci_arttext&tlng=pt.

KATZBURG, Judith R. et al. Using Geographic Information System Mapping in Emergency Management Expanding the Role of Nurses in Home Based Primary Care. Nursing Clinics. EUA, v. 55, n. 1, p. 81-95, 2020 [acesso em 26 de Setembro 2020]. Disponível em: https://www.nursing.theclinics.com/article/S0029-6465(19)30083-0/abstract.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)