YES, I KNOW WHAT IS THE SPILL. THE SOCIAL REPRESENTATION OF CAREGIVERS ABOUT THE STROKE

Main Article Content

Jeferson Santos Araujo
Silvio Eder Dias da Silva
Mary Elizabeth de Santana
Esleane Vilela Vasconcelos
Vander Monteiro da Conceição

Resumo

Objetivo: Esta pesquisa tem por objetivo identificar e descrever as representações sociais dos cuidadores de pacientes sequelados de Acidente Vascular Cerebral (AVC) sobre a doença e suas implicações para o cuidado a saúde. Método: O estudo é exploratório do tipo estudo de caso, com abordagem qualitativa e o emprego da teoria das representações sociais. Foram entrevistados 20 cuidadores de pacientes sequelados de AVC e a análise ocorreu pelo método análise de conteúdo. Resultados: Emergiram três unidades temáticas denominadas de O AVC nas representações sociais de cuidadores, o Dês-zelo com a saúde e AVC e O AVC como um mal súbito, traiçoeiro e fatal. Conclusão: Apreendeu-se que os cuidadores percebem o AVC através de sentimentos negativos, onde a falta de autocuidado proporciona o surgimento da doença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Araujo JS, Silva SED da, Santana ME de, Vasconcelos EV, Conceição VM da. YES, I KNOW WHAT IS THE SPILL. THE SOCIAL REPRESENTATION OF CAREGIVERS ABOUT THE STROKE. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 5º de março de 2012 [citado 17º de janeiro de 2022];4(1):2849-5. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/1678
Seção
Research
Biografia do Autor

Jeferson Santos Araujo, Universidade Federal do Pará

Graduado em Licenciatura Plena e Bacharel em Enfermagem e Obstetrícia pela Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal do Pará (UFPA) - 2010, Especialista em Enfermagem do Trabalho pelo Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão (IBPEX) - 2011, durante a graduação desenvolveu Projetos de Pesquisas, Projetos Extensionistas e Iniciação Científica (PIBIC). Membro do grupo de pesquisa Políticas de Saúde no Cuidado de Enfermagem Amazônico (EPOTENA). Atua principalmente nos seguintes temas: Enfermagem, Enfermagem do trabalho, Representações Sociais, Educação, Cuidado e Saúde.

Silvio Eder Dias da Silva, Universidade Federal do Pará

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade do Estado do Pará (2000), mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2003) e doutorado em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010). É professor da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal do Pará com experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Introdução à Enfermagem, Enfermagem Médico-Cirúrgica e Enfermagem em Urgência e Emergência, atuando principalmente nos seguintes temas: Enfermagem, Cuidados de Enfermagem, Alcoolismo e Representações Sociais. Membro do grupo de pesquisa Estudo de Políticas de Saúde no Cuidado de Enfermagem Amazônico - EPOTENA.

Mary Elizabeth de Santana, Universidade Federal do Pará

Possui graduação em Enfermagem pela Fundação Educacional do Estado do Pará (1986), Mestrado em Enfermagem Fundamental pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2000) e Doutorado em Enfermagem Fundamental pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2004). Atualmente é docente Adjunto da Universidade do Estado do Pará e da Universidade Federal do Pará. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Processo de Cuidar do Adulto nas Doenças Crônico Degenerativas, atuando principalmente nos seguintes temas: Enfermagem, Diagnóstico de Enfermagem, Cuidados de Enfermagem, Intervenções de Enfermagem e Centro Cirúrgico.

Esleane Vilela Vasconcelos, Universidade Federal Do Pará

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade do Estado do Pará (2002). Especialista em Enfermagem Cirúrgica modalidade Residência pela UEPA/HOL (2005) e Enfermagem em Terapia Intensiva pelo IBPEX (2008). Atualmente fazendo Mestrado em Enfermagem pela UEPA com área de concentração em Enfermagem no Contexto da Sociedade Amazônica. Enfermeira assistencial do Hospital Ofhir Loyola (HOL) atuando no Banco de Olhos e enfermeira da Coordenação Estadual de Atenção Oncológica da Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (SESPA). Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem Médico-Cirúrgica, Enfermagem em Terapia Intensiva, Enfermagem em Oncologia e Enfermagem em Captação e Transplante de Órgãos. Membro do grupo de pesquisa Estudo de Políticas de Saúde no Cuidado de Enfermagem Amazônico - EPOTENA (UFPA) e Intervenções de Enfermagem no Processo Saúde Doença - IENPSAD (UEPA).

Vander Monteiro da Conceição, Universidade Federal do Pará

Enfermeiro Licenciado e Bacharel em Enfermagem e Obstetrísica pela Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal do Pará, ja participou de programas de extensão universitária, projetos de pesquisa, realizou estagio extracurricular em enfermagem, iniciação cientifica e participou e apresentou trabalhos cientificos em eventos locais, nacionais e internacionais. Atua principalmente nos seguintes temas: enfermagem, representações sociais, educação, cuidado e saúde.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>