Removing the blindfolds: knowledge of blind women about breast cancer

Main Article Content

Giovanna Karinny Pereira Cruz
Inacia Sátiro Xavier de França
Cibely Freire de Oliveira
Francisco Stélio de Sousa
Alexsandro Silva Coura

Resumo

Objetivo: Compreender o conhecimento de mulheres cegas sobre fatores de risco e detecção precoce do câncer de mama. Método:Estudo transversal, desenvolvido em 2010, no Instituto dos Cegos, Campina Grande/PB, Brasil.Participaram 16 mulheres que responderam um questionário com questões abertas e de múltipla escolha sobre os fatores de risco e detecção precoce do câncer de mama. Utilizou-se estatística descritiva e análise de conteúdo temática. Resultados: Emergiram as categorias: Déficit de conhecimentos acerca da detecção precoce do câncer de mama e Mitos sobre o câncer de mama. As participantes desconheciam os fatores de risco para o câncer de mama e não praticavam o autocuidado para a detecção precoce. Conclusão: O conhecimento de mulheres cegas sobre fatores de risco e detecção precoce do câncer de mama é permeado por dúvidas e mitos, devendo os enfermeiros desenvolver estratégias de educação em saúde, rastreamento e detecção precoce.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Cruz GKP, França ISX de, Oliveira CF de, Sousa FS de, Coura AS. Removing the blindfolds: knowledge of blind women about breast cancer. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de abril de 2015 [citado 17º de janeiro de 2022];7(2):2486-93. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/3632
Seção
Research
Biografia do Autor

Giovanna Karinny Pereira Cruz, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Mestranda em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Graduada do curso de Licenciatura e Bacharelado em Enfermagem da Universidade Estadual da Paraíba(UEPB). Membro do Grupo de Pesquisa Gepasc (Grupo de Estudos e Pesquisas em Atenção em Saúde Coletiva). Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) e Programa de Incentivo à Pós-Graduação e Pesquisa (PROPESQ) no período de 2009 a 2012. Bolsista de Graduação Sanduíche pelo Programa Ciências sem Fronteiras na Espanha (2012-2013).Experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Assistência de Enfermagem Às Pessoas Com Necessidades Especiais, atuando principalmente nos seguintes temas: enfermagem, educação em saúde, saúde da mulher, pessoas com necessidades especiais, promoção de saúde e saúde coletiva.

Inacia Sátiro Xavier de França, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

Inacia Sátiro Xavier de França, Enfermeira (Universidade Federal da Paraíba-UFPB, 1975) Mestre em Enfermagem (UFPB, 1998), Doutora em Enfermagem (Universidade Federal do Ceará/UFC, 2004). Professor Doutor nível C Universidade Estadual da Paraíba/UEPB (2002-atual). Chefe do Departamento de Enfermagem/UEPB (2005 - 2008), Docente do Mestrado em Saúde Pública (2006 - atual), Vice-Coordenadora do Mestrado m Enfermagem, uma associação Universidade de Pernambuco/UPE e UEPB. Coordenadora da Especialização em Saúde Coletiva/UEPB (2002 e 2003). Professora visitante da Universidade Estadual da Paraíba/UEPB (1999 a 2002). Professora da UFPB (1986 a 1998) Sub-Coordenadora da Área Enfermagem Fundamental I do Departamento de Enfermagem Médico-Cirúrgica e Administração-DEMCA/UFPB (1992 a 1994). Membro do Núcleo de Orientação ao Estudante-NOE da UFPB (1988 a 1989; 990). Vice-Coordenadora da Área Enfermagem Fundamental I do DEMCA (1990 a 1991). Sub-Coordenadora da Área Enfermagem Fundamental I do DEMCA (1992 a 1993). Coordenadora da Área Enfermagem Fundamental I do DEMCA (1987 a 1988).Professora da Universidade Regional do Nordeste/URNE (1975 a 1986). Sub-Coordenadora do Curso de Enfermagem e Obstetrícia da URNE (1982 a 1984); Membro do Colegiado do Curso de Farmácia e Biologia da URNE (1982 a 1986). Coordenadora do Curso de Enfermagem e Obstetrícia da URNE (1976 a 1978).Atua na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem médico-Cirúrgica. Linha temática de pesquisa: Assistência de Enfermagem ás Pessoas com Deficiência, atuando principalmente nos seguintes temas: reabilitação, educação em saúde, bioética, avaliação de programas.Em seu currículo lattes, os termos mais frequentes na contextualização da produção científica, tecnológica são: enfermagem, pessoas com deficiência, Deficiência auditiva, deficiência física, deficiência visual, educação em saúde.

Cibely Freire de Oliveira, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

Mestranda em Enfermagem pela Universidade Estadual de Pernambuco (UPE) e Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Graduada do curso de Licenciatura e Bacharelado em Enfermagem na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Especialista em Saúde Coletiva pelas Faculdades Integradas de Patos (FIP). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Atenção em Saúde Coletiva (GEPASC), atuando principalmente nos seguintes temas: Enfermagem, pessoas com necessidades especiais, promoção da saúde.

Francisco Stélio de Sousa, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual da Paraíba (2000), graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual da Paraíba (1994), mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal da Paraíba (2003) e Doutorado em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Atualmente é docente da Universidade Estadual da Paraíba. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem de Saúde Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: enfermagem, saúde da mulher, câncer de mama.

Alexsandro Silva Coura, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

Alexsandro Silva Coura possui graduação (Bacharelado e Licenciatura Plena) em Enfermagem pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB (2009); Especialização em Saúde da Família pelas Faculdades Integradas de Patos - FIP (2009); Mestrado em Saúde Pública pela UEPB (2010); Doutorado em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2013). Professor Doutor nível A - UEPB (2013-atual); Chefe do Departamento de Enfermagem da UEPB (2013-atual); Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública/UEPB; É membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Atenção em Saúde Coletiva - GEPASC/UEPB e do Grupo Práticas Assistenciais e Epidemiológicas em Saúde e Enfermagem - PAESE/UFRN; É membro do corpo editorial de uma revista e revisor de seis periódicos. Até março de 2013, publicou 35 artigos em revistas especializadas, 1 capítulo de livro e 72 trabalhos em anais de eventos. Participou de 30 eventos no Brasil. Recebeu 6 prêmios e/ou homenagens. Em suas atividades profissionais interagiu com 105 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Possui experiência na área de Enfermagem e Saúde Coletiva, com ênfase em Assistência de Enfermagem às Pessoas com Deficiência, atuando principalmente nos seguintes temas: Traumatismos da Medula Espinhal, Surdez, Cegueira, Fatores Socioeconômicos, Atividades Cotidianas, Promoção da Saúde, Bioética, Qualidade de Vida e Desenvolvimento Tecnológico.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)