Voluntary work in pastoral da criança at the third age: a personal impact

Main Article Content

Célia Maria Gomes Labegalini
Roberta Tognollo Borotta Uema
Ligia Carreira
Ieda Harumi Higarashi
Vanessa Denardi Antoniassi Baldissera

Resumo

Objetivo: Analisar as repercussões pessoais do trabalho voluntário de idosos na Pastoral da Criança. Método: Estudo descritivo exploratório, com abordagem qualitativa. Foram entrevistadas 12 idosas, no período de maio a julho de 2014, com auxílio de roteiro semiestruturado. Os relatos foram transcritos e procedeu-se à análise temática de conteúdo. Resultados: Após análise formaram-se as seguintes categorias temáticas: A Pastoral da Criança é um ambiente de aprendizado para voluntárias e famílias atendidas; As voluntárias possuem sentimentos de satisfação pessoal e social; A Pastoral da Criança permite e estimula o convívio social; O trabalho voluntário resignifica a vida e transforma o processo de envelhecimento. Conclusões: O trabalho na Pastoral da Criança é percebido pelos idosos como muito importante, pois promove um ambiente de convívio social entre todas as faixas etárias. A enfermagem, em especial a que atua na atenção básica, deve estar atenta e aberta aos benefícios do voluntariado à terceira idade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Gomes Labegalini CM, Tognollo Borotta Uema R, Carreira L, Higarashi IH, Denardi Antoniassi Baldissera V. Voluntary work in pastoral da criança at the third age: a personal impact. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de julho de 2015 [citado 25º de janeiro de 2022];7(3):2726-37. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/4041
Seção
Research
Biografia do Autor

Célia Maria Gomes Labegalini, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ

Enfermeira, Mestranda em Enfermagem pelo Programa de Pós –Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá, Maringá-PR. Pesquisadora do Núcleo de Estudos Avançados e Pesquisas sobre Envelhecimento: perspectivas e interfaces e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Saúde

Roberta Tognollo Borotta Uema, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ

Enfermeira Neonatologista, Mestranda em Enfermagem pelo Programa de Pós –Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá, Maringá-PR.

Ligia Carreira, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ

Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professora Adjunto do Departamento de  Enfermagem do Programa de Pós –Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá, Maringá-PR. Coordenadora pedagógica da Universidade Aberta da Terceira Idade da Universidade Estadual de Maringá (UNATI/UEM). Líder do Núcleo de Estudos Avançados e Pesquisas sobre Envelhecimento: perspectivas e interfaces.

Ieda Harumi Higarashi, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ

Enfermeira, Doutora em Educação, Coordenadora e Professora Associada A do Departamento de  Enfermagem do Programa de Pós –Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá, Maringá-PR.

Vanessa Denardi Antoniassi Baldissera, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ

Enfermeira, Doutora em Ciências, Professora Adjunto do Departamento de  Enfermagem do Programa de Pós –Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá, Maringá-PR. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Saúde e Pesquisadora do Núcleo de Estudos Avançados e Pesquisas sobre Envelhecimento: perspectivas e interfaces.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)