Rede social de apoio a uma criança dependente de tecnologia Social network support for a child dependent of technology

Main Article Content

Emanuelle Marques Souza
Eliza Cristina Macedo
Leila Rangel Silva
Almerinda Moreira

Resumo

Trata-se de um estudo de caso com objetivos de apresentar o histórico de uma criança dependente de tecnologia e identificar a rede social de apoio ao desenvolvimento dessa criança. Os dados coletados foram descritos por meio de fluxogramas na forma de genograma e ecomapa. Observou-se a dificuldade e complexidade da manutenção da vida com qualidade de uma criança que necessita de cuidados em tempo integral. Fazem-se necessários mais estudos sobre a temática uma vez que existe a necessidade de melhoria na assistência prestada a essas crianças, que só será possível por meio de estudos e pesquisas sobre o tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Souza EM, Macedo EC, Silva LR, Moreira A. Rede social de apoio a uma criança dependente de tecnologia Social network support for a child dependent of technology. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 10º de janeiro de 2017 [citado 29º de janeiro de 2023];9(1):79-84. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/4347
Seção
Research
Biografia do Autor

Emanuelle Marques Souza, UNIRIO

Enfermeira pela Escola de Enfermagem Alfredo Pinto da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO. Membro da Associação Brasileira de Enfermagem Obstétrica - ABENFO. Membro da Associação Brasileira de Enfermagem - ABEn. Mestranda em Enfermagem na Saúde da Criança na Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.

 

Eliza Cristina Macedo, UNIRIO

Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Enfermagem e Biociências - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Mestre em Enfermagem -Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) - 2007. Especialista em Enfermagem Pediátrica - Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) 2003. Especialista em Educação Profissional na Área de Saúde: Enfermagem - Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) 2004.Graduação em Enfermagem e Obstetrícia - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeio (UNIRIO) 1983. Enfermeira do Setor de Pediatria do Hospital Federal dos Servidores do Estado-HFSE (até 2010). Professor assistente - Departamento de Enfermagem Materno-Infantil (DEMI), Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (EEAP), Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Membro do NuPEEMC - Núcleo de Pesquisa, Estudos e Experimentação em Enfermagem na Área da Saúde da Mulher e da Criança. Coordenadora do Projeto de Extensão: Qualidade de vida de crianças com necessidades especiais de saúde e seus cuidadores. Experiência assistencial, gerência e pesquisa na área de Enfermagem - Saúde da Mulher e da Criança.

 

Leila Rangel Silva, unirio

Graduação em Enfermagem e Obstetrícia Universidade Federal Fluminense (1988), Especialista em Enfermagem Obstétrica pela Universidade Federal Fluminense (UFF) 2003, Mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) - 1995 e Doutorado em Enfermagem na Àrea da Saúde da Mulher pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) - 2003. Professor Associada II do Departamento de Enfermagem Materno-Infantil (DEMI) da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (EEAP) da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Coordenadora do NuPEEMC - Núcleo de Pesquisa, Estudos e Experimentação em Enfermagem na Área da Saúde da Mulher e da Criança. Experiência assistencial e de pesquisa na área da saúde da mulher e do recém-nascido.

 

Almerinda Moreira, unirio

Bacharel em Enfermagem e Obstetrícia pela Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (1975), Mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (1990) e Doutorado em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (2003). Atualmente é Professor Associado nível 4 da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro- UNIRIO, ocupando o cargo de Diretora da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto/UNIRIO. Membro efertivo da Associação Brasileira de Enfermagem - RJ e Diretora de Comunicação Social da Academia Brasileira de História da Enfermagem (ABRADHENF).Membro Fundador do Laboratório de Pesquisa de História da Enfermagem Laphe/EEAP-UNIRIO. Membro do Laboratório de Estudos em História da Enfermagem (LAESHE), da EERP-USP. Orienta dissertações de mestrado, monografias de especialização, trabalhos de iniciação científica e trabalhos de conclusão de graduação.Organizadora de oito edições do evento Encontro de Professores e Pesquisadores de História da Enfermagem e Mostra da Produção Científica de História de Enfermagem no Rio de Janeiro . Autora de livros de História da Enfermagem. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem Médico-Cirúrgica, atuando principalmente nos seguintes temas: história da enfermagem - escola, história da profissão.

 

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>