Sociodemographic, clinic and health characterization of people with venous ulcers attended at the family health strategy

Main Article Content

Sandra Maria de oliveira Torres
Vera Grácia Neumann Monteiro
Marina de Góes Salvetti
Gabriela de Sousa Martins Melo
Gilson de Vasconcelos Torres
Eulália Maria Chaves Maia

Resumo

Objetivo: caracterizar os aspectos sociodemográficos, de saúde e assistenciais das pessoas com úlceras venosas atendidas pela Estratégia Saúde da Família (ESF) em Maceió-Alagoas. Método: pesquisa transversal, com abordagem quantitativa, realizada em 36 unidades da ESF com 59 pessoas com úlceras venosas por meio de formulário estruturado. Resultados: as pessoas com úlceras venosas estavam em tratamento > 1 ano (69,5%), eram do sexo feminino (71,2%) e ≥ 60 anos (67,8%). A maioria era não tabagista e não alcoolista, e 100,00% tinham dois ou mais fatores de risco e antecedentes pessoais patológicos, cada. Possuía tempo de lesão > 6 meses (64,4%), dor na úlcera/membro (86,4%) e leito com ≤ 30% de granulação/epitelização (78,0%). Conclusões: as pessoas com úlcera venosa apresentavam: baixo nível socioeconômico, doenças crônicas e características da lesão desfavoráveis contribuindo para cronicidade das lesões.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Torres SM de oliveira, Monteiro VGN, Salvetti M de G, Melo G de SM, Torres G de V, Maia EMC. Sociodemographic, clinic and health characterization of people with venous ulcers attended at the family health strategy. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de dezembro de 2014 [citado 4º de outubro de 2022];6(5):50-9. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/4506
Seção
Research

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>