The impact of recreational care activity in the immediate postoperative period / O impacto do cuidado lúdico no pós-operatório imediato

Main Article Content

Jeferson Ventura
http://orcid.org/0000-0003-4005-3011
Liege Gonçalves Cassenote
http://orcid.org/0000-0003-0833-4016
Maria Helena Gehlen
http://orcid.org/0000-0003-3232-255X
Rosiane Filipin Rangel
http://orcid.org/0000-0003-4059-4176
Saul Ferraz de Paula
http://orcid.org/0000-0002-9985-9792
Elenice Spagnolo Rodrigues Martins

Resumo

RESUMO

Objetivo: Compreender o impacto de ações educativas lúdicas realizadas pelo enfermeiro no pós-operatório imediato, visando reconstruir estratégias de promoção e manutenção da saúde. Metodologia: Trata-se de uma Pesquisa-ação, realizada em um hospital municipal na região central, RS. Os participantes foram pacientes internados para realização de colecistectomia. Realizado em três momentos, primeiro utilizou um questionário semiestruturado, segundo, a socialização da estratégia lúdica desenvolvida pelo pesquisador, terceiro, buscou avaliar a efetividade da ação educativa lúdica. Submetidos a análise de conteúdo, na modalidade temática. Resultados: “Ludicidade aliada à comunicação terapêutica determinando o enfrentamento do processo perioperatório” e “Ludicidade na consulta de enfermagem como estratégia de educar para a saúde e estimular o autocuidado”. Conclusão: As ações educativas lúdicas a clientes internados para a realização de procedimento cirúrgico impactam como uma metodologia de cuidado inovadora, ativa, e dialógica, proporcionando momentos de desmistificação e compreensão do contexto que será vivenciado, de forma criativa e leve.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Ventura J, Cassenote LG, Gehlen MH, Rangel RF, Paula SF de, Martins ESR. The impact of recreational care activity in the immediate postoperative period / O impacto do cuidado lúdico no pós-operatório imediato. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 4º de outubro de 2018 [citado 17º de janeiro de 2022];10(4):936-40. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/6272
Seção
Research
Biografia do Autor

Jeferson Ventura, Universidade Federal do Rio Grande

Enfermeiro, Mestre em Enfermagem, Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Universidade Federal do Rio Grande/PPGENF/FURG.

Liege Gonçalves Cassenote, Universidade Federal de Santa Maria

Enfermeira, Mestranda, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Universidade Federal de Santa Maria/PPGENF/UFSM. Pesquisadora GEPES CNPq Santa Maria (RS), Brasil.

Maria Helena Gehlen, Centro Universitário Franciscano PUC (RS

Enfermeira, Mestre em educação (UFSM). Doutoranda PUC-RS. Docente Centro universitário Franciscano-UNIFRA. Pesquisadora GEPESES CNPq. Especialista em educação inclusiva UNIFRA. Santa Maria (RS), Brasil.

Rosiane Filipin Rangel, Centro Universitário Franciscano Universidade Federal do Rio Grande FURG

Enfermeira, Mestre em enfermagem (FURG). Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Universidade Federal do Rio Grande/PPGENF/FURG. Docente do Curso de Enfermagem do Centro Universitário Franciscano - UNIFRA. Santa Maria (RS), Brasil.

Saul Ferraz de Paula, Universidade Federal do Rio Grande FURG

Enfermeiro, Mestre em Enfermagem, Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Universidade Federal do Rio Grande/PPGENF/FURG. Rio Grande (RS), Brasil.

Elenice Spagnolo Rodrigues Martins, Centro Universitário Franciscano UNIFRA

Enfermeira. Mestre em Nanociências. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Nanociências, Centro Universitário Franciscano-UNIFRA. Docente do Curso de Enfermagem do Centro Universitário Franciscano - UNIFRA. Santa Maria (RS), Brasil.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>