Socio-demographic profile and health conditions of elderly people who have suffered falls / Perfil sociodemográfico e condições de saúde dos idosos que sofreram quedas

Main Article Content

Ana Carolina Macri Gaspar
http://orcid.org/0000-0001-5712-7115
Jeniffer Fernanda Gonçalves da Silva
Leandro Felipe Mufato
Rosemeiry Capriata de Souza Azevedo
Priscila Aguiar Mendes
Luana Vieira Coelho Ferreira

Resumo

Objetivo: Identificar o perfil sociodemográfico e condições de saúde dos idosos que sofreram quedas. Método: Estudo descritivo e transversal, com amostra de 220 idosos que caíram no último ano. As variáveis são características sociodemográficas, condições de saúde, avaliação do medo de cair e capacidade funcional. Foi realizada análise descritiva dos dados. Resultados: A maioria dos idosos que caíram possui idade entre 70-79 anos, é do sexo feminino, viúvo, com baixa escolaridade, aposentado com renda de até um salário mínimo, autoavalia sua saúde como regular/ruim, autorreferiu problemas cardiovasculares, osteomusculares, problemas de visão, e utiliza medicamentos regularmente. Foram também, classificados como independentes funcionalmente e com medo de cair. Conclusão: O perfil sociodemográficos e as condições de saúde encontradas nos idosos deste estudo são importantes para nortear a ação dos profissionais de saúde na prevenção das quedas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Gaspar ACM, da Silva JFG, Mufato LF, Azevedo RC de S, Mendes PA, Ferreira LVC. Socio-demographic profile and health conditions of elderly people who have suffered falls / Perfil sociodemográfico e condições de saúde dos idosos que sofreram quedas. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 4º de outubro de 2018 [citado 17º de maio de 2022];10(4):1070-6. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/6324
Seção
Research
Biografia do Autor

Ana Carolina Macri Gaspar, Universidade do Estado de Mato Grosso - campus de Tangará da Serra.

Enfermeira, Mestre em enfermagem, professora Assistente no Curso de Enfermagem da Universidade do Estado de Mato Grosso, Campus de Tangará da Serra, MT.

Jeniffer Fernanda Gonçalves da Silva, Universidade do Estado de Mato Grosso - campus de Tangará da Serra.

Graduanda em Enfermagem da Universidade, Universidade do Estado de Mato Grosso, campus Tangará da Serra, Mato Grosso, Brasil.

Leandro Felipe Mufato, Universidade do Estado de Mato Grosso - campus de Tangará da Serra.

Enfermeiro. Mestre em enfermagem. Professor Assistente do Curso de Enfermagem da Universidade do Estado de Mato Grosso, campus Tangará da Serra, Mato Grosso, Brasil.

Rosemeiry Capriata de Souza Azevedo, Universidade Federal de Mato Grosso - campus de Cuiabá.

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta do Curso de Enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso, campus Cuiabá, Mato Grosso, Brasil.

Priscila Aguiar Mendes, Universidade do Estado de Mato Grosso - campus de Tangará da Serra.

Enfermeira. Mestre em enfermagem. Professora do Curso de Enfermagem da Universidade do Estado de Mato Grosso, campus Tangará da Serra, Mato Grosso, Brasil.

Luana Vieira Coelho Ferreira, Universidade do Estado de Mato Grosso, campus Tangará da Serra, Mato Grosso, Brasil.

Enfermeira. Professora Auxiliar do Curso de Enfermagem da Universidade do Estado de Mato Grosso, campus Tangará da Serra, Mato Grosso, Brasil.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)