Fundamentals of care in weighing the newborn / Fundamentos do cuidado na pesagem do recém-nascido

Main Article Content

Tatiana de Oliveira Gomes
Andréia Neves Sant’ana
http://orcid.org/0000-0002-0748-2079
Mercedes Neto
http://orcid.org/0000-0001-7529-9535
Fernando Rocha Porto
http://orcid.org/0000-0002-2880-724X

Resumo

Objetivo: descrever, comparativamente, duas imagens representativas do procedimento de pesagem dos recém-nascidos contidas em obras de 1949 e 2011. Metodologia: O estudo tem por proposta a história comparada. Resultados e discussão: Na publicação do ano de 1949, identificou-se a preocupação acentuada no recém-nascido com quantitativo de imagens utilizadas para o manuseio do mesmo, que de forma distinta é possível se identificar em 2011, quando se aponta a preocupação com a técnica da pesagem direcionada ao lençol. Conclusão: Pela visualização dos mosaicos, evidenciou-se que em 1949, o recém-nascido era o ponto maior de importância do cuidado direto; enquanto que, em 2011, infere-se ser o instrumento tecnológico o que mereça destaque visual. Desta maneira, o presente estudo traz à baila reflexões que permitem margens para futuras pesquisas sobre o quão semelhante, ou não, poder-se-ia apontar os cuidados realizados numa vertente observacional do passado no presente no cuidado em neonatologia.

Descritores: Neonatologia, Recém-nascido, História.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Gomes T de O, Sant’ana AN, Neto M, Porto FR. Fundamentals of care in weighing the newborn / Fundamentos do cuidado na pesagem do recém-nascido. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de janeiro de 2019 [citado 4º de fevereiro de 2023];11(1):74-9. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/6473
Seção
Research
Biografia do Autor

Tatiana de Oliveira Gomes, Tecnologista Junior, no cargo de Enfermeira Neonatal, no Instituto Fernandes Figueira / Fundação Oswaldo Cruz (IFF/FIOCRUZ).

Tatiana de Oliveira Gomes

Tecnologista Junior, no cargo de Enfermeira Neonatal, no Instituto Fernandes Figueira / Fundação Oswaldo Cruz (IFF/FIOCRUZ).

Enfermeira mestranda pelo Programa de Pós Graduação (PPGENF), da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

Membro do grupo de pesquisa LACUIDEN e LAPHE.

Andréia Neves Sant’ana, Docente da Universidade Estácio de Sá/Campus Sulacap.

Docente da Universidade Estácio de Sá/Campus Sulacap. Doutora em Biociência pela Escola de Enfermagem Alfredo Pinto/UNIRIO. Mestre em Enfermagem pela Escola de Enfermagem Alfredo Pinto/UNIRIO. Membro do Laboratório de Pesquisa de História da Enfermagem-LAPHE/EEAP/UNIRIO.

Mercedes Neto, Professora adjunta do Departamento de Enfermagem de Saúde Pública da UERJ.

Enfermeira Doutora em Ciências pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem e Biociências da UNIRIO. Consultora do Serviço de Vigilância Epidemiológica Hospitalar da Maternidade Maria Amélia Buarque de Hollanda da SMS-RJ e colaboradora com o grupo de pesquisa do DIP do Serviço de Doenças Infecciosas e Parasitárias do HFSE/UERJ na qualidade de enfermeira de pesquisa. Professora adjunta do Departamento de Enfermagem de Saúde Pública da UERJ.

Fernando Rocha Porto, Professor da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto, PPGENF, PGENFBIO da UNIRIO.

Bacharel em Enfermagem e História. Doutor em Enfermagem com Pós-doutoramento pela USP. Professor da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto, PPGENF, PGENFBIO da UNIRIO. Bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ). Membro dos grupos de pesquisa, LAESHE, LACENF e líder do LACUIDEN 

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)