Strategies for aid to families in the course of post-diagnosis of child cancer / Estratégias de auxílio a famílias no enfrentamento do pós-diagnóstico de câncer infantil

Main Article Content

Marília Von Ende Schwertner
Elisabeta Albertina Nietsche
Cléton Salbego
Adrieli Pivetta
Thayná Champe da Silva
Helena Moro Stochero

Resumo

Objetivo: analisar a produção científica de enfermagem acerca das estratégias utilizadas pelos enfermeiros para auxiliar familiares no enfrentamento do pós-diagnóstico de câncer infantil. Métodos: as produções foram localizadas nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), National Library of Medicine/ National Institutes of Health (PubMed) e SciVerse Scopus (SCOPUS). Dos 460 artigos analisados, 11 respondiam à questão norteadora: quais as estratégias utilizadas pelos enfermeiros para auxiliar famílias no pós-diagnóstico de câncer infantil. Resultados: as estratégias de auxílio mais utilizadas pelos enfermeiros: o uso de amor, carinho e respeito para o cuidado de familiares e crianças; a comunicação para troca de informações, apoio emocional e encorajamento para a fé e a esperança. Conclusão: concluiu-se que existem boas estratégias utilizadas pelos enfermeiros para auxiliar os familiares no pós-diagnóstico do câncer infantil, porém a maioria está apenas no modo de agir dos enfermeiros para com os familiares.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Schwertner MVE, Nietsche EA, Salbego C, Pivetta A, da Silva TC, Stochero HM. Strategies for aid to families in the course of post-diagnosis of child cancer / Estratégias de auxílio a famílias no enfrentamento do pós-diagnóstico de câncer infantil. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de junho de 2021 [citado 24º de janeiro de 2022];13:443-50. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/7543
Seção
Integrative Review of the Literature
Biografia do Autor

Marília Von Ende Schwertner, Universidade Federal de Santa Maria

Marília Von Ende Schwertner. Enfermeira. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Enfermagem e Saúde (GEPES/UFSM/CNPq). E-mail: marilia.enf.ufsm@hotmail.com

Elisabeta Albertina Nietsche, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)/Brasil.

Enfermeira. Docente do Curso de Graduação em Enfermagem e do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)/Brasil. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina/Brasil. Coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisa em Enfermagem e Saúde (GEPES/UFSM/CNPq). E-mail: enitsche@gmail.com

Cléton Salbego, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)/Brasil.

Cléton Salbego. Enfermeiro. Mestre em Enfermagem. Docente da Escola Técnica Albert Einstein-Santa Maria-RS-Brasil. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Enfermagem e Saúde (GEPES/UFSM/CNPq). cletonsalbego@hotmail.com

Adrieli Pivetta, Universidade Federal de Santa Maria-RS-Brasil

Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Estratégia Saúde da Família – Caiçara-RS-Brasil. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Enfermagem e Saúde (GEPES/UFSM/CNPq).  E-mail: adri_pivetta@hotmail.com

Thayná Champe da Silva, Universidade Federal de Santa Maria-RS-Brasil

Thayná Champe da Silva. Enfermeira. Mestranda do Curso de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria-RS-Brasil. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Enfermagem e Saúde (GEPES/UFSM/CNPq). E-mail: thaynachampe@hotmail.com

Helena Moro Stochero, Universidade Federal de Santa Maria-RS-Brasil

Helena Moro Stochero. Enfermeira. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Enfermagem e Saúde (GEPES/UFSM/CNPq). E-mail: nena-ms@hotmail.com

Plum Analytics

Referências

Instituto Nacional do Câncer (INCA). Tipos de Câncer: Infantil. Rio de Janeiro. 2014.

Mutti CF, Paula CC, Souto MD. Assistência à Saúde da Criança com Câncer na Produção Científica Brasileira. Rev. Bras. Cancer. 2010;56(1):71-83. Available at: http://www1.inca.gov.br/rbc/n_56/v01/pdf/11_revisao_de_literatura_assistencia_saude_crianca_cancer.pdf.

Teixeira RP, Ramalho WS, Fernandes ICF, Salge AKM, Barbosa MA, Siqueira KM. A Família da Criança com Câncer: Percepções de Profissionais de Enfermagem Atuantes em Oncologia Pediátrica. Cienc. Cuid. Saúde. 2012 out-dez;11(4):784-791. Available at: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/CiencCuidSaude/article/view/21661.

Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & Contexto Enferm. 2008 out-dez;17(4):758-764. Available at: http://www.scielo.br/pdf/tce/v17n4/18.pdf.

Souza MT, Silva MD, Carvalho R. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein. 2010;8(1):102-6. Available at: http://www.scielo.br/pdf/eins/v8n1/pt_1679-4508-eins-8-1-0102.pdf.

Melnyk BM, Fineout-Overholt E. Evidence-based practice in nursing & healthcare: a guide to best practice. Philadelphia: Lippincott Williams & Wilkins; 2011.

Galvão CM. Níveis de evidência. Acta Paul. Enferm. 2006;2(19):3-24. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002006000200001.

Silva FAC, Andrade PR, Barbosa TR, Hoffman MV, Macedo CR. Representação do processo de adoecimento de crianças e adolescentes oncológicos junto aos familiares. Esc. Anna Nery Rev. Enferm. 2009 abr-jun;13(2):334-340. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S141481452009000200014&script=sci_abstract&tlng=t.

Duarte MLC, Zanini LN, Nedel MNB. O cotidiano dos pais de crianças com câncer e hospitalizadas. Rev. Gaúch. Enferm. 2012;33(3):111-18. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472012000300015.

Sales CA, Benedetti GMS, Santos Ver, Marcon SS. O impacto do diagnóstico do câncer infantil no ambiente familiar e o cuidado recebido. Rev. Eletronica Enferm. 2012 out-dez;14(4):841-849. Available at: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/15446/13348.

Salles SP, Castro RCBR. Validação de material informativo a pacientes em tratamento quimioterápico e aos seus familiares. Rev. Esc. Enferm. 2009;44(1):182-189. Available at: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v44n1/a26v44n1.pdf.

Santos MR, Silva L, Misko MD, Poles K, Bousso RS. Desvelando o cuidado humanizado: percepções de enfermeiros em oncologia pediátrica. Texto & Contexto Enferm. 2013 jul-set;22(3):646-53. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072013000300010.

Silva MM, Vidal JM, Leite JL, Silva TP. Estratégias de cuidados adotadas por enfermeiros na atenção à criança hospitalizada com câncer avançado e no cuidado de si. Cienc. Cuid. Saúde. 2014 jul-set;13(3):471-478. Available at: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/CiencCuidSaude/article/view/19937.

Sueiro IM, Silva LF, Goes FGB, Moraes JRMM. A enfermagem ante os desafios enfrentados pela família na alimentação de criança em quimioterapia. Aquichán. 2015 dez;15(4):508-520. Available at: http://www.scielo.org.co/scielo.php?pid=S1657-59972015000400006&script=sci_abstract&tlng=pt.

Silva AF, Issi HB, Motta MGC, Botene DZA. Palliative care in paediatric oncology: perceptions, expertise and practices from the perspective of the multidisciplinary team. Rev. Gaúcha Enferm. 2015 April-June;36(2):56-62. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472015000200056.

Alves DFS, Guirardello EB, Kurashima AY. Stress related to care: the impact of childhood cancer on the lives of parents. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2013 Jan-Feb;21(1):356-362. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692013000100010.

Sanches MVP, Nascimento LC, Lima RAG. Crianças e adolescentes com câncer em cuidados paliativos: experiência de familiares. Rev. Bras. Enferm. 2014 jan-fev;67(1);28-35. Available at:http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-71672014000100028&script=sci_abstract&tlng=pt.

Teixeira MAP, Coutinho MC, Souza ALTD, Silva RM. Enfermagem pediátrica e o relacionamento com familiares. Revista Saúde e Pesquisa. 2017 jan-abr;10(1):119-125. Available at: http://periodicos.unicesumar.edu.br/index.php/saudpesq/article/view/5719.

Pimenta EAG, Collet N. Dimensão cuidadora da enfermagem e da família na assistência à criança hospitalizada: concepções da enfermagem. Rev. Esc. Enferm. USP. 2009;43(3):622-9. Available at: https://pdfs.semanticscholar.org/91c6/4898a5bb90ed350ce75824fe3632a88e5b0f.pdf.

Broca PV, Ferreira MA. Equipe de enfermagem e comunicação: contribuições para o cuidado de enfermagem. Rev. Bras. Enferm. 2012 jan-fev;65(1):97-103. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672012000100014.

Silva MAS, Collet N, Silva KL, Moura FM. Cotidiano da família no enfrentamento da condição crônica na infância. Acta Paul. Enferm. 2010;23(3):359-65. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010321002010000300008&script=sci_abstract&tlng=t.

Sanchez KOL, Liston NM, Andrade F. O apoio social para a família do doente com câncer em situação de pobreza. Texto & Contexto Enferm. 2012 out-dez;21(4):792-9. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072012000

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)