Use and effectiveness of topical therapies for treating radiodermatitis: an integrative literature review / Uso e efetividade de terapias tópicas no tratamento de radiodermatites: revisão integrativa

Main Article Content

Lucian da Silva Viana
http://orcid.org/0000-0002-4718-1748
Aila Ferreira Vizeu Viana
http://orcid.org/0000-0002-0616-1863
Fernanda Pereira de Mello
http://orcid.org/0000-0002-8252-9340
Vanessa Moreira da Silva Soeiro
http://orcid.org/0000-0002-4299-1637

Resumo

Objetivo: descrever, a luz da pesquisa bibliográfica, o uso das terapias tópicas no tratamento de radiodermatites. Método: revisão integrativa de ensaios clínicos randomizados nas bases de dados: MEDLINE, LILACS, biblioteca COCHRANE, CINAHL e EMBASE. Após observância dos critérios de inclusão, encontrou-se 1.289 estudos, dos quais, após etapas de exclusão resultaram em 10 estudos. Resultados: Foram expostos em categorias num quadro síntese incluindo: dados do estudo, participantes da pesquisa, tipo de terapia tópica utilizada; indicações, contraindicações e resultados. Conclusão: Encontraram-se lacunas nos estudos e estas necessitam de investigação. Sugerem-se novos ensaios experimentais a fim de trazer respostas quanto aos tipos de terapias tópicas mais efetivas em radiodermatites, o que trará melhores condições de tratamento e assegurará ao enfermeiro uma assistência de qualidade e ao cliente oncológico uma melhor qualidade de vida.




 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Viana L da S, Viana AFV, de Mello FP, Soeiro VM da S. Use and effectiveness of topical therapies for treating radiodermatitis: an integrative literature review / Uso e efetividade de terapias tópicas no tratamento de radiodermatites: revisão integrativa. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de junho de 2021 [citado 19º de maio de 2022];13:477-82. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/8042
Seção
Integrative Review of the Literature
Biografia do Autor

Lucian da Silva Viana, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca - FIOCRUZ.

Enfermeiro. Especialista em Oncologia pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva - INCA e em Estomaterapia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ. Mestre Oncologia pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva - INCA. Doutorando em Saúde Pública e Meio Ambiente da Escola Nacional de Saúde Pública - Sergio Arouca - FIOCRUZ.

Aila Ferreira Vizeu Viana, Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ.

Enfermeira. Especialista em Oncologia pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva - INCA e em Estomaterapia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ.

Fernanda Pereira de Mello, Universidade Federal Fluminense

Enfermeira. Mestranda do Programa de pós-graduação Mestrado Profissional Enfermagem Assistencial da Universidade Federal Fluminense - UFF. Especialista em Oncologia pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva - INCA e em Estomaterapia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ.

Vanessa Moreira da Silva Soeiro, Universidade Federal do Maranhão

Enfermeira. Especialista em Metodologia do Ensino Superior e em Gestão em Saúde. Mestra em Enfermagem. Doutoranda em Saúde Coletiva.

Plum Analytics

Referências

Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer. Ações de enfermagem para o controle do câncer: uma proposta de integração ensino-serviço, 3ed. Rio de Janeiro: INCA; 2008, 624 p.

Matsubara MG, Villela DL, Hashimoto SY, Reis HCS, Saconato RA, Denardi UA, et al. Feridas e Estomas em Oncologia - Uma Abordagem Interdisciplinar. São Paulo: Lemar; 2011, 275 p.

Porock D. Factors influencing the severity of radiation skin and oral mucosal reactions: development of a conceptual framework. Eur J Cancer Care. 2002;11(1)33-43. doi: 10.1111/j.1365-2354.2002.00287.x.

Harper JL, Franklin LE, Jenrette JM, Aguero EG. Skin toxicity during breast irradiation: pathophysiology and management. South Med J. 2004 Ouc;97(10)989-93. doi: 10.1097/01.SMJ.0000140866.97278.87.

Bonassa EMA, Gato MIR. Terapêutica oncológica para enfermeiros e farmacêuticos, 4ed. São Paulo: Atheneu; 2012, 644 p.

Conselho Federal de Enfermagem. Resolução 211/1998 - Dispõe sobre a atuação dos profissionais de enfermagem que trabalham com radiação ionizante. Rio de Janeiro: COFEN; 1998.

Andrade KBS, Francz ACL, Grellmann MS, Belchior PC, Oliveira JA, Wassita DN. Consulta de enfermagem: avaliação da adesão ao autocuidado dos pacientes submetidos à radioterapia. Rev Enferm UERJ. 2014;22(5)622-5. doi: 10.12957/reuerj.2014.11227.

Pires AMT, Segreto RA, Segreto HRC. RTOG criteria to evaluate acute skin reaction and its risk factors in patients with breast cancer submitted to radiotherapy. Rev latinoam enferm. 2008;16(5)844-9. doi: 10.1590/S0104-11692008000500008

Bazire L, Fromantin I, Diallo A, Lande B, Pernin V, Dendale R, et al. Hydrosorb(R) versus control (water based spray) in the management of radio-induced skin toxicity: Results of multicentre controlled randomized trial. Radiother Oncol. 2015. doi: 10.1016/j.radonc.2015.08.028.

Macmillan MS, Wells M, MacBride S, Raab GM, Munro A, MacDougall H. Randomized comparison of dry dressings versus hydrogel in management of radiation-induced moist desquamation. Int J Radiat Oncol Biol Phys. 2007;68(3):864-72. doi: 10.1016/j.ijrobp.2006.12.049.

Mak SS, Molassiotis A, Wan WM, Lee IY, Chan ES. The effects of hydrocolloid dressing and gentian violet on radiation-induced moist desquamation wound healing. Cancer Nurs. 2000;23(3):220-9.

Ahmed I, Marrium H, Wahid Z. Efficacy of potent topical corticosteroid (betamethasone valerate 0.1%) compared with mild topical corticosteroid (hydrocortisone 1%) in the management of acute radiodermatitis. J Pak Assoc Derma. 2006; 16(3):151-5.

Ansari M, Dehsara F, Mosalaei A, Omidvari S, Ahmadloo N, Mohammadianpanah M. Efficacy of topical Alpha ointment (containing natural henna) compared to topical hydrocortisone (1%) in the healing of radiation-induced dermatitis in patients with breast cancer: A randomized controlled clinical trial. Iranian J Med Sci. 2013; 38(4):293-300.

Delaney G, Fisher R, Hook C, Barton M. Sucralfate cream in the management of moist desquamation during radiotherapy. Australas Radiol. 1997; 41(3):270-5. doi: 10.1111/j.1440-1673.1997.tb00672.x

Gollins S, Gaffney C, Slade S, Swindell R. RCT on gentian violet versus a hydrogel dressing for radiotherapy-induced moist skin desquamation. J Wound Care. 2008; 17(6):268-75. doi: 10.12968/jowc.2008.17.6.29589.

Glees J, Mameghan-Zadeh H, Sparkes C. Effectiveness of topical steroids in the control of radiation dermatitis: a randomised trial using 1% hydrocortisone cream and 0.05% clobetasone butyrate (Eumovate). Clin Radiol. 1979; 30(4):397-403. doi: 10.1016/S0009-9260(79)80217-2.

Björnberg A, Hellgren L, Magnusson B, Mattsson I, Rosengren B. Topical treatment of radiation dermatitis with bethamethasone-17-valerate, vaseline and eucerine - a double-blind comparison. Clin Radiol. 1967;18(4):463-4. doi: 10.1016/S0009-9260(67)80064-3.

Jensen JM, Gau T, Schultze J, Lemmnitz G, Fölster-Holst R, May T, et al. Treatment of acute radiodermatitis with an oil-in-water emulsion following radiation therapy for breast cancer: A controlled, randomized trial. Strahlenther Onkol. 2011;187(6):378-84. doi: 10.1007/s00066-011-2224-8.

Blecha FP, Guedes MTS. Tratamento de radiodermatite no cliente oncológico: subsídios para a intervenção de enfermagem. Rev bras cancerol. 2006; 52(2):151-63.

Denardi UA, Matsubara MG, Bicudo FG, Okane ES, Martins CA, Moscatello E. Enfermagem em radioterapia. São Paulo: Lemar; 2008, 346 p.

Associação Médica Mundial. Declaração de Helsinque - Princípios éticos para a pesquisa médica envolvendo seres humanos. 2013.

Cox JD, Stetz J, Pajak TF. Toxicity criteria of the Radiation Therapy Oncology Group (RTOG) and the European Organization for Research and Treatment of Cancer (EORTC). Int J Radiat Oncol Biol Phys. 1995;31(5)1341-6. doi: 10.1016/0360-3016(95)00060-C.

Oncology Nursing Society. Radiodermatitis. 2015 [2016 Apr 04]. Disponível em: https://www.ons.org/practice-resources/pep/radiodermatitis.

Schneider F, Danski MTR, Vayego SA. Uso de Callendula officinalis na prevenção e tratamento de radiodermatite: ensaio clínico randomizado duplo cego. Rev Esc Enferm USP. 2015, 49(2):221-28. doi: 10.1590/S0080-623420150000200006.

Lenhani BE, Gonzaga AKLL, Padilha RA, Silva AVS, Bay EOS. Intervenções de enfermagem ao pacientecom radiodermite grau IV: relato de caso. Rev Enf UFPE on line. 2014; 8(7)2089-94. doi: 10.5205/reuol.5963-51246-1-RV.0807201434.