Perception of users of a ready 24 hour service about risk classification / Percepção de usuários de um pronto atendimento 24 horas acerca da classificação de risco

Main Article Content

Mariana Pellegrini Cesar
http://orcid.org/0000-0002-7938-5614
Silomar Ilha
http://orcid.org/0000-0002-2132-9505
Vagner Costa Pereira
http://orcid.org/0000-0002-1158-5855
Paloma Horbach da Rosa
http://orcid.org/0000-0003-4463-1042
Daniela Buriol
http://orcid.org/0000-0003-2635-5275
Rosiane Filipin Rangel
http://orcid.org/0000-0003-4059-4176

Resumo

Objetivo: compreender o que os usuários de uma Unidade de Pronto Atendimento 24 horas entendem por classificação de risco. Método: pesquisa de abordagem qualitativa, de caráter exploratório-descritivo. A investigação foi realizada em uma Unidade de Pronto Atendimento 24 horas nos meses de junho e julho de 2018, com 12 usuários do serviço. Os dados foram coletados por meio de uma entrevista semiestruturada e após foram submetidos a análise temática de conteúdo. Resultados: possibilitaram a construção de duas categorias: Motivos para a procura do pronto atendimento como primeira escolha e Classificação de risco: uma lacuna do conhecimento dos usuários. Pode-se perceber que o conhecimento que os usuários possuem sobre o serviço de pronto atendimento é escasso e a classificação de risco se apresenta como uma lacuna no conhecimento. Conclusão: este assunto precisa ser trabalhado para que seja possível a organização dos serviços de saúde.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Cesar MP, Ilha S, Pereira VC, da Rosa PH, Buriol D, Rangel RF. Perception of users of a ready 24 hour service about risk classification / Percepção de usuários de um pronto atendimento 24 horas acerca da classificação de risco. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de junho de 2021 [citado 29º de novembro de 2021];13:330-5. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/8604
Seção
Research
Biografia do Autor

Mariana Pellegrini Cesar, Universidade Franciscana

Enfermeira, Residente em Urgência/Trauma, Universidade Franciscana (UFN), Santa Maria - Rio Grande do Sul – Brasil.

Silomar Ilha, Universidade Franciscana

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem, Docente da Universidade Franciscana (UFN), Santa Maria - Rio Grande do Sul – Brasil.

Vagner Costa Pereira, UPA 24h Santa Maria

Enfermeiro, Especialista em Terapia Intensiva, Responsável Técnico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h, Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil.

Paloma Horbach da Rosa, Universidade Franciscana

Enfermeira, Residente em Urgência e Trauma pela Universidade Franciscana (UFN), Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil.

Daniela Buriol, Universidade Franciscana

Enfermeira, Residente em Urgência e Trauma pela Universidade Franciscana (UFN), Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil.

Rosiane Filipin Rangel, Universidade Franciscana

Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Docente da Universidade Franciscana (UFN), Santa Maria - Rio Grande do Sul – Brasil.

Plum Analytics

Referências

Brasil. Decreto n. º 7.508 de 28 de junho de 2011. Regulamenta a lei no 8.080, de 19 de setembro de 1990, para dispor sobre a organização do sistema único de saúde - sus, o planejamento da saúde, a assistência à saúde e a articulação interfederativa, e dá outras providências. Diário oficial da União 2011; 28 jun.

Secretaria de Atenção à Saúde. Política Nacional de Humanização: Acolhimento com Classificação de Risco nos Sistemas de Urgência do SUS. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2004.

Guedes HM, Almeida AGP, Ferreira FO, Júnior GV, Chianca TCM. Risk classification: portrait of a population using a Brazilian emergency service. Rev. Enf. Ref. [Internet] 2014; 4(1):37-44. Acesso em: 20 ago 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.12707/RIII13108.

Godoi VCG, Ganassin GS, Inoue KC, Gil NLP. Acolhimento com classificação de risco: caracterização da demanda em unidade de pronto atendimento. Cogitare Enferm. [Internet] 2016; 21(3). Acesso em: 27 dez 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v21i3.44664.

Duro CLM, Lima MADS, Levandovski PF, Bohn MLS, Abreu KP. Percepção de enfermeiros sobre a classificação de risco em unidades de pronto atendimento. Rev Rene. [Internet] 2014; 15(3). Acesso em: 20 ago 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.2014000300009.

Bellucci JA, Vituri DW, Versa GLGS, Furuya PS, Vidor RC, Matsuda LM. Acolhimento com classificação de risco em serviço hospitalar de emergência: avaliação do processo de atendimento. Rev enferm UERJ. [Internet] 2015; 23(1). Acesso em: 20 ago 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.12957/reuerj.2015.4976.

Hermida PMV, Nascimento ERP, Echevarría-Guanilo ME, Brüggemann OM, Malfussi LBH. Acolhimento com classificação de risco em unidade de pronto atendimento: estudo avaliativo. Rev Esc Enferm USP [Internet] 2018; 52. Acesso em: 27 dez 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1980-220X2017001303318.

Inoue KC, Bellucci Júnior JA, Papa MA, Vidor RC, Matsuda LM. Avaliação da qualidade da Classificação de Risco nos Serviços de Emergência. Acta Paul Enferm. [Internet] 2015; 28(5). Acesso em: 10 fev 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1982- 0194201500071.

Mackay-Jones K, Mardsen J, Windle J. Sistema Manchester de Classificação de Risco. 2. ed. Belo Horizonte: Folium; 2017.

Ministério da Saúde (Brasil). Portaria nº 10, de 3 de janeiro de 2017. Redefine as diretrizes de modelo assistencial e financiamento de UPA 24h de Pronto Atendimento como Componente da Rede de Atenção às Urgências. Diário Oficial da União 10 jan 2017.

Oliveira, JLC; Gatti, A; Barreto, MS; Bellucci, JA; Góes, HLF; Matsuda LM. Acolhimento com classificação de risco: percepções de usuários de uma unidade de pronto atendimento. Texto Contexto Enferm. [Internet] 2017; 26(1). Acesso em: 20 ago 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072017000960014.

Minayo MCS. Amostragem e saturação em pesquisa qualitativa: consensos e controvérsias. Rev Pesquisa Qualitativa [Internet] 2017; 5(7). Acesso em: 20 jul 2018. Disponível em: https://editora.sepq.org.br/index.php/rpq/article/view/82/59.

Minayo MCS. O Desafio do Conhecimento. 14. ed. São Paulo: Hucitec; 2014.

Ministério da Saúde. Política nacional de atenção às urgências. 3. ed. Brasília: Editora do Ministério da Saúde; 2006.

Moreno, ECSG; santos, FM; marinho, DDT; santos JMJ; cunha, JO. Acolhimento Com Classificação De Risco Em Um Hospital Da Rede Pública: Percepção Dos Usuários. Revista saúde e pesquisa. [Internet] 2018; 11(1). Acesso em: 10 fev 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.177651/1983-1870.2018v11n1p89-97.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>