Therapeutic routines of womenwith breast cancer: perceptions of nurses of primary health care / Itinerários terapêuticos das mulheres com câncer de mama: percepções dos enfermeiros da atenção primária em saúde

Main Article Content

Jeane Barros de Souza
Maraísa Manorov
https://orcid.org/0000-0002-0620-4659
Emanuelly Luize Martins
http://orcid.org/0000-0002-3160-6115
Luana Reis
Ivonete Teresinha S. Buss Heidemann

Resumo

Objetivo: desvelar as percepções dos enfermeiros da atenção primária quanto a assistência em saúde fornecida as mulheres com câncer de mama. Método: estudo exploratório, descritivo, com abordagem qualitativa, realizado com oito enfermeiras que atuam na Estratégia Saúde da Família de um município catarinense. A coleta de dados deu-se através da entrevista semiestruturada, no segundo semestre de 2018. Para análise dos dados utilizou-se a análise de conteúdo. Resultados: a oferta do tratamento gratuito pelo SUS e o munícipio ser referência para o tratamento oncológico despontaram como potencialidades. A falta de protocolos para ampliação da autonomia do enfermeiro e de um fluxo de referência e contra referência foram destacados como fragilidades. Conclusão: são necessárias ações de educação permanente para profissionais e estabelecimento de fluxos visando a qualificação da assistência em tempo oportuno, bem como adoção de estratégias de promoção e prevenção para a diminuição dessa enfermidade.




 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Souza JB de, Manorov M, Martins EL, Reis L, Heidemann ITSB. Therapeutic routines of womenwith breast cancer: perceptions of nurses of primary health care / Itinerários terapêuticos das mulheres com câncer de mama: percepções dos enfermeiros da atenção primária em saúde. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 14º de junho de 2021 [citado 30º de junho de 2022];13:1186-92. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/9239
Seção
Research
Biografia do Autor

Jeane Barros de Souza, Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS

Enfermeira, Doutora, Docente de Enfermagem

Maraísa Manorov, Universidade Federal do Paraná – UFPR

Enfermeira, Residente em Saúde da Família

Emanuelly Luize Martins, Universidade Federal da Fronteira Sul

Acadêmica de Enfermagem

Luana Reis, Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS

Acadêmica de Enfermagem

Ivonete Teresinha S. Buss Heidemann, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Ph.D. Professora Associada do Departamento de Enfermagem

Plum Analytics

Referências

Brasil. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Coordenação de Prevenção e Vigilância. Estimativa 2018: incidência de câncer no Brasil [Internet]. Rio de Janeiro: INCA, 2017 [acessado em 2019 Fev 16]. Disponível em: http://www1.inca.gov.br/estimativa/2018/estimativa-2018.pdf

Silva GA, Teixeira MTB, Aquino EML, Tomazelli JG, Silva IS. Acesso a detecção precoce do câncer de mama no Sistema Único de Saúde: uma análise a partir dos dados do Sistema de Informação em Saúde. Cad. Saúde Pública [Internet]. 2014 Jan/Jul [acessado em 2019 Jun 15]; 30(7): 1537-1550. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2014000701537&lng=en.%20http://dx.doi.org/10.1590/0102-311X00156513

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 874, de 16 de maio de 2013. Institui a Política Nacional para a Prevenção e Controle do Câncer na Rede de Atenção à Saúde das Pessoas com Doenças Crônicas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) [Internet]. 2013 Maio [acessado em 2019 Fev 26]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2013/prt0874_16_05_2013.html

Silva NEK, Sancho LG, Figueiredo WS. Entre fluxos e projetos terapêuticos: revisitando as noções de linha do cuidado em saúde e itinerários terapêuticos. Ciênc. Saúde Coletiva [Internet]. 2016 Jan/Mar [acessado em 2019 Jun 15]; 21(3): 843-851. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232015213.08572015

Prolla CMD, Silva PS, Netto CBO, Goldim JR, Prolla PA. Conhecimento sobre câncer de mama e câncer de mama hereditário entre enfermeiros em um hospital público. RLAE [Internet]. 2015 [acessado em 2019 Jun 15]; 21(1): 90-97. Disponível em: http://www.periodicos.usp.br/rlae/article/view/100042

Traldi MC, Galvão P, Morais SS, Fonseca MRCC. Demora no diagnóstico de câncer de mama de mulheres atendidas no Sistema Público de Saúde. Cad Saúde Colet [Internet]. 2016 [acessado em 2018 Nov 12]; 24(2): 185-91. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1414-462X201600020026

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). [Internet]. 2017 Set [acessado em 2018 Mar 06]. Disponível em: http://www.foa.unesp.br/home/pos/ppgops/portaria-n-2436.pdf

Cyriaco AFF, Nunn D, Amorin RFB, Falcão DP, Moreno H. Qualitative research: key concepts and a brief overview of its application in geriatrics/gerontology. Geriatrics, Gerontology and Aging [Internet]. 2017 [acessado em 2019 Jun 15]; 11(1): 04-09. Disponível em: http://www.ggaging.com/details/410/en-US/qualitative-research--key-concepts-and-a-brief-overview-of-its-application-in-geriatrics-gerontology

Bardin L. Análise de Conteúdo. 2ª Edição. Lisboa: Edições 70; 2011.

Brasil. Ministério da Saúde. Lei nº 12.732, de 22 de novembro de 2012. Dispõe sobre o primeiro tratamento de pacientes com neoplasia maligna comprovada estabelece prazo para seu início. Brasília: DF, 2012 [acessado em 2019 Jun 03]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2011-2014/2012/Lei/L12732.htm

Silva MRF, Braga JPR, Moura JFP, Lima JTO. Continuidade assistencial a mulheres com câncer de colo de útero em redes de atenção à saúde: estudo de caso, Pernambuco. Saúde debate [Internet]. 2016 Set [acessado em 2019 Jun 15]; 40(110): 107-119. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0103-1104201611008.

Souza GRM, Cazola LHO, Oliveira SMVL. Work of family health strategy nurses in oncology care. Esc. Anna Nery [Internet]. 2017 [acessado em 2019 Jun 03]; 21(4): 01-08. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ean/v21n4/pt_1414-8145-ean-2177-9465-EAN-2016-0380.pdf

Andrade SSCA, Oliveira TP, Moura L, Prado RR, Souza MFM. Probabilidade de morte prematura por doenças crônicas não transmissíveis, Brasil e regiões, projeções para 2025. Ver. Brasil. Epidemio. [Internet]. 2019 Abr [acessado em 2019 Jun 15]; 22: 1-13. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1980-549720190030

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Controle dos cânceres do colo do útero e da mama. 2. ed. [Internet]. Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2013. [acessado em 2019 Jun 14]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/controle_canceres_colo_utero_2013.pdf

Sousa MM, Figueiredo EN, Gonçalves VCS, Gutiérrez MGR. Women with mammographic changes: journey on a basic health unit. Rev Enferm UFPE online [Internet]. 2017 Mar [acessado em 2018 Mar 30]; 11(3): 1244-54. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/viewFile/13500/16231

Mascarenhas NB, Melo CMM, Fagundes NC. Production of knowledge on health promotion and nurse’s practice in Primary Health Care. Rev Bras Enferm [Internet]. 2012 Nov/Dec [acessado em 2019 June 15]; 65(6): 991-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v65n6/a16v65n6.pdf

Melo CMM, Florentino TC, Mascarenhas NB, Macedo KS, Silva MC, Mascarenhas SN. Professional autonomy of the nurse: some reflections. Esc. Anna Nery [Internet]. 2016 [acessado em 2019 June 15]; 20(4): 01-06. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ean/v20n4/1414-8145-ean-20-04-20160085.pdf

Salci MA, Marcon SS. Após o câncer: Uma nova maneira de viver a vida. Rev Rene [Internet]. 2011 Abr/Jun [acessado em 2019 Abr 24] 12(2): 374-83. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/277729932_Apos_o_cancer_uma_nova_maneira_de_viver_a_vida/fulltext/5583754808aefa35fe30bea1/277729932_Apos_o_cancer_uma_nova_maneira_de_viver_a_vida.pdf?origin=publication_detail

Costa WB, Vieira MMR, Nasciemento WDM, Pereira LB Leite MTS. Women with breast cancer: Nurse-patient interactions and perceptions of nursing care. Rev. Min. Enferm [Internet] 2012 Jan/March [acessado em 2019 June 18]; 16(1): 31-7. Disponível em: http://www.dx.doi.org/S1415-27622012000100005

Martins AB, Ouro TA, Neri M. Compartilhando vivências: contribuição de um grupo de Apoio para mulheres com câncer de mama. Rev. SBPH [Internet]. 2015 Jun [acessado em 2019 Jun 15]; 18(1): 131-51. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-08582015000100007&lng=pt