Factors associated with hypertensive pregnancy syndrome: analysis multiple in hierarchical models / Fatores associados à síndrome hipertensiva da gestação: análise múltipla em modelos hierarquizados

Main Article Content

Leticia gramazio Soares
http://orcid.org/0000-0002-7347-0682
Maicon Henrique Lentsck
http://orcid.org/0000-0002-8912-8902

Resumo

Objetivo: analisar os fatores associados a Síndrome Hipertensiva da Gestação. Método: estudo transversal, observacional, do qual participaram 314 gestantes, realizado em um município do interior do Paraná. As variáveis foram agrupadas em níveis de maneira hierarquizada. O nível distal contemplou variáveis de caráter biológico; intermediário as características sociodemográficas e de estilo de vida; proximal as variáveis da assistência pré-natal. Realizou-se análise de regressão logística múltipla. Resultados: os fatores associados foram: obesidade e a doença crônica não transmissível, no nível distal; cuidados com a alimentação e recebimento de benefício social apresentaram associação no nível intermediário; no nível proximal, consulta com especialista, acompanhamento nutricional e obesidade gestacional. Doença crônica não transmissível, cuidados com a alimentação e acompanhamento nutricional demonstraram-se  fatores protecionais. Conclusão: os fatores associados à SHG são amplos e abarcam aspectos que devem ser considerados não somente na assistência pré-natal, mas no cuidado à saúde da mulher em idade fértil.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Soares L gramazio, Lentsck MH. Factors associated with hypertensive pregnancy syndrome: analysis multiple in hierarchical models / Fatores associados à síndrome hipertensiva da gestação: análise múltipla em modelos hierarquizados. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de junho de 2021 [citado 29º de novembro de 2021];13:626-33. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/9352
Seção
Research
Biografia do Autor

Leticia gramazio Soares, Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO

Enfermeira, professora adjunto B, lotada no Departamento de Enfermagem da Unicentro. Formação em Enfermagem. Mestrado em Enfermagem pela UFPR e doutorado em Enfermagem pela Uem.

Maicon Henrique Lentsck, Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO

Enfermeiro, professor adjunto B, lotado no Departamento de Enfermagem da Unicentro. Formação em Enfermagem. Mestrado em Enfermagem pela Uem e doutorado em Enfermagem pela Uem.

Plum Analytics

Referências

Shields LE, Wiesner S, Klein C, Pelletreau B, Hedriana HL. Early standardized treatment of critical blood pressure elevations is associated with a reduction in eclampsia and severe maternal morbidity. Am. J. Obstet. Gynecology [Internet]. 2017 [citado 2019 Jul 05]; 216 (4): 415.e1-415.e5. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.ajog.2017.01.008

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Gestação de alto risco: manual técnico. 5. ed. Brasília, DF, 2012.

Kassebaum NJ, Bertozzi-Villa A, Coggeshall MS, Shackelford KA, Steiner C, Heuton KR et al. Global, regional, and national levels and causes of maternal mortality during 1990-2013: a systematic analysis for the Global Burden of Disease Study 2013. Lancet [Internet]. 2014 [citado 2019 Ago 20]; 384 (9947): 980:1004. Disponível em: https://doi.org/10.1016/S0140-6736(14)60696-6

Dadelsen VP, Magee L. Preventing deaths due to the hypertensive disorders of pregnancy. Best Pract Res Clin Obstet. Gynaecol [Internet]. 2016 [citado 2019 Ago 02]; 36:1 (4): 83e102. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1016%2Fj.bpobgyn.2016.05.005

Rodrigues NCP, Monteiro DLM, Almeida AS, Barros MBL, Pereira Neto A, O'Dwyer G, Temporal and spatial evolution of maternal and neonatal mortality rates in Brazil, 1997-2012. J Pediatr [Internet]. 2016 [citado 2019 Aug 20]; 92(6): 567-573. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.jped.2016.03.004

Huçulak MC, Peterlini OLG. Rede Mãe Paranaense: relato de experiência. Rev Espaço Saúde [Internet]. 2014 [citado 2019 Aug 12]; 15(1): 77-86. Disponível em: http://dx.doi.org/10.22421/1517-7130.2014v15n1p77

Jeyabalan A. Epidemiology of preeclampsia: Impact of obesity. Nutr Rev [Internet]. 2013 [citado 2019 Jul 23]; 71 Suppl 1(01):S18–S25. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1111%2Fnure.12055

Antunes MB, Demitto MO, Gravena AAF, Padovani C, Pelloso SM. Síndrome hipertensiva e resultados perinatais em gestação de alto risco. Rev Min Enferm [Internet]. 2017 [citado em 2019 Ago 20]; 21:e-1057. Disponível em: http://www.dx.doi.org/10.5935/1415-2762.20170067

Gold RA, Gold KR, Schilling MF, Modilevsky K. Effect of age, parity, and race on the incidence of pregnancy associated hypertension and eclampsia in the United States. Pregnancy hypertension [Internet]. 2014 [citado 2019 Jul 05]; 4(1):46-53. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.preghy.2013.10.001

Xavier R, Bonan C, Martins A, Silva K. Reproductive risks and comprehensive care of pregnant women with hypertensive syndromes: a transversal study. Online Brazilian Journal of Nursing [Internet]. 2013 [citado 2019 Ago 15];12(4):823-833. Disponível em: https://doi.org/10.5935/1676-4285.20134249

Araújo IFM, Santos, PA, Santos PA, Franklin TA. Síndromes hipertensivas e fatores de risco associados à gestação. Rev Enferm UFPE [Internet]. 2017 [citado 2019 Jun 22]; 11(Supl. 10):4254-62. Disponível em: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v11i10a231189p4254-4262-2017

Dutra GRSF, Dutra LC, Fonsêca GKS, Nascimento Júnior MBD, Lucena EEES. Prenatal Care and Hypertensive Gestational Syndromes: A Systematic Review. Rev Bras Ginecol Obstet [Internet]. 2018 [citado 2019 Ago 14]; 40(8):471-476. Disponível em: https://doi.org/10.1055/s-0038-1660526

Victora CG, Huttly SR, Fuchs SD, Olinto MTA. The role of conceptual frameworks in epidemiological analysis: a hierarchical approch. Int J. Epidemiol. [Internet]. 1997 [citado 2019 Sep 14]; 26(1): 224-27. Disponível em: https://doi.org/10.1093/ije/26.1.224

Dalla Costa L, Cura CC, Perondi AR, França VF, Bortoloti DS. Perfil epidemiológico de gestantes de alto risco. Cogitare Enferm. [Internet]. 2016 [citado 2019 Sep 01]; 21(2): 1-8. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v21i2.44192

Kersten I, Lange AE, Haas JP, Fusch C, Lode H, Hoffmann W, Thyrian JR. Chronic diseases in pregnant women: prevalence and birth outcomes based on the SNiP-study. BMC Pregnancy Childbirth. [Internet]. 2014 [citado 2019 Jul 08]; 14:75. Disponível em: http://www.biomedcentral.com/1471-2393/14/75

Menezes MLN, Bezerra JFO, Bezerra JFO. Epidemiological profile of maternal deaths in a referral hospital for high-risk pregnancy. Rev. Rene [Internet]. 2015 [citado 2019 Ago 30]; 16(5): 714-721. DOI: 10.15253/2175-6783.2015000500013

Poston L. Obesity in pregnancy; Where are we, where should we go? Midwifery [Internet]. 2017 [citado 2019 Ago 30 01]; 49: 4–6. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.midw.2017.01.007

Scholz R, Voigt M, Schneider KT, Rochow N, Hagenah HP, Hesse V, Straube S. Analysis of the German Perinatal Survey of the Years 2007–2011 and Comparison with Data From 1995–1997: Maternal Characteristics. Geburtshilfe Frauenheilkd [Internet]. 2013 [citado 2019 Sep 25]; 73(12): 1247–1251. Disponível em: https://doi.org/10.1055/s-0033-1350830

Santos EP, Ferrarri RAP, Bertolozzi MR, Cardelli AAM, Godoy CB, Genovesi FF. Mortality among children under the age of one: analysis of cases after discharge from maternity. Rev. Esc. Enferm. USP. [Internet]. 2016 [citado 2019 Sep 25]; 50 (3): 390-398. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420160000400003

Malta DC, Stopa SR, Szwarcwald CL, Gomes NL, Silva Júnior JB, Reis AAC. A vigilância e o monitoramento das principais doenças crônicas não transmissíveis no Brasil - Pesquisa Nacional de Saúde, 2013. Rev. Bras. Epidemiol. [Internet]. 2015 [cited 2019 Sep 27]; 18 (Suppl 2): 3-16. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1980-5497201500060002.

Smith R. Clinical risk management in obstetric practice. J. Gynecol. Obstet. Hum. Reprod. Med. [Internet]. 2017 [citado 2019 Sep 10]; 27 (9): 277-284. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.ogrm.2017.06.011

Malta DC, Oliveira TP, Santos MAS, Andrade SSCA, Silva MMA. Avanços do Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas não Transmissíveis no Brasil, 2011-2015. Epidemiol. Serv. Saúde [Internet]. 2016 [cited 2019 Sep 27]; 25(2): 373-390. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5123/s1679-49742016000200016.

Gomes, CB, Vasconcelos, LG, Cintra, RMGC, Dias, LCGD, Carvalhaes, MABL. Hábitos alimentares das gestantes brasileiras: Revisão integrativa da literatura. Cien Saude Colet. [Internet]. 2019 [citado 2019 Sep 15]; Disponível em: http://www.cienciaesaudecoletiva.com.br/artigos/habitos-alimentares-das-gestantes-brasileiras-revisao-integrativa-da-literatura/16408?id=16408

Paraná. Secretaria de Estado da Saúde. Superintendência de Atenção à Saúde. Linha Guia Rede Mãe Paranaense 6º edição. Curitiba, 2017.Disponível em: http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/plano_estadual_de_saude_versao_final.pdf

Dodd JM, Briley AL. Managing obesity in pregnancy: an obstetric and midwifery perspective. Midwifery. Edinburgh [Internet]. 2017 [citado 2019 May 04]; 49: 7-12. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.midw.2017.03.001

Pauli JM, Repke JT. Preeclampsia: Short-term and Long-term Implications. Obstet. Gynecol. Clin. North Am. [Internet]. 2015 [citado 2019 Sep 25]; 42(2): 299-313. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.ogc.2015.01.007

Hernandéz-Higareda H, Pérez AO, Balderas-Peña B, Martínez-Herrera BE, Salcedo-Rocha AL, Ramírez-Conchas RE. Enfermedades metabólicas maternas asociadas a sobrepeso y obesidad pregestacional en mujeres mexicanas que cursan con embarazo de alto riesgo. Cir. Cir. [Internet]. 2017 [citado 2019 Sep 08]; 85 (4): 292-298. DOI: 10.1016/j.circir.2016.10.004

Hanson M, Barker M, Dodd JM, Kumanyika S, Norris S, Steegers E, Stephenson J, Thangaratinam S, Yang H. Interventions to prevent maternal obesity before conception, during pregnancy, and post partum. Lancet Diabetes Endocrinol. [Internet]. 2017 [citado 2019 Jun 25]; 5 (1): 65-76. Disponível em: https://doi.org/10.1016/S2213-8587(16)30108-5

Bernales BD, Ebenspenger EO. High risk pregnancy. Medwave [Internet]. 2012 [citado 2019 Sep 04]; 12(5): e5429. Disponível em: http://www.medwave.cl/link.cgi/Medwave/PuestaDia/Practica/5429#

Silva EP, Lima RT, Osório MM. Impacto de estratégias educacionais no pré-natal de baixo risco: revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. 2016 [cited 2019 Sep 27]; 21(9): 2935-2948. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232015219.01602015 .