Bloodstream infections related to central catheters: understanding and practice of the nursing team / Infecções de corrente sanguínea relacionada a cateteres centrais: entendimento e prática da equipe de enfermagem

Main Article Content

Miriam Maria Mota Silva
Danielle Samara Tavares de Oliveira-Figueirêdo
Adilma da Cunha Cavalcanti
Lília Costa do Nascimento

Resumo

Objetivo: Investigar a compreensão e prática da equipe de enfermagem acerca das medidas de prevenção de infecções da corrente sanguínea relacionada ao cateter venoso central em unidade de terapia intensiva. Metodologia: Estudo qualitativo, realizado de 14 de novembro de 2016 a 31 de janeiro de 2017, por uma entrevista semiestruturada com 24 profissionais da enfermagem atuantes na unidade de terapia intensiva adulto e pediátrica de um hospital escola. Utilizou-se a técnica de análise de conteúdo. Resultados: Observou-se que 16 (66,6%) não souberam definir clinicamente essa infecção, 11 (45,8%) entendem limitadamente suas vias fisiopatológicas; nenhum profissional mencionou a prática da aplicação do check list de inserção do cateter, junto à equipe médica; 12 (50%) desconhecem as diretrizes nacionais e internacionais de manutenção do dispositivo. Conclusão: Em geral, houve fragilidades na compreensão da maioria dos profissionais quanto conceito clínico, vias fisiopatológicas e medidas de inserção e manutenção do cateter. 



Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Silva MMM, Tavares de Oliveira-Figueirêdo DS, Cavalcanti A da C, do Nascimento LC. Bloodstream infections related to central catheters: understanding and practice of the nursing team / Infecções de corrente sanguínea relacionada a cateteres centrais: entendimento e prática da equipe de enfermagem. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de junho de 2021 [citado 30º de junho de 2022];13:640-5. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/9376
Seção
Research
Biografia do Autor

Miriam Maria Mota Silva, Hospital de câncer de Pernambuco (HCP)

Enfermeira. Pós-graduanda em enfermagem em cancerologia pelo programa de Residência Multiprofissional em área de saúde em oncologia, pelo hospital de câncer de Pernambuco (HCP) –Recife-PE-Brasil.

Danielle Samara Tavares de Oliveira-Figueirêdo, Universidade Federal de Campina Grande- UFCG

Enfermeira. Doutora em enfermagem pela Universidade Federal de Minas Gerais-UFMG. Docente pela Universidade Federal de Campina Grande- UFCG-Cuité-Brasil.

Adilma da Cunha Cavalcanti, Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC),

 Enfermeira. Pós-graduanda no programa de residência multiprofissional integral em saúde da família, pelo hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), Recife-PE-Brasil. 

Lília Costa do Nascimento, Universidade Federal de Campina Grande-UFCG

Enfermeira. Graduada pela Universidade Federal de Campina Grande-UFCG-Cuité-PB- Brasil.  

Plum Analytics

Referências

Padoveze MC, Fortaleza CMCB. Infecções relacionadas à assistência à saúde: desafios para a saúde pública no Brasil. Rev Saúde Pública [Internet]. 2014 [acesso em 19 Dez 2018]; 48(6): 995-1001. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v48n6/pt_0034-8910-rsp-48-6-0995.pdf

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Brasil). Nota Técnica nº 01/2018 GVIMS/GGTES/ANVISA: Orientações gerais para higiene das mãos em serviços de saúde. [Internet] Diário Oficial da União 01 ago 2018 [acesso em 02 Fev 2019]. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33852/271858/NOTA+T%C3%89CNICA+N%C2%BA01-2018+GVIMS-GGTES-ANVISA/ef1b8e18-a36f-41ae-84c9-53860bc2513f.

Roque KE, Tonini T, Melo ECP. Eventos adversos na unidade de terapia intensiva: impacto na mortalidade e no tempo de internação em um estudo prospectivo. Cad Saúde Pública [Internet] 2016 Out [acesso em 05 Fev 2019]; 32 (10): e00081815. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v32n10/pt_1678-4464-csp-32-10-e00081815.pdf

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Critérios diagnósticos de infecção relacionada à assistência à saúde. Agência Nacional Vigilância Sanitária. Brasília (DF) [Internet]. 2017 [acesso em 20 Mar 2018]. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33852/3507912/Caderno+2+-+Crit%C3%A9rios+Diagn%C3%B3sticos+de+Infec%C3%A7%C3%A3o+Relacionada+%C3%A0+Assist%C3%AAncia+%C3%A0+Sa%C3%BAde/7485b45a-074f-4b34-8868-61f1e5724501

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Medidas de prevenção de infecção relacionada à assistência à saúde. Agência Nacional Vigilância Sanitária Brasília (DF) [Internet]. 2017 [acesso em 20 Mar 2018]. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33852/3507912/Caderno+4+-+Medidas+de+Preven%C3%A7%C3%A3o+de+Infec%C3%A7%C3%A3o+Relacionada+%C3%A0+Assist%C3%AAncia+%C3%A0+Sa%C3%BAde/a3f23dfb-2c54-4e64-881c-fccf9220c373

Doria ACOC, Santos TB, Figueira FR, Sorge CDPC, Bernardes RC, Batista ACS et al. Estudo comparativo de hemoculturas e cateteres positivos para leveduras do gênero candida de origem hospitalar. Revista Univap [Internet]. 2015 [acesso em 10 Mar 2019]; Dez 21(38). Disponível em: https://revista.univap.br/index.php/revistaunivap/article/view/364

Curan GRF, Rosseto EG, Castral TC. Using the knowledge translation framework to change practical care of central catheters in a Brazilian neonatal unit. J Infect dev Ctries [Internet]. 2017 Jun [acesso em 20 Jan 2019]; 11(6): 445-452. DOI: 10.3855/jidc.7916

Nascimento LCN, Souza TV, Oliveira ICS, Moraes JRMM, Aguiar RCB, Silva LF. Saturação teórica em pesquisa qualitativa: relato de experiência na entrevista com escolares. Rev Bras Enferm. Saúde Pública [Internet]. 2018 [acesso em 10 Jan 2019]; 71(1): 228-233. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v71n1/pt_0034-7167-reben-71-01-0228.pdf

Dantas GD, Figueiredo DSTO, Nobre AMD, Pimentel ERS. Adesão da equipe de enfermagem às medidas de prevenção de infecções de corrente sanguínea. Rev Enferm UFPE on line [Internet]. 2017 Out [acesso em 10 Set 2019]; 11(10): 3698-3706. DOI: 10.5205/reuol.12834-30982-1-SM.1110201701

Triviños ANS. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas; 2010.

Bardin L. Análise de conteúdo. 1ª edição. São Paulo: Edições 70; 2011.

Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde (Brasil). Resolução nº 466 de 12 de dezembro de 2012. Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 12 dez. 2012.

Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). Resolução nº 564 de 08 de fevereiro de 2017. Aprova o Novo Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem [Internet]. Rio de Janeiro, 6 dez. 2017 [acesso em 20 Jan 2019]. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/resolucao-cofen-no-5642017_59145.html

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Programa nacional de prevenção e controle de infecções relacionadas à assistência à saúde (2016-2020). Agência Nacional Vigilância Sanitária. Brasília (DF) [Internet]. 2016 [acesso em 20 Jan 2019]. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33852/3074175/PNPCIRAS+2016-2020/f3eb5d51-616c-49fa-8003-0dcb8604e7d9

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Medidas de prevenção de infecção relacionada à assistência à saúde. Agência Nacional Vigilância Sanitária. Brasília (DF) [Internet]. 2013 [acesso em 10 Dez 2018]. Disponível em: http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/0SEGURANCA_DO_PACIENTE/modulo4.pdf

Perin DC, Erdmann AL, Higashi GDC, Sasso GTMD. Evidências de cuidado para prevenção de infecção de corrente sanguínea relacionada a cateter venoso central: revisão sistemática. Rev. Latino-Am. Enfermagem [Internet]. 2016 [acesso em 08 Fev 2019]; 24: e2787. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v24/pt_0104-1169-rlae-24-02787.pdf

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Infecção de Corrente Sanguínea: Orientações para Prevenção de Infecção Primária de Corrente Sanguínea. Agência Nacional Vigilância Sanitária. Brasília (DF) [Internet]. 2010 [acesso em 10 Dez 2018]. Disponível em: https://www20.anvisa.gov.br/segurancadopaciente/index.php/publicacoes/item/orientacoes-para-prevencao-de-infeccao-primaria-de-corrente-sanguinea

Ávarez-lerma F, Olivab G, Ferrerc JM, Rierad A, Palomare M; Consell Assessor del ProyectoBacteriemia Zero en Catalunya. Resultados de la aplicación del proyecto bacteriemia zero encatalunya. MedClin (Barc) [Internet]. 2014 [acesso em 10 Jan 2019]; 143(1): 11-6. Disponível em: https://medes.com/publication/91409

Association for Professionals in Infection Control and Epidemiology (APIC). Guide to preventing central line-associated bloodstream infections. Washington: Association for Professionals in Infection Control and Epidemiology. First edition, December 2015. Disponível em: https://apic.org/Resource_/TinyMceFileManager/2015/APIC_CLABSI_WEB.pdf

Oliveira HM, Silva CPR, Lacerda RA. Políticas de controle e prevenção de infecções relacionada à assistência a saúde no Brasil: análise conceitual. Rev Esc Enferm USP [Internet]. 2016 Jun [acesso em 20 Jan 2019]; 50(3): 505-511. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v50n3/pt_0080-6234-reeusp-50-03-0505.pdf

Viana RAPP, Vargas MAO, Carmagnani MIS, Tanaka LH, Luz KR, Schmitt PH. Perfil do enfermeiro de terapia intensiva em diferentes regiões do brasil. Texto Contexto enferm [Internet]. 2014 Mar [acesso em 02 Fev 2019]; 23(1): 151-159. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v23n1/pt_0104-0707-tce-23-01-00151.pdf

Ribeiro GKNA, Iwamoto HH, Camargo FC, Araújo MRN. Nursing professionals trained for the labor market in the state of Minas Gerais. REME Rev Min. Enferm [Internet]. 2014 Jan Mar [acesso em 20 Jan 201]; 18(1): 15-20. DOI: 10.5935/1415-2762.20140002.

Oliveira FJG, Caetano JA, Silva VM, Almeida PC, Rodrigues AB, Siqueira JF. Use of clinical indicators in the evaluation of prevention and control practices for bloodstream infection. Texto Contexto Enferm [Internet]. 2015 [acesso em 12 Ago 2018]; 24(4): 1018-1026. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v24n4/pt_0104-0707-tce-24-04-01018.pdf

Frampton GK, Harris P, Cooper K, Cooper T, Cleland J, Jones J, et al. Educational interventions for preventing vascular catheter bloodstream infections in critical care: Evidence map, systematic review and economic evaluation. Health Technology Assessment [Internet]. 2014 [acesso em 12 ago 2019]; 18(15). Disponível em: https://www.journalslibrary.nihr.ac.uk/hta/hta18150/#/abstract