Validation of evaluating instrument for training nurses in cardiopulmonary resuscitation / Validação de instrumento avaliativo para capacitação de enfermeiros em ressuscitação cardiopulmonar

Main Article Content

Glaucia Mielli
http://orcid.org/0000-0002-3155-3324
Regimar Carla Machado
http://orcid.org/0000-0001-6126-7663
Isabela Cristina De Oliveira
http://orcid.org/0000-0003-2333-7178
Thulssa Auxiliadora Gomes Medeiros dos Santos
http://orcid.org/0000-0002-0649-641X
Ana Lúcia Gargione Galvão de Sant'Anna
http://orcid.org/0000-0002-5031-9963

Resumo

Objetivo: validar critérios de um instrumento para avaliação da capacitação de enfermeiros em ressuscitação cardiopulmonar. Método: estudo metodológico para validação de critério de um instrumento previamente validado quanto ao conteúdo. Realizou-se a aplicação de um instrumento pré e pós-teste de uma capacitação com 20 enfermeiros de um hospital do interior do Estado de São Paulo. Resultados: realizou-se a análise das respostas do pré e pós-teste sobre o entendimento dos participantes antes e após a realização de teoria atrelada a simulação sobre ressuscitação cardiopulmonar. Foram avaliadas as variáveis objetividade, simplicidade, clareza e pertinência, destacando-se que os participantes concordaram que os critérios citados foram atendidos. Conclusão: o instrumento investigado possui relação com os padrões definidos, sendo comprovadamente validado. Ao utilizar-se deste instrumento durante a avaliação de capacitações em ressuscitação cardiopulmonar, as equipes de trabalho, alunos e pacientes serão beneficiados, garantindo a padronização e melhor efetividade no atendimento a PCR.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Mielli G, Machado RC, De Oliveira IC, dos Santos TAGM, de Sant’Anna ALGG. Validation of evaluating instrument for training nurses in cardiopulmonary resuscitation / Validação de instrumento avaliativo para capacitação de enfermeiros em ressuscitação cardiopulmonar. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 31º de maio de 2021 [citado 18º de maio de 2022];13:960-5. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/9710
Seção
Research
Biografia do Autor

Glaucia Mielli, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS

Enfermeira. Especialista em Cardiologia e Cuidados Críticos pela Universidade Federal de São Carlos. São Carlos – São Paulo – Brasil

Regimar Carla Machado, Universidade Federal de São Paulo

Enfermeira. Doutora em Ciências. Professora do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo. Líder do Laboratório de Pesquisas em Tecnologias e Inovação em Saúde - LAPeTIS - São Paulo – São Paulo - Brasil

Isabela Cristina De Oliveira, Prefeitura Municipal de Taquaritinga

Enfermeira. Mestre em Ciências. Prefeitura Municipal de Taquaritinga

Thulssa Auxiliadora Gomes Medeiros dos Santos, Escola Paulista de Enfermagem - UNIFESP - São Paulo – São Paulo - Brasil.

Enfermeira. Especialista. Membro do Laboratório de Pesquisas em Tecnologias e Inovação em Saúde – LAPeTIS - Escola Paulista de Enfermagem - UNIFESP - São Paulo – São Paulo - Brasil.

Ana Lúcia Gargione Galvão de Sant'Anna, Escola Paulista de Enfermagem - UNIFESP - São Paulo – São Paulo - Brasil.

Enfermeira. Mestre em Engenharia Biomédica. Membro do Laboratório de Pesquisas em Tecnologias e Inovação em Saúde – LAPeTIS - Escola Paulista de Enfermagem - UNIFESP - São Paulo – São Paulo - Brasil.

Plum Analytics

Referências

Pinheiro DBS, Santos Júnior EB, Pinheiro LSB. Cardiorespiratory arrest: surveillance, prevention and care after PCR. Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online). [Internet]. 2018 [cited 2018 dez 09]; 10(2). Available from: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2018.v10i2.577-584.

Piegas LS, Timerman A, Feitosa GS, Nicolau JC, Mattos LAP, Andrade MD, et al. V Diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia sobre Tratamento do Infarto Agudo do Miocárdio com Supradesnível do Segmento ST. Arq. bras. cardiol. [Internet]. 2015 [acesso em 09 de dezembro 2018]; 105(2). Disponível em: http://publicacoes.cardiol.br/2014/diretrizes/2015/02_TRATAMENTO%20DO%20IAM%20COM%20SUPRADESNIVEL%20DO%20SEGMENTO%20ST.pdf.

Braga RMN, Fonseca ALEA, Ramos DCL, Gonçalves RPF, Dias OV. Atuação da equipe de enfermagem no atendimento à vítima de parada cardiorrespiratória no ambiente intra-hospitalar. Rev. Aten. Saúde, São Caetano do Sul. [Internet]. 2018 [acesso em 09 de dezembro 2018]; 16(56). Disponível em: https://doi.org/10.13037/ras.vol16n56.4928.

Santos LP, Rodrigues NAM, Bezerra ALD, Sousa MNA, Feitosa ANA, Assis EV. Parada cardiorrespiratória: principais desafios vivenciados pela enfermagem no serviço de urgência e emergência. Revista Interdisciplinar em Saúde. [Internet]. 2016 [acesso em 17 de agosto 2018]; 3(1). Disponível em: http://www.interdisciplinaremsaude.com.br/Volume_9/Trabalho_03.pdf

Kawakame PMG, Miyadahira AMK. Avaliação do processo ensino-aprendizagem de estudantes da área da saúde: manobras de ressuscitação cardiopulmonar. Rev. Esc. Enferm. USP. [Internet]. 2015 [acesso em 17 de julho 2018]; 49(4). Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v49n4/pt_0080-6234-reeusp-49-04-0657.pdf

Souza AC, Alexandre NMC, Guirardello EB. Propriedades psicométricas na avaliação de instrumentos: avaliação da confiabilidade e da validade. Epidemiol. serv. saúde. [Internet]. 2017 [acesso em 17 de agosto 2018]; 26(3). Disponível em: https://doi.org/10.5123/S1679-49742017000300022.

Ribeiro MAS, Vedovato TG, Lopes MHBM, Monteiro MI, Guirardello EB. Estudos de validação na enfermagem: revisão integrativa. Rev Rene (Online). [Internet]. 2013 [acesso em 17 de agosto 2018]; 14(1). Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/rene/article/view/3359.

Lucas MG, Nalin GV, Sant'Anna ALGG, Oliveira SA, Machado RC. Validação de conteúdo de um instrumento para avaliação da capacitação em ressuscitação cardiopulmonar. REME rev. min. enferm. [Internet]. 2018 [acesso em 09 de dezembro 2018]; 22: e-1132. Disponível em: http://www.dx.doi.org/10.5935/1415-2762.20180061.

Medeiros RKS, Ferreira Júnior MA, Pinto DPSR, Vitor AF, Santos VEP, Barichello E. Modelo de validação de conteúdo de Pasquali nas pesquisas em enfermagem. Rev Enf Ref. [Internet]. 2015 [acesso em 09 de dezembro 2018]; serIV(4). Disponível em: http://dx.doi.org/10.12707/RIV14009.

American Heart Association: Destaques da American Heart Association 2015 –Atualização das Diretrizes de RCP e ACE. [Internet]. 2015 [acesso em 18 de junho 2018]. Disponível em: https://eccguidelines.heart.org/wp-content/uploads/2015/10/2015-AHA-Guidelines-Highlights-Portuguese.pdf

Alexandre NMC, Coluci MZO. Validade de conteúdo nos processos de construção e adaptação de instrumentos de medidas. Ciênc. Saúde Colet. [Internet]. 2011 [acesso em 14 de janeiro 2020]; 16(7). Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v16n7/06.pdf

Heng K, Wee FC. Seventeen years of life support courses for nurses: where are we now? Singap. med. j. [Internet]. 2017 [cited 2018 august 15]; 58(7). Available from: https://dx.doi.org/10.11622%2Fsmedj.2017061.

Gonzalez MM, Timerman S, Gianotto-Oliveira R, Polastri TF, Canesin MF, Lage SG, et al. I Diretriz de Ressuscitação Cardiopulmonar e Cuidados Cardiovasculares de Emergência da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Arq. bras. cardiol. [Internet]. 2013 [acesso em 01 de agosto 2018]; 101(2 Supl. 3). Disponível em: https://doi.org/10.5935/abc.20130022.

Prestes JN, Menetrier JV. Conhecimento da equipe de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva adulta sobre a parada cardiorrespiratória. Biosaúde. [Internet]. 2017 [acesso em 09 de dezembro 2018]; 19 (1). Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/biosaude/article/view/27905/22933.

Broomfield R. A quasi-experimental research to investigate the retention of basic cardiopulmonary resuscitation skills and knowledge by qualified nurses following a course in professional development. J. adv. nurs. [Internet]. 2017. [cited 2018 dec 09]; 23(5). Available from: https://doi.org/10.1111/j.1365-2648.1996.tb00084.x.

Oliveira SFG, Moreira SMBP, Vieira LL, Gardenghi G. Conhecimento de parada cardiorrespiratória dos profissionais de saúde em um hospital público: estudo transversal. Rev. Pesqui. Fisioter. [Internet]. 2018. [acesso em 09 de dezembro 2018]; 8(1). Disponível em: https://doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i1.1830B.

lum CA, Borglund S, Parcells D. High-fidelity nursing simulation: impact on student self-confidence and clinical competence. Int. j. nurs. educ. scholarsh. [Internet]. 2010. [cited 2018 dez 09]; 7(1). Available from: https://doi.org/10.2202/1548-923X.2035.

Ferreira RPN, Guedes HM, Oliveira DWD, Miranda JL. Simulação realística como estratégia de ensino no aprendizado de estudantes da área da saúde. Rev. enferm. Cent.-Oeste Min. [Internet]. 2018 [acesso em 09 de dezembro 2018];8:e2508. Disponível em: https://doi.org/10.19175/recom.v8i0.2508.

Tomazini EAS, Tobase L, Teodoro SV, Peres HHC, Almeida DM, Alavarce DC. Curso on-line sobre suporte avançado de vida em parada cardiorrespiratória: inovação para educação permanente. Rev Rene (Online). [Internet]. 2018 [acesso em 09 de dezembro 2018]; 19: e32444. Disponível em: https://doi.org/10.15253/2175-6783.20181932444.

Medina EU, Barrientos SS, Navarro FI. The challenge and future of simulation as a teaching strategy in nursing. [Internet]. 2017 [cited 2018 dec 09]. 6(22). Available from: https://doi.org/10.1016/j.riem.2017.01.147.