HÁBITOS DE LEITURA DOS ESTUDANTES DE ENFERMAGEM DE NITERÓI, RJ.

Jacqueline de Souza Garcez, Bruna de Souza Garcez, Marcelle Rodrigues Pessanha Paixão, Ana Claudia Vianna Fernandes, Glauco Barbosa Cardoso

Resumo


INTRODUÇÃO: Ler é muito mais do que interpretar as letras para compreender a mensagem, visto que inclui o sentimento e a atribuição de significado ao texto, além do relacionamento do conteúdo com outros conhecimentos já adquiridos. A leitura é considerada um meio de proporcionar reflexões e questionamentos, haja vista que está presente no dia-a-dia do ser humano, representando um grande passo para a aquisição do conhecimento. No âmbito da formação no ensino superior, a leitura se expressa como instrumento de aprendizagem e ocupa um papel de extrema relevância na vida do indivíduo.  Enquanto estudante universitário considera-se o ato de ler como um instrumento utilizado para o desenvolvimento de uma prática profissional eficiente, bem como, visão crítica que norteia seu modo de agir e se expressar. Com base nos aspectos destacados, é possível afirmar que a leitura é imprescindível aos universitários, posto que é principalmente por meio dela que se dá o acesso ao conteúdo de diversas disciplinas e à produção científica.

OBJETIVO: O presente estudo tem como objetivo geral verificar e descrever os hábitos de leitura de estudantes do curso de Enfermagem de uma Instituição de Ensino Superior do município de Niterói, RJ. E como objetivo específico prover subsídios para aperfeiçoamentos futuros dos métodos de ensino.

METODOLOGIA: Trata-se de uma pesquisa descritiva exploratória, com abordagem quantitativa desenvolvida em uma instituição de ensino privado da região metropolitana do Rio de Janeiro. Realizou-se com 30 estudantes universitários do sétimo período do curso de enfermagem, matriculados no ano de 2010, presentes em sala de aula no dia determinado para a coleta de dados. A técnica utilizada para a realização da coleta dos dados foi um questionário auto-aplicável, contendo quinze questões fechadas. Os dados coletados foram registrados em planilha elaborada no programa de computação Excel e a compilação foi auxiliada por recursos do mesmo programa.

RESULTADOS: Dos entrevistados, 83% são do sexo feminino e 17% do sexo masculino. Os resultados evidenciaram que a maioria dos estudantes possui mãe (10) e pai (9) com ensino médio completo. Quando questionados acerca do prazer pela leitura, 87% relataram gostar de ler. Com relação à freqüência de ida à Biblioteca 40% afirmaram ir raramente. Quanto o motivo de não freqüentar a Biblioteca, a maioria dos estudantes (47%) considera a falta de tempo, seguido por (27%) falta de hábito. Com relação ao horário de ler, 80% relataram não possuir um horário reservado para leitura. Acerca da quantidade de leitura de livros, a  maioria dos estudantes (16) afirmou não ter lido nenhum livro de janeiro à junho de 2010, contudo, 53% considera ter um bom desempenho como leitor, e 33% regular. Sobre o tipo de leitura feita mais freqüentemente, contatamos que 30% lêem mais jornais e 57% considera que a Universidade exerce papel regular em relação ao hábito de leitura. Todos os entrevistados (100%) afirmam ter que melhorar seu desempenho com relação à leitura.

CONCLUSÕES: Diante do exposto, é possível concluir que a leitura é considerada na universidade como uma das habilidades essenciais para o processo ensino-aprendizagem, posto que é principalmente por meio dela que se dá o acesso ao conteúdo das diversas disciplinas. Assumindo este pressuposto, considera-se que o domínio de habilidades de leitura é imprescindível para o desempenho do estudante nas diversas situações acadêmicas. Cabe mencionar ainda que a falta de hábito de leitura por parte dos estudantes de enfermagem, pode acarretar dificuldade na aprendizagem e na formação de visão crítica em relação aos acontecimentos.

REFERÊNCIAS:

CUNHA, Neide de Brito; SANTOS, Acácia Aparecida Angeli. Relação entre a compreensão da leitura e a produção escrita em universitários. Rev. Psicologia: Reflexão e crítica. 2006, vol.19, n.2, pp. 237-245.

OLIVEIRA, Katya Luciane; SANTOS, Acácia Aparecida Angeli; PRIMI, Ricardo. Estudo das relações entre compreensão em leitura e desempenho acadêmico na universidade Interação em Psicologia. 2003, vol. 7, n.1, PP.19-25

SANTOS, Acácia Aparecida Angeli; SUEHIRO, Adriana; OLIVEIRA, Katya Luciane. Habilidades em compreensão da leitura: um estudo com alunos de psicologia. Ver. Estudos de Psicologia. 2004, vol.21, n.2, pp. 29-41.


Palavras-chave


estudante; enfermagem; leitura

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2010.v0i0.%25p 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge
SCImago Institutions Rankings