The Consequences of Violence During Pregnancy for Both Fetus and Newborn: Systematic Review / Implicações para o Feto e Recém-Nascido da Violência Durante a Gestação: Revisão Sistemática

Franciele Marabotti Costa Leite, Fernanda Garcia Gabira, Priscila Alves Freitas, Eliane de Fátima Almeida Lima, Larrisa Regina Bravim, Candida Caniçali Primo

Resumo


Objetivo: Identificar estudos sobre os efeitos para o feto e recém-nascido da violência contra a mulher durante a gestação. Métodos: Revisão realizada nas bases MEDLINE e LILACS. Foram incluídos estudos epidemiológicos analíticos, publicados em inglês, espanhol e português. Resultados: Foram incluídos 27 estudos. Os dados apontam na direção de que a violência na gravidez é risco para a ocorrência de restrição no crescimento intrauterino, nascer pequeno para idade gestacional e maiores níveis plasmáticos de Glutamato, GABA e cortisol. Foi consenso entre os estudos o risco de óbito fetal e neonatal entre as mulheres que vivenciaram o fenômeno da violência no período gestacional. Conclusão: A violência durante a gestação constitui um agravo relevante na saúde pública. Os achados destacam a importância da realização e inicio precoce do pré-natal, pois constitui um espaço importante no rastreamento das violências. 


Palavras-chave


Violência contra a mulher, violência doméstica, gravidez, recém-nascido, feto.

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2019.v11i2.533-539 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge