Humanidades em Revista CCH UNIRIO

Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista discente “Humanidades em Revista” é uma iniciativa do Centro de Ciências Humanas e Sociais que se propõe a viabilizar e apoiar a divulgação de trabalhos de discentes das Escolas e Programas de Pós-Graduação que integram o Centro de Ciências Humanas da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e de outras instituições acadêmicas voltadas para o ensino e pesquisa na área de Humanidades.

É um periódico gerido pela Decania do CCH que receberá propostas para a publicação de dossiês temáticos e artigos livres oriundos de eventos acadêmicos realizados pelos estudantes ou nos quais estes sejam os protagonistas, ou ainda de trabalhos de pesquisa. Os dossiês propostos deverão ser enviados completos e formatados de acordo com as normas de publicação da revista, após revisão realizada pela equipe que o elaborou. A revista tem como objetivo publicar, preferencialmente, textos resultantes dos trabalhos de discentes e pesquisadores de diferentes vínculos institucionais. Os trabalhos a serem publicados podem ser constituídos de resultados parciais ou finais de suas investigações. Os dossiês poderão ser organizados por docentes interessados pela iniciativa.

A revista será publicada em meio eletrônico, em sítio hospedado nos servidores da UNIRIO, com a cooperação do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER), podendo ser acessada por ligações na página do CCH e pelo Portal de Periódicos da Biblioteca Central da UNIRIO.

O periódico semestral terá duas seções:

Seção 1: subdividida em um dossiê de artigos de discentes (“dossiê”) e artigos livres (“varia”) e resenhas submetidos em resposta a chamada contínua e pública;

Seção 2: composta pelo “Magazine CCH”, que consiste em uma relação de eventos acadêmicos realizados no âmbito do CCH UNIRIO, que apresentará súmula, cartazes, e indicará a ligação com as gravações em vídeo no canal Youtube.

Público Alvo:

A revista tem como alvo os estudantes de graduação e de pós-graduação em Ciências Humanas e áreas afins, compreendendo também aqueles estudos e pesquisas realizados em outras áreas de conhecimento que apresentem desdobramentos em interface com a área de Humanidades em geral. Seu objetivo principal é estimular a publicação discente e divulgar os trabalhos de pesquisa dos estudantes e grupos de pesquisa, possibilitando o intercâmbio de ideias, o diálogo e o acesso a trabalhos e pesquisas acadêmicas em desenvolvimento, com o intuito de favorecer a otimização das pesquisas e a qualificação dos estudantes.

Política de Acesso Livre:

A revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento, sempre dentro dos limites da legislação de direito de autor e de direitos conexos. É adotada a licença Crative Commons do tipo “Atribuição-Não Comercial-Sem Derivações 4.0 Internacional (CC BY-NC-ND 4.0)”, acessível em: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/legalcode.pt , segundo a qual, em linhas gerais, é permitindo fazer o download dos trabalhos e o seu compartilhamento para fins educacionais, desde que sejam atribuídos os créditos a seus autores, citando também o repositório dos trabalhos, e sem que se possa alterar o material de nenhuma forma ou utilizá-lo para fins comerciais.

Direitos Autorais:

Os direitos autorais de qualquer trabalho publicado na Revista pertencerão aos autores. Não haverá qualquer pagamento pela publicação na Revista e a aceitação dos originais implicará na aceitação das condições descritas nas informações sobre a revista constantes do escopo e de todas as regras apresentadas, assim como o respeito à legislação e às normas vigentes concernentes a publicações. A UNIRIO e seus entes subordinados não se responsabilizarão por quaisquer equívocos, questões e contendas entre autores, participantes e/ou entes institucionais que sobrevenham às publicações. O e-mail do autor será disponibilizado no trabalho.

Área do Conhecimento:

O periódico “Humanidades em revista” é interdisciplinar e multidisciplinar, compreendendo as Ciências Humanas e áreas afins às Humanidades ou demais áreas de conhecimento que proponham artigos com uma interface com as Humanidades, por exemplo: Ciências da Linguagem, Letras e Artes, História Antiga e Medieval, História das Ciências e do Direito, Arqueologia, Memória social, Psicologia e Psicanálise, Pedagogia, Arte e Sociedade, Sociologia e Filosofia da Saúde, Museologia e Patrimônio, Turismo e Ambiente etc.
Criada em 2018, a partir de proposta do Prof. Leonardo Vilela de Castro, da Escola de Educação da UNIRIO, aprovada na 16ª Reunião Executiva do Centro de Ciências Humanas e Sociais, realizada em 5 de setembro de 2017, e aprovada 3ª Reunião Ordinária do Conselho do Centro de Ciências Humanas e Sociais, realizada em 1º de novembro de 2017.

 

Políticas de Seção

DOSSIER COMPLETO N1 V1 2019

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

VARIA

Artigos Avulsos, Notícias de Pesquisa, Resumos de pesquisas, Resumos de Dissertações e Teses.

Editores
  • Nathalia Batista
  • Deborah Carvalho
  • Leonardo de Castro
  • Mariana Farias
  • Patricia Horvat
  • Gabriela Lins
  • Fylena Melo
  • Lohane Oliveira
  • Sonia Oliveira
  • Maria Sant’Angelo
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

EDITORIAL Humanidades em Revista V1N1 2019

Humanidades em Revista

Editorial

 Trazer a público a presente revista é um orgulho e, ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade. Estabelecemos um compromisso diante da comunidade acadêmica e abrimos mais um canal de debates e produções. Temos o dever de mantê-lo, melhorá-lo e ampliar a participação dos principais agentes de nosso maior compromisso de vida e trabalho: os alunos. A eles, sejam de graduação ou de pós-graduação, se destina prioritariamente este esforço.

Por isso, inicio os agradecimentos a todos os estudantes que contribuíram para esta produção, opinando e contribuindo em todas as etapas, nos ensinando a vasculhar e descobrir segredos dos programas e sites mas, principalmente, nos enchendo de esperança e energia para seguir adiante e não desistir do sonho. Sonharam e trabalharam muito junto conosco e, portanto, são amplamente merecedores da nossa gratidão e do nosso carinho. Muito obrigado a todos e beijos em cada um!

Em seguida, os colegas docentes que apoiaram a ideia desde o início, a começar pela querida Guaracira Gouvêa, que sempre me alertou com a frase: “Leo, nós precisamos fazer a informação circular”! Eis aqui, querida mestra, o resultado de seu ensinamento. Um forte abraço. Nesta saudação fraterna à nossa colega, pretendo abraçar todos os demais que, estando dentro ou fora da UNIRIO, contribuíram com esse verdadeiro “salto no escuro”, num tempo obscuro, aos quais vamos resistindo com práticas afetivas, emoção e muito suor sincero, afinal é para a felicidade dos seres humanos que labutamos, o tempo todo!

Aos colegas da Biblioteca Central da UNIRIO, pela imensa paciência com nossa santa ignorância nos meandros das TIC. Entenderam desde o início que a iniciativa tinha fundamento, consistência, mas precisava de apoio e o forneceram de forma atenciosa. Temos orgulho de poder trabalhar com vocês!

A todos os técnicos administrativos da decania do CCH, companheiros de todas as horas, acolhedores desde o início e ouvintes incansáveis de um professor repleto de utopias transformadoras. O que seria deste centro sem cada um de vocês? Eu não faço a menor ideia, e por isso brigo pela permanência de todos! Obrigado, obrigado e obrigado, sempre!

Por fim, a companheira que “pegou o touro à unha” e o transformou em realidade. Aprendi com Patrícia Horvat o verdadeiro significado do ditado “tirar leite de pedra”, um leite cuja essência há de nos alimentar por todo o caminho de nossa existência! Minha eterna gratidão!  

Prof. Leonardo Villela de Castro.

         Decano do CCH 

 

Não verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

ARTIGOS V1 N1 2019

Editores
  • Nathalia Batista
  • Deborah Carvalho
  • Leonardo de Castro
  • Mariana Farias
  • Patricia Horvat
  • Gabriela Lins
  • Fylena Melo
  • Lohane Oliveira
  • Sonia Oliveira
  • Maria Sant’Angelo
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Processo de avaliação e aprovação dos dossiês:

O Conselho Editorial verificará se os dossiês propostos estão de acordo com o escopo da revista. Após a entrega dos dossiês aprovados, estes serão submetidos à avaliação cega por dois integrantes do Comitê Editorial ou serão enviados a dois pareceristas ad hoc, anônimos e necessariamente especialistas na área do dossiê em pauta, podendo, em caso de discordância de ambos, ser enviados a um terceiro. Para que o dossiê seja publicado é necessária sua aprovação por dois pareceristas. Quando necessário, o Comitê Editorial indicará revisões ou adequações e os dossiês retornarão aos proponentes para que realizem os ajustes e reapresentem seus dossiês já em conformidade com as solicitações. Será imprescindível à publicação do dossiê que eventuais alterações sugeridas sejam integralmente cumpridas pelos organizadores do dossiê e aceitas por pelo menos dois pareceristas.

O Comitê Editorial e o Conselho Consultivo poderão submeter suas apreciações aos Editores Chefe, que deliberarão sobre questões que porventura surjam em conjunto com a maioria absoluta do Comitê Editorial e/ou do Conselho Consultivo.

Para que os dossiês sejam publicados é imprescindível que estejam formatados e adequados às normas de publicação da revista e passíveis de serem inseridos no sítio gerenciado pela Biblioteca Central, uma vez que o corpo editorial da revista não contemplará as funções de revisão e formatação.

O Comitê Editorial se reservará o direito de escolher quando o dossiê será publicado, uma vez que é possível que mais de um dossiê seja aprovado para publicação em mesma época, tal que um ou mais dossiês aguardarão as próximas datas de publicação preferencialmente em ordem de apresentação das propostas.

O Comitê Editorial poderá também abrir chamada para um dossiê temático a qualquer tempo, indicando o tema a ser desenvolvido nos trabalhos. O Comitê Editorial poderá também manter chamada contínua para a apresentação de dossiês com temática à escolha dos Organizadores de dossiês discentes.

Submissão de artigos livres (Varia):

A aprovação de artigos submetidos à Humanidades em Revista seguirá o modelo de avaliação cega de dois pareceristas ad hoc, anônimos e necessariamente especialistas na área de conhecimento do artigo, podendo, em caso de discordância de ambos, ser enviados a um terceiro. Para que o dossiê seja publicado é necessária sua aprovação por dois pareceristas. Os pareceristas poderão recomendar ou exigir revisões ou adequações e os artigos poderão retornar aos proponentes para que realizem os ajustes e reapresentem seus artigos já em conformidade com as solicitações. Será imprescindível à publicação dos artigos que eventuais alterações exigidas sejam integralmente cumpridas pelos organizadores do dossiê e aceitas por pelo menos dois pareceristas.

 

Periodicidade

Semestral

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

“HUMANIDADES EM REVISTA” - Journal of the Human and Social Sciences Center (CCH) from UNIRIO in eletronic version.

 HUMANIDADES EM REVISTA” – Journal of the Centre of Humanities and Social Sciences (CCH) of UNIRIO.

Focus/Scope of the Journal:

“Humanidades em Revista” is published by the Centre of Humanities and Social Sciences of UNIRIO, enabling and supporting the dissemination of graduate and undergraduate scientific and academic activities developed at Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro and other academic, scientific and cultural institutions on Humanities and related fields, such as Linguistic Studies, Literature; Arts; Classics; Medieval Studies; Modern Studies; History of Science; Law; Archaeology; Memory; Psychology; Psychoanalysis; Education; Sociology and Philosophy.

Edited by CCH’s Direction this journal receives proposals (continuous calls) of dossiers and papers (Varia) selected from scientific and cultural events held by graduate and undergraduate students or other academic activities carried out by them. The proposals should be sent to the Editorial board following the author’s guidelines. The proposer(s) will be responsible for good practices in academic writing, and the typescripts should be sent already revised to the Editorial board. 

Humanidades em Revista also receives short notices in the section Maganize CCH on Conferences and other Academic events that will be held at the Centre of Humanities and Social Sciences of UNIRIO.

Humanidades em Revista is divided in two sections: 

Section 1: composed by the dossiers and Varia. Each issue can also include reviews of books published for a maximum of three (3) years.

Section 2: composed by the “Magazine CCH” disseminating academic, scientific and cultural events held by CCH-UNIRIO, may including its program, posters or other related materials, and a link to the video recordings.

Free Access Policy

This journal offers its content in a digital open free format which benefit from the cooperation of the Open Journal Systems (OJS), or SEER, and can be accessed through links by the CCH website and by the Biblioteca Central of UNIRIO’s repositorium.

The journal offers immediate free access to its content, following the principle that the provision of free scientific knowledge to the public provides greater global democratisation of knowledge, always within the limits of copyright and related legislation. Creative license is adopted [Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 4.0 International (CC BY-NC-ND 4.0) ", accessible at: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd / 4.0 / legalcode.pt], permitting the download and sharing of its contents for educational purposes, provided quotation of this journal and the author’s work. Any change of the contents of the papers or other materials of this journal and its use for commercial purposes are forbidden.

Process of submission 

Dossiers

UNIRIO’s students or staff members, as well as other universities and scientific and cultural centres should propose dossiers. Each dossier will have it’s own editorial team.

The proposals will be analysed and eventually accepted by the Editorial Board of "Humanidades em Revista". The editor of an approved dossier will be responsible for the edition, formatting and revision of its papers according to the author’s guidelines. The dossier in their final format will be re-evaluated by the Editorial Board and may be rejected if the guidelines are not followed or if there are serious changes between the previous proposal and the final product that threat the norms and scope of this journal. 

 

"Humanidades en revista" Revista discente del Centro de Ciencias Humanas y Sociales

"Humanidades en revista" Revista discente del Centro de Ciencias Humanas y Sociales - Periodico interdisciplinario y multidisciplinario del Centro de Ciencias Humanas de la Universidad Federal del  Estado de Río de Janeiro- UNIRIO.

Área del conocimiento

El periódico "Humanidades en revista" es interdisciplinario y multidisciplinario, comprendiendo las Ciencias Humanas y áreas afines a las Humanidades u otras áreas de conocimiento que propongan artículos con una interfaz con las Humanidades. Por ejemplo: Ciencias del Lenguaje, Letras y Artes, Historia Antigua y Medieval, Historia de las Ciencias y del Derecho, Arqueología, Memoria Social, Psicología y Psicoanálisis, Pedagogía, Sociología, Filosofía.

Creada en 2018, a partir de propuesta del Prof. Leonardo Vilela de Castro, de la Escuela de Educación de la UNIRIO, aprobada en la 16ª Reunión Ejecutiva del Centro de Ciencias Humanas y Sociales, celebrada el 5 de septiembre de 2017, y aprobada la 3ª Reunión Ordinaria del Consejo del Centro de Ciencias Humanas y Sociales, 1 de noviembre de 2017.

Público-objetivo

La revista tiene como objetivo a los estudiantes de graduación y de postgrado en Ciencias Humanas y áreas afines, comprendiendo también aquellos estudios e investigaciones realizados en otras áreas de conocimiento que presenten desdoblamientos en interfaz con el área de Humanidades en general. Su objetivo principal es estimular la publicación discente y divulgar los trabajos de investigación de los estudiantes, posibilitando el intercambio de ideas, el diálogo y el acceso a trabajos e investigaciones académicas en desarrollo, con el objetivo de favorecer la optimización de las investigaciones y la calificación de los estudiantes .

FOCO Y ALCANCE

La Revista discente "Humanidades en Revista" es una iniciativa del Centro de Ciencias Humanas y Sociales que se propone a viabilizar y apoyar la divulgación de trabajos de discentes de las Escuelas y Programas de Postgrado que integran el Centro de Ciencias Humanas de la Universidad Federal del  Estado de Río de Janeiro y de otras instituciones académicas dirigidas a la enseñanza e investigación en el área de Humanidades. 

Es un periódico gestionado por la Decania del CCH que recibirá propuestas para la publicación de expedientes temáticos y artículos libres oriundos de eventos académicos realizados por los estudiantes o en los que éstos sean los protagonistas. Los expedientes propuestos deberán ser enviados completos y formateados de acuerdo con las normas de publicación de la revista, después de una revisión realizada por el equipo que lo elaboró. La revista tiene como objetivo publicar, preferentemente, textos resultantes de los trabajos de discentes e investigadores de diferentes vínculos institucionales. Los trabajos que van a ser publicados pueden ser constituidos de resultados parciales o finales de sus investigaciones.

La revista será publicada en medio electrónico, en sitio hospedado en los servidores de la UNIRIO, con la cooperación del Sistema Electrónico de Editor de Revistas SEER (Open Journal Systems - OJS), pudiendo ser accedida por enlaces en la página del CCH y por el Portal de Periódicos de la Biblioteca Central de la UNIRIO.

El periódico semestral tendrá dos secciones:

Sección 1: subdividida en un dossier de artículos de discentes ("dossier") y artículos libres ("varía") y reseñas sometidas en respuesta a la llamada continua y pública;

Sección 2: compuesta por el "Magazine CCH", que consiste en una relación de eventos académicos realizados en el ámbito del CCH UNIRIO, que presentará actas, carteles, e indicará la conexión con las grabaciones en video en el canal Youtube.

PROCEDIMIENTO DE EVALUACIÓN POR LOS PARES

Procedimiento de evaluación y aprobación de los expedientes:

El Consejo Editorial verificará si los expedientes propuestos están de acuerdo con el alcance de la revista. Después de la entrega de los dossiers aprobados, éstos serán sometidos a la evaluación ciega por dos integrantes del Comité Editorial o serán enviados a dos pareceres ad hoc, anónimos y necesariamente especialistas en el área del dossier en pauta, pudiendo, en caso de desacuerdo de ambos, ser enviados a un tercero. Para que el dossier sea publicado es necesaria su aprobación por dos pareceristas. Cuando sea necesario, el Comité Editorial indicará revisiones o adecuaciones y los expedientes retornarán a los proponentes para que realicen los ajustes y vuelven a presentar sus expedientes ya de conformidad con las solicitudes. Será imprescindible a la publicación del expediente que eventuales cambios sugeridos sean cumplidos íntegramente por los organizadores del expediente y aceptados por al menos dos árbitros.

El Comité Editorial y el Consejo Consultivo podrán someter sus apreciaciones a los Editores Jefe, que deliberarán sobre cuestiones que surjan en conjunto con la mayoría absoluta del Comité Editorial y / o del Consejo Consultivo.

Para que los expedientes sean publicados es imprescindible que estén formateados y adecuados a las normas de publicación de la revista y pasibles de ser insertados en el sitio gestionado por la Biblioteca Central, una vez que el cuerpo editorial de la revista no contemplará las funciones de revisión y formato.

El Comité Editorial se reservará el derecho de elegir cuándo se publicará el expediente, ya que es posible que más de un dossier sea aprobado para su publicación en la misma época, tal que uno o más de los dos esperan las próximas fechas de publicación preferentemente en orden de presentación de las propuestas.

El Comité Editorial podrá también abrir una llamada a un expediente temático en cualquier momento, indicando el tema a ser desarrollado en los trabajos. El Comité Editorial podrá también mantener una llamada continua a la presentación de los expedientes con temática a la elección de los organizadores de los dos discursos.

Envío de artículos libres (Varia)

La aprobación de artículos sometidos a la Humanidad en Revista seguirá el modelo de evaluación ciega de dos árbitros ad hoc, anónimos y necesariamente especialistas en el área de conocimiento del artículo, pudiendo, en caso de desacuerdo de ambos, ser enviados a un tercero. Para que el dossier sea publicado es necesaria su aprobación por dos pareceristas. Los pareceristas podrán recomendar o exigir revisiones o adecuaciones y los artículos podrán volver a los proponentes para que realicen los ajustes y vuelven a presentar sus artículos ya de conformidad con las solicitudes. Será imprescindible para la publicación de los artículos que eventuales cambios exigidos sean cumplidos íntegramente por los organizadores del expediente y aceptados por al menos dos árbitros.

Tradução: Deborah Carvalho.

 

EDITORIAL N1 V1 2019

Humanidades em Revista

Editorial

Trazer a público a presente revista é um orgulho e, ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade. Estabelecemos um compromisso diante da comunidade acadêmica e abrimos mais um canal de debates e produções. Temos o dever de mantê-lo, melhorá-lo e ampliar a participação dos principais agentes de nosso maior compromisso de vida e trabalho: os alunos. A eles, sejam de graduação ou de pós-graduação, se destina prioritariamente este esforço.

Por isso, inicio os agradecimentos a todos os estudantes que contribuíram para esta produção, opinando e contribuindo em todas as etapas, nos ensinando a vasculhar e descobrir segredos dos programas e sites mas, principalmente, nos enchendo de esperança e energia para seguir adiante e não desistir do sonho. Sonharam e trabalharam muito junto conosco e, portanto, são amplamente merecedores da nossa gratidão e do nosso carinho. Muito obrigado a todos e beijos em cada um!

Em seguida, os colegas docentes que apoiaram a ideia desde o início, a começar pela querida Guaracira Gouvêa, que sempre me alertou com a frase: “Leo, nós precisamos fazer a informação circular”! Eis aqui, querida mestra, o resultado de seu ensinamento. Um forte abraço. Nesta saudação fraterna à nossa colega, pretendo abraçar todos os demais que, estando dentro ou fora da UNIRIO, contribuíram com esse verdadeiro “salto no escuro”, num tempo obscuro, aos quais vamos resistindo com práticas afetivas, emoção e muito suor sincero, afinal é para a felicidade dos seres humanos que labutamos, o tempo todo!

Aos colegas da Biblioteca Central da UNIRIO, pela imensa paciência com nossa santa ignorância nos meandros das TIC. Entenderam desde o início que a iniciativa tinha fundamento, consistência, mas precisava de apoio e o forneceram de forma atenciosa. Temos orgulho de poder trabalhar com vocês!

A todos os técnicos administrativos da decania do CCH, companheiros de todas as horas, acolhedores desde o início e ouvintes incansáveis de um professor repleto de utopias transformadoras. O que seria deste centro sem cada um de vocês? Eu não faço a menor ideia, e por isso brigo pela permanência de todos! Obrigado, obrigado e obrigado, sempre!

Por fim, a companheira que “pegou o touro à unha” e o transformou em realidade. Aprendi com Patrícia Horvat o verdadeiro significado do ditado “tirar leite de pedra”, um leite cuja essência há de nos alimentar por todo o caminho de nossa existência! Minha eterna gratidão!  

Prof. Leonardo Villela de Castro.

         Decano do CCH