Apoio Multicritério à Decisão para Priorização de Projetos de P&D: Um estudo de caso em empresa de óleo e gás

Bruno Candido Silva, Eber Assis Schmitz, Monica Ferreira Silva, Luis Alberto Duncan Rangel

Resumo


Este artigo se propõe a verificar a viabilidade de aplicação da análise multicritério como ferramenta de suporte à decisão em um portfólio de P&D com uma grande quantidade de projetos, múltiplas carteiras e um processo periódico de tomada de decisão. Realiza um estudo de caso na área de P&D de uma empresa de óleo e gás, utilizando a técnica de swing weighting para a ordenação e ponderação dos critérios e a teoria de utilidade multiatributo (MAUT) para ranquear os projetos. Os ranqueamentos obtidos por este processo foram apresentados aos responsáveis pelas carteiras de P&D, a fim de validar a aplicação e a utilidade do método. Os resultados do estudo de caso mostraram que o método é viável para o portfólio com as características descritas, tendo aprovação de todos os decisores entrevistados.


Palavras-chave


Suporte à decisão; análise multicritério; MAUT; swing weighting; portfólio de projetos; projetos de P&D.

Texto completo:

PDF (ONLINE FIRST)

Referências


Arratia M, N. M., F. López I, S. E. Schaeffer, e L. Cruz-Reyes. “Static R&D project portfolio selection in public organizations.” Decision Support Systems, 2016: 53-63.

Autor. “Google Drive.” Fontes de dados e ranqueamento dos projetos. 01 de nov. de 2018.

Behrens, J. “A Lack of Insight: An Experimental Analysis of R&D Managers’ Decision Making in Innovation Portfolio Management.” Creativity and Innovation Management 25, nº 2 (dez. 2015): 239-250.

Bhattacharyya, Rupak. “A Grey Theory Based Multiple Attribute Approach for R&D Project Portfolio Selection.” Fuzzy Information and Engineering 7, nº 2 (jun. 2015): 211-225.

Çağlar, Musa, e Sinan Gürel. “Impact assessment based sectoral balancing in public R&D project portfolio.” Socio-Economic Planning Sciences, 25 de Julho de 2018.

Clemen, Robert T, e Terence Reilly. Making Hard Decisions with Decision Tools. 3. Edição: Cengage Learning. Mason, OH, USA: South-Western, 2013.

Cooper, R G, S J Edgett, e E J Kleinschmidt. “Portfolio management for new product development: results of an industry practices study.” R&D Management 31, nº 4 (jan. 2001): 361-380.

Gareis, R. “Management by projects: the management approach for the future.” International Journal of Project Management 7, nº 4 (11 1989): 243-249.

Gomes, L. F. A. M. Teoria da Decisão. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

Gomes, L. F. A. M, e C. F. S Gomes. Tomada de decisão gerencial: enfoque multicritério. 5ª. São Paulo: Atlas, 2014.

Gomes, L. F. A. M, M. C. G Araya, e C Carignano. Tomada de Decisões em Cenários Complexos. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004.

Gonzaga, S, e A C Menezes. “Metodologia para Priorização de Projetos no Cenpes.” Rio de Janeiro, 1997.

Hammond, John S, Ralph L Keeney, e Howard Raiffa. “The Hidden Traps in Decision Making.” Harvard Business Review, Set-Out 1998.

Keeney, R L, e H Raiffa. Decisions with Multiple Objectives: Preferences and Value Tradeoffs. Cambridge: Cambridge University Press, 1993.

Kloc, D, e F Sidi. “Data: Foundation of Digital Transformation.” DellEMC Forum, Madrid, 2017.

LeGresley, P, et al. “1998/1999 AIAA Foundation Graduate Team Aircraft Design Competition: Super STOL Carrier On-board Delivery Aircraft.” American Institute of Aeronautics and Astronautics - Stanford University, Stanford, 2000.

Leite, L F. “Metodologia de Seleção, Avaliação e Priorização de Projetos Tecnológicos Inovadores.” Tese (Doutorado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Escola de Química / UFRJ, 2008, 210.

Leslio, J, e A Salo. “Scenario-based portfolio selection of investment projects with incomplete probability and utility information.” Helsinki University Technology, Systems Analysis Laboratory Research Report, Helsinki, 2008.

Magalhães, R F, L. A. D. Rangel, e C A Silva. “Utilização do Apoio Multicritério à Decisão para Avaliação de Órgãos de Fomento Pesquisa.” Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia. Rio de Janeiro, 2017.

Mankins, J C. “Technology Readiness Levels – A White Paper.” Office of Space Access and Technology, NASA., Washington, EUA, 1995.

Miranda, Z. “Sistema de inovação no setor aeronáutico: desafios e oportunidades para o Brasil.” Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), Brasília, 2016.

Mohagheghi, V., S. M. Mousavi, B. Vahdani, e M. R. Shahriari. “R&D project evaluation and project portfolio selection by a new interval type-2 fuzzy optimization approach.” Neural Computing and Applications, Dezembro de 2017: 3869–3888.

Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Manual de Frascati: Metodologia proposta para definição da pesquisa e desenvolvimento experimental. Rio de Janeiro: F-Iniciativas, 2013.

Osmundsen, Karen, Jon Iden, e Bendik Bygstad. “Digital Transformation: Drivers, Success Factors and Implications.” Mediterranean Conference on Information Systems (MCIS), 2018: 37.

Project Management Institute. The Standard for Portfolio Management. Fourth. Pennsylvania, EUA: Project Management Institute, Inc, 2017.

____. Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK). 6ª. Pennsylvania, EUA: Project Management Institute, Inc, 2018.

Rodriguez, M. V. R. “O Estabelecimento de Regras para a Priorização de Projetos de Tecnologia.” Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - COPPE/UFRJ, Rio de Janeiro, 2000, 299.

Roussel, P, K Saad, e N Bohlin. Pesquisa & desenvolvimento: Como integrar P&D ao plano estratégico e operacional das empresas como fator de produtividade e competitividade. Edição: Tradução José Carlos Barbosa dos Santos e revisão técnica Moysés Gedanke. São Paulo: Makron Books, 1992.

Saaty, T. L. The Analytic Hierarchy Process. New York: McGraw-Hill, 1980.

Salo, A, J Keisler, e A Morton. An Invitation to Portfolio Decision Analysis. Vol. 162, cáp. 1 em Portfolio Decision Analysis, por ____, edição: A Salo, J Keisler e A Morton, 409. New York: Springer, 2011.

Saramago, L. F. M. “Priorização de Proposições de Projetos de Pesquisa e Desenvolvimento na Petrobras: Uma análise comparativa entre os métodos Direct Rating e Swing Weighting.” Dissertação (Mestrado em Administração) - Faculdade de Administração e Economia, Ibmec, Rio de Janeiro, 2010, 68.

Tervonen, Tommi, Juuso Liesio, e Ahti Salo. “Modeling project preferences in multiattribute portfolio decision analysis.” European Journal of Operational Research 263, nº 1 (nov. 2017): 225-239.

Vecchio, P D, A D Minin, A M Petruzzelli, U Panniello, e S Pirri. “Big data for open innovation in SMEs and large corporations: Trends, opportunities, and challenges.” Creativity and Innovation Management 27, nº 1 (jul. 2017): 6-22.

Yamaguishi, S H. “Gestão da inovação na indústria farmacêutica no Brasil: estudo de múltiplos casos.” Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares, USP, São Paulo, 2014, 225.

Zeleny, M. “Strategy as Action: from Porter do Anti-Porter.” Int. J. Strategic Decision Sciences 1, nº 1 (2010): 1-22.

Zink, Olivia Silva. “Avaliação e seleção de projetos de P&D na Petrobras: Desenvolvimento de um modelo para o segmento de Abastecimento através da metodologia AHP.” Monografia (Especialização em Business Inteligence) - Departamento de Engenharia Elétrica da PUC/Rio, Rio de Janeiro, 2009, 70.




Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


iSys - Revista Brasileira de Sistemas de Informação - CESI/SBC
ISSN Eletrônico: 1984-2902