2. Cidades instáveis : Intervenção artística como experiência heterotópica do espaço urbano - Unstable cities: artistic intervention of urban space as heterotopic experience

Eloísa Brantes Mendes

Resumo


A arte em situação de intervenção desloca os signos de realidade para instaurar a própria vivência do espaço urbano como “lugar outro”, no qual a experiência estética suscitada implica numa reflexão política sobre a cidade: usos comuns do espaço público e emergência de coletividades temporárias. O artigo aborda a intervenção artística como possibilidade de re-inscrição da alteridade em espaços urbanos, articulando a noção de heterotopia (Michel Foucault) na emergência de contra-lugares temporários e o caráter participativo da arte contextual (Paul Ardenne) na análise de algumas obras-intervenções artísticas realizadas nos últimos anos na cidade do Rio de Janeiro.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2176-7017.2012.v4i2.%25p