A capoeira teatral (A capoeira angola como método de criação cênica em “Bodas de sangue”, de Federico García Lorca.)

Darío González Galo

Resumo


O presente projeto visa a investigação da Capoeira Angola como método de criação cênica no jogo de xadrez das partituras de movimento dramático. O jogo da Capoeira Angola constitui um xadrez de movimentos improvisados, no qual para cada ação lhe corresponde uma série de movimentos de reação. Esse diálogo não verbal, de pergunta e resposta, pode ser comparado com a dramaturgia de uma cena, que está repleta de ações e reações encadeadas. Analisando a estrutura de ações e reações de uma cena, de estratégias e obstáculos, podemos obter um esquema onde transladar uma partitura de movimentos da Capoeira Angola. Dessa forma, conseguimos transladar ao corpo a dramaturgia da cena, podendo posteriormente minimizar esses movimentos ficando somente com seus impulsos para que “preencham” as palavras, ou levá-los a uma expressão extra-cotidiana da cena. Esse projeto de investigação tem como base as AÇÕES através da criação de uma partitura física dramatúrgica da cena e do personagem. A idéia deste projeto é trabalhar com uma partitura física que esteja diretamente relacionada com a dramaturgia da cena, da peça e do personagem. Um elemento fundamental que a Capoeira Angola contribui ao trabalho de criação cênica é o auto-conhecimento a partir do comportamento, a partir da expressão corporal, da psicologia do corpo. É mais difícil mentir com o corpo do que com as palavras. Isso nos ajuda na construção do personagem através do ritmo, da expressão corporal (expressividade) e o nível de energia. A Capoeira Angola permite chegar a psicología do personagem através da expressividade do corpo, através da dramaturgia do movimento (análise ativa) e a imaginação (imagem e ação). A partir do jogo de xadrez do diálogo corporal improvisado da Capoeira Angola, criaremos uma partitura de ações com movimentos de defesa e ataque. O desenvolvimento da investigação, a partir dos exercícios e resultados obtidos, inclui realizar uma montagem teatral baseada em “BODAS de SANGUE”, de Federico García Lorca, uma peça clássica do teatro espanhol e universal que possui uma peculiar linguagem poética ideal para a encarnação das imagens da história através do corpo.

Texto completo:

PDF