Informação para Autores

FORMATAÇÃO GERAL DO MANUSCRITO
FORMATO: “.doc”;
FOLHA: Tamanho A4;
MARGENS: 2,5 cm nas quatro margens;
FONTE: Trebuchet MS; fonte 11 (incluindo tabelas e referências). Para citação direta com mais de 3 linhas, utilizar fonte 10.
ITÁLICO: Somente para palavras ou expressões em idioma diferente do qual o manuscrito foi redigido ou em transliteração de depoimentos.
NOTAS DE RODAPÉ: a partir da segunda página, usar os seguintes símbolos e nesta sequência: †,‡,§,††,‡‡, §§, †††, etc.
ESPAÇAMENTO: Duplo no decorrer do manuscrito, inclusive no resumo.
Simples para título, descritores, citação direta com mais de três linhas e em transliteração de depoimento.
LIMITE DE PALAVRAS CONFORME CATEGORIA DE ARTIGO (incluindo referências):
1. Editorial – Limite máximo de 600 palavras;
2. Artigos originais – Limite máximo 4500 palavras;
3. Revisão – Limite máximo de 5000 palavras;
ANÁLISE DE PLÁGIO
A partir de Janeiro de 2019, uma nova etapa será inserida no processo de revisão dos manuscritos. Um software irá avaliar a questão de plágio, tendo os seguintes resultados:
– Até 25% de plágio – será enviada uma carta aos autores, contendo orientações e recomendações;
– Mais de 50% de plágio – será realizada a captação dos autores e da instituição, sendo cumpridas as questões e deveres éticos em relação aos trabalhos científicos
ESTRUTURA DO MANUSCRITO
1. Título (Português,Inglês, Espanhol)
2. Resumo (nos 3 idiomas do título)
3. Descritores (nos 3 idiomas do título)
4. Introdução
5. Metodologia
6. Resultados
7. Discussão
8. Considerações finais/conclusão
9. Referências
OBS: AGRADECIMENTOS, APOIO FINANCEIRO OU TÉCNICO, DECLARAÇÃO DE CONFLITO DE INTERESSE FINANCEIRO E/OU DE AFILIAÇÕES:
➢ É responsabilidade dos autores as informações e autorizações relativas aos itens mencionados acima;
➢ Deverá contar em uma nova seção, logo após a conclusão. Citar o número do edital ao qual a pesquisa está vinculada.
FORMATAÇÃO DA ESTRUTURA DO MANUSCRITO
O manuscrito não poderá ter a identificação dos autores, esta identificação deverá estar somente na página de identificação.
As palavras “RESUMO”, “DESCRITORES”, “INTRODUÇÃO”, “MÉTODO”, “RESULTADOS”, “DISCUSSÃO”, “CONSIDERAÇÕES FINAIS/CONCLUSÃO”, “REFERÊNCIAS” e demais que iniciam as seções do corpo do manuscrito devem ser digitadas em CAIXA ALTA, NEGRITO E ALINHADAS À ESQUERDA.
TÍTULO
Deve aparecer nos 3 idiomas do Resumo;
Tem limite de 16 palavras;
CAIXA ALTA, NEGRITO, ESPAÇAMENTO SIMPLES E CENTRALIZADO.
RESUMO
Incluir, de forma estruturada, informações de acordo com a categoria do artigo. Inclui: objetivo, método, resultados e conclusão.
Texto limitado a 150 palavras, no idioma no qual o artigo foi redigido;
Não poderão conter abreviaturas, nem siglas.
DESCRITORES
Apresentados imediatamente abaixo do resumo e no mesmo idioma deste, sendo a palavra “descritores” em: CAIXA ALTA E EM NEGRITO;
Inserir 5 descritores, separando-os por ponto e vírgula, e a primeira letra de cada descritor em caixa alta;
Os descritores devem identificar ou refletir os principais tópicos do artigo;
Preferencialmente, as palavras utilizadas nos descritores não devem aparecer no título;
Para determiná-los, consultar a lista de Descritores em Ciências da Saúde (DECS) → http://decs.bvs.br; Lembrar de clicar em: “Descritor Exato”.
Também poderão ser utilizados descritores do Medical Subjetc Headings (MeSH) → www.nlm.nih.gov/mesh/MBrowser.html.
Espaçamento simples entre linhas, conforme exemplo:
DESCRITORES: Educação; Cuidados de enfermagem; Aprendizagem; Enfermagem; Ensino.
INTRODUÇÃO
Deve conter justificativa, fundamentação teórica e objetivos. A justificativa deve definir claramente o problema, destacando sua importância, lacunas do conhecimento, e o referencial teórico utilizado quando aplicável.
METODOLOGIA
Deve conter o método empregado, período e local em que foi desenvolvida a pesquisa, população/amostra, critérios de inclusão e de exclusão, fontes e instrumentos de coleta de dados, método de análise de dados.
Para pesquisa que envolva seres humanos os autores deverão explicitar a observação de princípios éticos, em acordo com a legislação do país de origem do manuscrito, e informar o número do parecer de aprovação por Comitê de Ética em Pesquisa de acordo com a legislação vigente.
Ressalta-se a importância da inserção do Parecer do Comitê de Ética na sessão “documentação suplementar”, no ato da submissão do artigo.
RESULTADOS
Informações limitadas aos resultados da pesquisa. O texto deve complementar informações contidas em ilustrações apresentadas, não repetindo os dados.
Inserir sempre o valor de “n” e a porcentagem entre parênteses. Lembrando que n abaixo de 10 deverá estar escrito por extenso e igual ou acima de 10 deverá ser numérico.
Exemplo: “Dos 100 participantes, 15 (15%) referiram melhora do quadro e seis (6%) referiram piora”.
DISCUSSÃO
Apresentação de aspectos relevantes e interpretação dos dados obtidos. Relação e discussão com resultados de pesquisas, implicações e limitações do estudo. Não devem ser reapresentados dados que constem nos resultados.
CONCLUSÕES OU CONSIDERAÇÕES FINAIS
Destacar os achados mais importantes, comentar as limitações e implicações para pesquisas futuras;
Fundamentadas nos objetivos, resultados e discussão, evitando afirmações não relacionadas ao estudo e/ou novas interpretações. Incluir as contribuições do estudo realizado.
AGRADECIMENTOS
Destinar nesta seção os agradecimentos as agências de financiamentos ou organizações que de alguma forma contribuirão para a realização do estudo.
Não se aplica agradecer pessoas ou autores que colaboraram na pesquisa.
REFERÊNCIAS
As referências devem ser numeradas consecutivamente na ordem em que aparecem no texto pela primeira vez, e apresentadas de acordo com o estilo Vancouver.
Limite máximo de 30 referências;
Exclusivamente, para Artigo de Revisão, não há limite quanto ao número de referências;
Sugere-se incluir referências atuais e estritamente pertinentes à problemática abordada, evitando número excessivo de referências em uma mesma citação;
Artigos disponíveis online devem ser citados segundo normas de versão eletrônica;
ANEXOS
Os anexos, quando indispensáveis, devem ser citados no texto e inseridos após as referências.
ORIENTAÇÕES PARA ILUSTRAÇÕES
Por ilustrações entendem-se tabelas, quadros e figuras (gráficos, diagramas, fotos).
São permitidas, no máximo, 5 ilustrações as quais devem ser numeradas consecutivamente, em algarismos arábicos
Devem ser indicadas no texto com a primeira letra maiúscula.
Exemplo: Tabela 2, Quadro 1, Figura 3.
A fonte das informações da ilustração, quando resultante de outra pesquisa, deve ser citada e constar nas referências
Tabelas e quadros
Dimensão máxima de 22 cm de altura por 16,5 cm de largura
Utilizar traços internos somente abaixo e acima do cabeçalho e, na parte inferior da tabela;
Não devem apresentar nem linhas verticais e horizontais no interior da tabela
Devem ser inseridas o mais próximo possível da indicação, e desenhadas com ferramenta apropriada do Microsoft Word for Windows 98® ou compatíveis.
Utilizar fonte Trebuchet MS, tamanho 11, espaçamento simples entre linhas.
O título de tabelas e quadros deve ser colocado imediatamente acima destes, com espaçamento simples, sem negrito. Seguindo os exemplos abaixo:
Exemplo 1: Quadro 1 – Intervenções de enfermagem. Belo Horizonte, MG, Brasil, 2010 (Sem ponto final)
Exemplo 2: Tabela 1 – Características socioeconômicas de gestantes portadoras de diabetes mellitus tipo II. Curitiba, PR, Brasil, 2015 (Sem ponto final)
Figuras (Gráficos, Diagramas, Fotos)
Dimensão máxima de 22 cm de altura por 16,5 cm de largura.
Devem ser apresentadas no texto, o mais próximo possível da indicação, e anexadas em arquivo separado, com qualidade necessária à publicação. Preferencialmente, no formato JPEG, GIF ou TIFF, com resolução mínima de 300 dpi.
O título da figura deve ser colocado imediatamente abaixo desta, separado por ponto do nome da cidade, estado, país e ano. Esses últimos separados por vírgula e sem ponto final.
Exemplo: Figura 1 – Estilos de liderança segundo a Teoria do Grid Gerencial. São Paulo, SP, Brasil, 2011
Não são publicadas fotos coloridas e fotos de pessoas (exceto as de acesso público, já publicadas).
ORIENTAÇÕES PARA CITAÇÕES E DEPOIMENTOS
1) Citação indireta ou paráfrase
Informar o número da referência imediatamente ao término do texto, sem espaço, entre parênteses, e antes do sinal gráfico.
Exemplo: O enfermeiro contribui para a prevenção de condições incapacitantes1.
2) Citação sequencial/intercalada
Separar os números de cada referência por traço, quando for sequencial.
Exemplo: 8-10 – a informação refere que as referências 8, 9 e 10 estão inclusas.
Separar os números de cada referência por vírgula, quando for intercalada.
Exemplo: 8,10 – a informação refere que as referências 8 e 10 estão inclusas.
3) Citação direta com até três linhas
Inserida no corpo do parágrafo e entre aspas. O número e página correspondentes à citação literal devem constar sobrescritos, entre parênteses e separados por dois pontos.
Exemplo: 8:13 – a informação se refere à referência 8, página 13.
4) Citação direta com mais de três linhas
Constar em novo parágrafo, justificado à direita e com recuo de 4 cm da margem esquerda, digitada em fonte Trebuchet MS 10, espaço simples entre linhas, sem aspas.
O número e página correspondentes à citação direta devem constar sobrescritos, entre parênteses e separados por dois pontos.
Exemplo: (8:345-6) o número 8 se refere à referência e o 345-9 às páginas.
5) Depoimento
A transliteração de depoimento deverá constar em novo parágrafo, digitada em fonte Trebuchet 11, itálico, com espaçamento simples entre linhas, sem aspas.
Comentários do autor devem estar entre colchetes e sem itálico.
A identificação do sujeito deve ser codificada (explicar a codificação na metodologia), entre parênteses, sem itálico e separada do depoimento por ponto.
Exemplo: [Comunicação] é você expressar algo, dizer alguma coisa a alguém é o ato de se comunicar […]. (Familiar 2)