A METAPSICOLOGIA DO RECALQUE

Autores

  • Roberto Lopes Mendonça
  • Daniela Paula de Couto
  • Cassiano Carlos Antônio de Oliveira
  • Felipe Alcides Gonçalves Ribeiro
  • Geane Moares Coelho
  • Elizabeth Fátima Teodoro
  • Carlos Eduardo Rodrigues

DOI:

https://doi.org/10.9789/1679-9887.2018.v16i1.142-164

Resumo

RESUMO
O presente artigo objetiva retomar o conceito de recalque em suas perspectivas tópica, econômica e dinâmica por meio de uma pesquisa das obras freudianas. Para tal discussão, utilizou-se a investigação teórica e a leitura comparada de diversas traduções da obra freudiana. A partir desse retorno investigativo foi possível verificar que o recalque é um processo que afeta as representações na fronteira entre os sistemas Ics. e Pcs-Cs. O processo como um todo é complexo e necessita das três perspectivas para seu entendimento. Nesse sentido, o conceito de recalque se constitui omo um dos mais importantes, pois ele estrutura o psiquismo e organiza o circuito dos conflitos pulsionais no interior do aparelho psíquico.

PALAVRAS-CHAVE: Recalque. Tópica. Econômica. Dinâmica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-04

Como Citar

LOPES MENDONÇA, R.; DE COUTO, D. P.; ANTÔNIO DE OLIVEIRA, C. C.; GONÇALVES RIBEIRO, F. A.; MOARES COELHO, G.; FÁTIMA TEODORO, E.; RODRIGUES, C. E. A METAPSICOLOGIA DO RECALQUE. Psicanálise & Barroco em Revista, [S. l.], v. 16, n. 1, p. 142–164, 2018. DOI: 10.9789/1679-9887.2018.v16i1.142-164. Disponível em: http://seer.unirio.br/psicanalise-barroco/article/view/7960. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos Livres