VIDA RURAL DE COLONOS DE ERECHIM (RS), BRASIL, EM TORNO DA DÉCADA DE 1960

Arno Rieder

Resumo


O homem, para perpetuar a humanidade, revisa atos e posturas, para melhorar as condições atuais. Corrige erros e enaltece acertos. Interações passadas do homem no ambiente iluminam rumos à práticas mais sustentáveis. Descreve-se o contexto vivido por colonos e suas ações, na comunidade Rio Negro, Erechim (RS), Brasil, em torno de 1960. Registra-se esta história, extraída da memória vivenciada. Os registros são ricos e pretendem provocar reflexões comparativas das situações passado-presente com relação a sustentabilidade e do potencial de impacto sócio-econômico e ambiental. Levam a concluir que a agricultura praticada por aqueles colonos, naquela época, pode nos propiciar, além dos registros históricos, proveitosos ensinamentos, inclusive agroecológicos.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2017 RAÍZES E RUMOS