A Implementação de Cursos de Licenciatura em Música: um estado do conhecimento

Ana Paula Silva da Silva Amaral

Resumo


Este artigo apresenta resultados parciais de uma pesquisa de mestrado que vem sendo desenvolvida no Programa de Pós-Graduação Música em Contexto da Universidade de Brasília – UnB e tem como objetivo aproximar-se da produção de conhecimento acerca da criação/implementação de cursos de licenciatura (formação inicial de professores) em música por meio das teses e dissertações dos Programas de Pós-graduação. O interesse deu-se a partir da inserção da autora como docente no curso de Licenciatura em Música recentemente implementado na Universidade do Estado do Amapá e sua participação no processo de construção do Projeto Político Pedagógico e organização do currículo desta licenciatura. A fundamentação teórico-metodológica está ancorada nos estudos sobre Estado da Arte e Estado do Conhecimento que buscam conhecer sobre determinado tema, selecionando um determinado período de tempo e, consequentemente, submetidos a uma organização sistemática e analítica. Apesar do reduzido número de trabalhos encontrados - apenas 15 estudos entre teses e dissertações, verificou-se que a temática se mostra atual, onde revelaram-se diferentes resultados em relação a implementação da licenciatura/formação de professores e entre estes resultados, destacaram-se: as problemáticas em torno da formação do professor atuante na licenciatura, a articulação entre as disciplinas técnico-científicas, as disciplinas pedagógicas, com as peculiaridades da educação básica, há ainda indicação de uma proposta de inovação curricular, pautada na interdisciplinaridade. Assim, este estado do conhecimento se estabelece como ponto de partida para o desenvolvimento da pesquisa de mestrado sobre a Implementação de Cursos de Licenciatura em Música, com intuito de trazer contribuições para a Licenciatura em Música estudada e para a pesquisa em Educação Musical.

Texto completo:

PDF