Violão online: encontrando caminhos para superar desafios

Hélio da Silva Júnior

Resumo


Este artigo apresenta parte de uma pesquisa desenvolvida no curso de mestrado profissional em ensino das práticas musicais na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e visa a relatar algumas etapas do processo de desenvolvimento de uma plataforma de ensino de violão a distância, para professores da educação infantil denominada: Violão Online. A metodologia qualitativa (MAZZOTTI, 1999) teve como amostragem os alunos da disciplina Violão, do curso de Licenciatura em Música do Instituto Federal Fluminense Campus Campos-Guarus. Objetiva relacionar as principais dificuldades enfrentadas no processo de ensino-aprendizagem do instrumento e os caminhos percorridos para solução dos desafios apresentados. O referencial teórico está apoiado em autores que discutem o ensino de música a distância (GONH 2011) e (ALARCON 2015) e as possibilidades metodológicas para educação musical (FONTERRADA 2012). Utilizamos como referência para o desenvolvimento da plataforma, como fonte de consulta, dicionários de acordes cifrados, (CHEDIAK 1984) e ( MOREIRA 2010), relatos de processos de ensino de violão, (RODRIGUES 2007) e (ULLER 2012), além do levantamento de tonalidades e progressões utilizadas na música popular, (CARLTON 2012), e adaptações da técnica pianística de domínio espacial do teclado, (MUNIZ 2012). Espera-se que os dados demonstrados nesta pesquisa contribuam para a reflexão sobre o ensino do violão ou de outros instrumentos musicais, vivenciados nos cursos de licenciatura em música que oferecem disciplinas a distância.

Texto completo:

PDF