Uso pedagógico de feedback adicional gerado por tecnologia no ensino e aprendizagem de piano de nível avançado: um estudo de caso

Luciana Fernandes Hamond

Resumo


Há evidências de que a aplicação de tecnologia pode ser benéfica no ensino e aprendizagem de instrumento e voz de nível avançado. Estudos relatam que a complexidade que a performance musical envolve pode ser verificada pela representação gráfica de performances musicais. No entanto, o que ainda precisa ser investigado é como a tecnologia pode ser usada sistematicamente em uma aula de piano de nível avançado. Um estudo de caso foi realizado no Brasil, com o objetivo de avaliar o uso pedagógico de feedback adicional gerado por tecnologia no ensino e aprendizagem de piano de nível superior. Os participantes consistiram em três pares formados por professores e respectivos alunos, de nível de graduação, e a pesquisadora (a autora), a fim de aprimorar a performance de uma peça do repertório de cada aluno em duas aulas de piano. Os dados foram coletados em três fontes: vídeos das aulas, entrevistas com os participantes e informações geradas pela tecnologia. A tecnologia aplicada na aula envolveu o uso de piano digital, conectado a um computador portátil com uso de digital audio workstation software com musical instrument digital interface. Os dados das observações e das entrevistas foram analisados tematicamente, tendo-se como ferramenta um software de análise de dados qualitativos. A análise temática sugere que feedback adicionais (auditivos e visuais) foram gerados por tecnologia em tempo real e post-hoc (playback), além dos tipos de feedback verbal e não verbal, providos pelos participantes. O feedback adicional parece deixar o foco da aula mais claro, diminuindo assim as diferenças de perspectivas de professores e alunos sobre as prioridades de aprendizagem na aula de piano. Apesar de os feedback auditivo e visual adicionais terem sido gerados por tecnologia, simultaneamente os pares participantes evidenciaram possuir preferências individuais quanto ao uso de feedback auditivo ou feedback visual.

Texto completo:

PDF