Uma pesquisa sobre o ensino de canto popular no Brasil

Clara Sandroni

Resumo


O ensino de canto popular no Brasil é um fenômeno relativamente recente, e sua entrada nas universidades brasileiras tem acompanhado, de forma não linear, a entrada do ensino de música popular nessas instituições. Até 2009 foram detectados nove cursos de graduação com ensino de canto popular em seus currículos (QUEIROZ, 2009). Atualmente o número de universidades federais que oferecem ensino de canto popular em seus cursos de música é superior a quinze. Minha pesquisa de doutorado tem como objeto de estudo o ensino de canto popular no Brasil e nesse artigo pretendo informar sobre o andamento deste trabalho. Também serão expostos aqui alguns dos motivos e percalços da escolha deste objeto de estudo. As propostas metodológicas e teóricas que estou utilizando serão apresentadas de forma sucinta e farei uma descrição das etapas da pesquisa já cumpridas além de expor os passos das próximas fases. A investigação está sendo feita por meio de entrevistas com professores de canto popular que atuam em instituições ou de forma independente (aulas particulares); em observação participante no Grupo de Estudos da Voz do Rio de Janeiro (GEV-RJ); e na leitura de textos acadêmicos e outros. A pesquisa realizada até agora tem revelado que a oferta de ensino de canto popular a nível institucional tem crescido nos últimos 15 anos e que o interesse por esse tema também tem crescido no meio acadêmico. Para realizar essa investigação estão sendo adotadas as teorias e as propostas metodológicas referentes ao conceito de “campo” de Pierre Bourdieu.

Texto completo:

PDF