Além da nostalgia na Game Music: uma análise reflexiva a partir de entrevistas

Schneider Souza

Resumo


Este artigo se trata de uma reflexão sobre entrevistas realizadas na pesquisa de campo,2 na qual uma etnografia virtual3foi realizada no site de compartilhamento de vídeos YouTube com músicos que tocavam e fãs que consumiam Game Music. Na dissertação foram abordados aspectos relacionados ao sentimento de nostalgia apresentado pelos participantes (músicos e fãs) e também sobre a experiência estética envolvida no processo de apreciação dos vídeos (Souza 2014). Entretanto, algumas questões, provenientes dos dados obtidos, não foram trabalhadas na dissertação. Destacamos aqui, portanto, uma análise sobre as entrevistas que tenta ir além daquilo que foi tratado na pesquisa do mestrado. Dentro do paradigma das etnografias, que se fundamentou a partir da influência de Malinowski (1976) na antropologia,4 podemos perceber que os estudos de etnomusicologia têm assumido uma perspectiva cada vez mais antropológica ao dar mais valor às questões propostas pelo próprio campo. Muitos etnomusicólogos encontram uma realidade em campo composta por diversas questões que vão além daquelas encontradas nas propostas de sua pesquisa, mas que, por questões de objetividade acadêmica, tempo ou desinteresse, acabam não as abordando em suas comunicações ou artigos. O problema é que estas questões deixadas de lado também poderiam contribuir de maneira significativa para a pesquisa ou para os estudos sobre o tema. Neste sentido, acreditamos que este artigo possa ser útil para os estudos de Game Music por se tratar de uma tentativa de ressaltar questões relevantes para o tema.

Texto completo:

PDF