George Marinuzzi: resgate da memória de um músico mineiro

Paula Cordeiro

Resumo


Este trabalho apresenta um levantamento de dados biográficos do violinista, compositor, professor e maestro George Marinuzzi, incluindo aspectos sobre sua carreira e vida. Neste artigo encontra-se um recorte da dissertação de mestrado em andamento de título “A coleção de Seis Peças para Principiantes para violino e piano de George Marinuzzi como material suplementar ao repertório do método Suzuki”, sendo o presente trabalho referente a parte biográfica da pesquisa. George Marinuzzi foi uma importante personalidade no cenário artístico mineiro do século XX. Entre suas diversas atuações como músico estão a elaboração de materiais de grande importância para a pedagogia do violino no Brasil e seu pioneirismo na escola de violino mineira. Marinuzzi foi o primeiro catedrático de violino do Conservatório Mineiro de Música, que mais tarde veio a se tornar a Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais. Suas composições têm como foco violinistas de nível iniciante e surgiram a partir das necessidades didáticas do compositor-professor durante sua atuação nas instituições por onde passou. Apesar de suas relevantes colaborações no meio artístico, o nome do músico quase não é citado pela comunidade violinística brasileira. Agravando a situação, pouquíssimas fontes de informação biográfica podem ser encontradas a respeito de Marinuzzi na literatura formal, suscitando a necessidade de compilação, organização e publicação de materiais biográficos raros. O objetivo central deste trabalho consiste em contribuir para o resgate da memória de George Marinuzzi e desencadear interesse nas obras deste músico. Para realizar a tarefa que este trabalho se propõe, uma vasta pesquisa exploratória e investigativa foi realizada, pesquisa esta que só foi possível através da colaboração dos filhos do violinista-compositor-pedagogo. A pesquisa foi realizada no acervo pessoal da família Marinuzzi, onde foram encontrados vários documentos e manuscritos em risco de iminente perda, uma vez que se tratavam de cópia única.

Texto completo:

PDF