Reflexões iniciais sobre conceitos de Leonard Meyer e a improvisação jazzística

Caio Márcio Ferreira Chaves dos Santos

Resumo


O projeto a seguir apresenta as reflexões iniciais sobre uma investigação do discurso musical em improvisação, através da qual pretendemos fornecer ao improvisador ferramentas específicas para a ampliação de seus recursos em performance. A partir de uma perspectiva interdisciplinar, do performer (práticas interpretativas) enquanto criador (linguagem e estruturação musical), procuraremos examinar instrumentistas e propor modelos de criação sob orientação da semiótica musical de Leonard Meyer. Nosso principal objetivo é levantar conhecimentos que sejam aplicáveis no âmbito prático da performance, respaldando e estimulando novas direções em improvisação, não pelo investimento em novos materiais (frases, incisos, etc.), mas por rearticulações direcionadas do que já se encontre sob domínio do improvisador.

Texto completo:

PDF