Choro e fraseado — notação, regras e interpretação

Mário Sève

Resumo


Este artigo tem o objetivo de investigar questões relacionadas à notação musical para a interpretação do gênero choro. Para isso, são abordados relatos de musicólogos sobre os estilos do jazz e da música barroca, além do choro. Entre as pesquisas citadas no quadro teórico estão as de Nikolaus Harnoncourt, Jean-Claude Veilhan, Frederick Neumann, Nicolas Cook, Ingrid Monson, James Thurmond, Pedro Aragão, Laura Rónai e Andréa Ernest Dias. Recorrente em tratados barrocos, o termo “regras” aqui utilizado aponta para um grupo de procedimentos relativos à interpretação de um estilo musical.

Texto completo:

PDF