Habilidades fundamentais para o regente de coro amador: pluralidade musical, liderança e consciência do coletivo

Paula Castiglioni

Resumo


Este trabalho é parte integrante da dissertação de mestrado intitulada “Qualificação Artística de Coros Amadores”, iniciada em 2015, cujo objetivo principal é pesquisar elementos essenciais que forneçam subsídios úteis ao regente a fim de trabalhar artisticamente e de modo eficaz com coros amadores. O método utilizado na elaboração deste texto foi baseado em uma revisão bibliográfica de caráter exploratório, relacionando a literatura com a prática da regência coral. O texto aborda as múltiplas responsabilidades musicais de um regente e apresenta a problemática do acúmulo de funções que ele geralmente executa. Na introdução, a autora trata da importância de se obter consciência sobre a alta exigência musical desta profissão, cita tarefas intrínsecas ao cotidiano de um regente, a necessidade de realizá-las com plena competência e os esforços contínuos para atingi-las. A seguir, descreve estratégias para o profissional se capacitar, estabelecendo nos encontros com o coro, organização, comunicação eficiente, administração funcional e um resultado sonoro coeso, demonstrando segurança musical e promovendo crescimento coletivo. Propõe-se aqui, ao regente, que, através do planejamento detalhado de ensaios, capacitação pedagógica, aprimoramento da liderança e investimentos na qualidade vocal do coletivo sonoro, ele alcance resultados satisfatórios em relação à qualificação artística gradual do coro em que atua.

Texto completo:

PDF