OURO PRETO - IMPACTOS DA ATIVIDADE TURÍSTICA EM UMA CIDADE TOMBADA

Autores

  • Carolina da Graça Sandoval Unirio
  • Jéssica Silva Arruda Unirio
  • Nathália Cabral Santos Unirio

Resumo

Resumo O conceito de Patrimônio sofreu radicais mudanças ao longo da História, e, sobretudo nas últimas décadas vem sendo largamente discutido até mesmo fora dos domínios acadêmicos. Atualmente, o instinto pela preservação dos bens históricos e heranças culturais não se restringem aos academicistas; órgãos públicos estão cada vez mais atentos à questão e grande parte da própria sociedade está consciente e, quando necessário, pronta para cobrar a recuperação e manutenção dos elementos que acreditem ser parte da sua identidade cultural. Neste contexto de valorização e popularização do conceito de patrimônio, sobretudo o material, escolhemos a cidade de Ouro Preto, um dos redutos brasileiros de maior herança histórico-culturais e jóias arquitetônicas, declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. Pretendemos analisar os impactos da atividade turística, que por muitas vezes tem sido propulsora da preservação do patrimônio, gerados para uma cidade colonial que é um bem histórico de todo o mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-11-06

Como Citar

Sandoval, C. da G., Arruda, J. S., & Santos, N. C. (2009). OURO PRETO - IMPACTOS DA ATIVIDADE TURÍSTICA EM UMA CIDADE TOMBADA. Itinerarium, 2. Recuperado de http://seer.unirio.br/itinerarium/article/view/398

Edição

Seção

Editorial