A DANÇA DEGENERADA – UM ESTUDO DA POÉTICA DO TOCAR ENTRE MATÉRIAS

Main Article Content

Paola Vasconcelos Silveira

Resumo

O presente trabalho é uma pesquisa de doutorado que está iniciando no Programa de Pós-Graduação da UNIRIO. O objetivo é compreender de que forma se (des)constrói uma dança degenerada, a partir do evento–movimento perpassado pelo ato de tocar entre materialidades. A proposta surge de estudos anteriores da autora no universo da dança de salão, a qual vem problematizando o sistema de condução e os papéis de gênero delimitados nessa dança. Sendo assim, opta-se por uma dança a dois sob o viés do diálogo e a partir das provocações queer presentes no universo do tango. Desse modo, pretende-se criar experimentos práticos tendo como norteador o toque para pensar as relações entre os corpos e as materialidades. A abordagem metodológica dessa pesquisa se baseia no campo das pesquisas em dança e na etnografia pós-moderna. Serão utilizados como materiais de coleta de informações: o diário de bordo, realizado pela autora durante os espaços de prática, registro em vídeo e foto dos experimentos, e ainda entrevistas semi-estruturadas com artistas do movimento queer na dança.
Palavras-chaves: dança de salão queer; dança de salão; diálogo; materialidade

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Silveira, P. V. (2017). A DANÇA DEGENERADA – UM ESTUDO DA POÉTICA DO TOCAR ENTRE MATÉRIAS. Cadernos Virtuais De Pesquisa Em Artes Cênicas, 1(2), 224–228. Recuperado de http://seer.unirio.br/pesqcenicas/article/view/6709
Seção
XVII Colóquio
Biografia do Autor

Paola Vasconcelos Silveira, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Paola de Vasconcelos Silveira, doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas; linha de pesquisa Performances: Corpos, Imagens, Linguagens e Culturas – PCI Orientador/a: Charles Feitosa. Contato: lolarte.14@gmail.com