Fabricação artesanal de sabão caseiro a partir do reuso do óleo de cozinha: práticas de economia verde e educação ambiental

Autores

  • Thiago Fernandes Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA http://orcid.org/0000-0001-7667-355X
  • José Murilo Mendes Júnior Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA
  • Antônia Fabiana da Costa Sá Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA
  • Vanessa Rodrigues de Oliveira Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA

Resumo

O reaproveitamento de resíduos ainda é considerado uma prática mínima pela sociedade, uma vez que os efeitos negativos causados pela disposição irregular na natureza aumentaram em uma escala exorbitante. O objetivo desse trabalho foi fabricar sabão no formato em barras e líquido a partir da reuso do óleo de cozinha. Na experimentação, foi avaliado a opinião do público a partir do nível de aceitabilidade dos produtos. Resultados evidenciaram que o sabão em barras expôs um aroma agradável e consistência considerada “mais macio” que os industrializados. Notoriamente, 76,19% dos participantes evidenciaram que o sabão líquido possui uma consistência também considerada agradável. Em relação aos aromas adicionados nas amostras do sabão líquido, 85,71% comentaram que o de flores foi o mais intenso e preferido e 14,19% consideraram o aroma limão como o predileto. Portanto, conclui-se é preciso incentivar as ações ambientais, principalmente no tocante a promoção dos ODS relacionados a sustentabilidade ambiental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-16

Como Citar

Fernandes, T., Júnior, J. M. M., Costa Sá, A. F. da, & Oliveira, V. R. de. (2019). Fabricação artesanal de sabão caseiro a partir do reuso do óleo de cozinha: práticas de economia verde e educação ambiental. RAÍZES E RUMOS, 7(1), 37–48. Recuperado de http://seer.unirio.br/raizeserumos/article/view/8125