EIXOS TONAIS COMO ESTRATÉGIA DESENVOLVIDA PARA A ANÁLISE DA PRIMEIRA SINFONIA DE CÂMARA OP.9, DE ARNOLD SCHOENBERG

Autores

  • Carlos de Lemos Almada UNIRIO

Palavras-chave:

Primeira Sinfonia de Câmara op.9, análise, harmonia, regiões harmônicas

Resumo

Este trabalho apresenta a principal ferramenta metodológica empregada em minha atual pesquisa de doutorado, que enfoca a análise da estrutura harmônica da Primeira Sinfonia de Câmara, op.9, de Arnold Schoenberg. Tal método deriva, por sua vez, de estratégias desenvolvidas durante o meu curso de mestrado, o qual foi centrado na estrutura formal da mesma obra schoenberguiana. Ambas as metodologias baseiam-se na organização das estruturas – seja formal ou harmônica – em níveis hierárquicos, sendo sua principal finalidade a maior clareza na apresentação dos dados musicais analisados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos de Lemos Almada, UNIRIO

Doutorando em música (estruturação e linguagem) na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Downloads

Publicado

2009-01-14

Como Citar

Almada, C. de L. (2009). EIXOS TONAIS COMO ESTRATÉGIA DESENVOLVIDA PARA A ANÁLISE DA PRIMEIRA SINFONIA DE CÂMARA OP.9, DE ARNOLD SCHOENBERG. Cadernos Do Colóquio, 9(1). Recuperado de http://seer.unirio.br/coloquio/article/view/214

Edição

Seção

Linguagem e estruturação musical