AS VICISSITUDES DA PSICANÁLISE NAS CLÍNICAS-ESCOLAS E SERVIÇOS DE PSICOLOGIA

Autores

  • Bruna Adames
  • Gustavo Angeli

DOI:

https://doi.org/10.9789/1679-9887.2017.v15i2.134-150

Resumo

O presente artigo objetiva promover reflexões acerca dos desafios e possibilidades da psicanálise nas universidades a partir do método psicanalítico. A clínica-escola se destaca como espaço privilegiado para a criação de estratégias de intervenções e o exercício da prática clínica psicanalítica. No tocante à metodologia utilizou-se uma revisão de literatura nas bases nacionais e um percurso na obra freudiana em especial nos artigos sobre a técnica. Verificou-se que, mesmo com as vicissitudes explicitadas pelo método psicanalítico concebido por Freud, é possível repensar a prática psicanalítica nos atendimentos em clínicas-escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-03-17

Como Citar

ADAMES, B.; ANGELI, G. AS VICISSITUDES DA PSICANÁLISE NAS CLÍNICAS-ESCOLAS E SERVIÇOS DE PSICOLOGIA. Psicanálise & Barroco em Revista, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 134–150, 2018. DOI: 10.9789/1679-9887.2017.v15i2.134-150. Disponível em: http://seer.unirio.br/psicanalise-barroco/article/view/7269. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos