A formação de novos pesquisadores em contato com pacientes: uma atividade extensionista

Autores

Resumo

Este artigo relata as principais questões que deram origem ao projeto de extensão “Ética em pesquisa” para participantes de pesquisa e a experiência desta ação extensionista nos ambulatórios do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, durante o ano de 2019. Esta ação pôs em contato, ainda durante a graduação, estudantes, potenciais futuros pesquisadores, e pacientes do hospital, potenciais participantes da pesquisa. O que nos motivou efetivar esta ação extensionista foi a preocupação com a formação de novos pesquisadores, buscando aprimorar a relação entre pesquisador/médico e paciente/participantes de pesquisa e auxiliar os pacientes no conhecimento de seus direitos quando participam de pesquisa. A avaliação da ação extensionista indicou se tratar de uma importante contribuição na formação de novos pesquisadores ao incluir uma atividade prática que promove a reflexão ética na relação médico-pesquisador/paciente-participante de pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Simone Maria Silva, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Pedagoga, doutora em educação.  Coordenadora do Laboratório de Ética em Pesquisa do Núcleo de Bioética e Ética Aplicada (Labep-Nubea-UFRJ) e coordenadora de extensão do Nubea.

Downloads

Publicado

2021-06-30

Como Citar

Silva, S. M. (2021). A formação de novos pesquisadores em contato com pacientes: uma atividade extensionista. RAÍZES E RUMOS, 9(1), 165–174. Recuperado de http://seer.unirio.br/raizeserumos/article/view/10961