POR FALAR EM PÓS-TURISMO

João Alcantara de Freitas

Resumo


Os serviços turísticos vêm se transformando significativamente nas últimas décadas, sobretudo a partir da década de 1990, com a popularização da internet. Tais transformações pareciam tão significativas que alguns autores (FEIFER, 1985; URRY, 1990) começaram a pensar em Pós-Turismo. Influenciado pela ascensão da dita Economia da Experiência, Sergio Molina (2003) dá novos contornos ao conceito de Pós-turismo. A partir da década 2000, surgiu uma nova categoria de serviços turísticos personalizados, o que reaquece o debate acerca do dito pós-turismo. O objetivo deste artigo é promover uma reflexão acerca das transformações do turismo nas últimas décadas e fazer uma análise crítica do conceito de Pós-Turismo.

Palavras-chave


Pós-Turismo; Viagens personalizadas; Economia da Experiência.

Texto completo:

PDF


Periódico Itinerarium - ISSN: 1983-7666 - Escola de Turismologia - Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCH) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)