THE DOMICILIARY VISIT AS A PRACTICE OF RECEPTION IN THE MEDICAL PROGRAM OF FAMILY/NITERÓI

Main Article Content

Sheila de Almeida Souza Santos
Ândrea Cardoso de Souza
Dalvani Marques
Ana Lúcia Abrahão

Resumo

 

Objetivos: descrever como os integrantes de uma equipe de médico de família realizam a prática do acolhimento durante a Visita Domiciliar e identificar as potencialidades da Visita Domiciliar como um dispositivo para o acolhimento. Método: foi realizada uma pesquisa exploratória com abordagem qualitativa, tendo sido adotadas como técnicas de pesquisa: levantamento documental, observação participante e entrevista semi-estruturada com atores das equipes do Programa Médico de Família de Niterói dos seguintes módulos: Cafubá II, Engenho do Mato I, Palácio e Viradouro. Resultados: os dados foram analisados através da análise de conteúdo, da qual emergiram as seguintes categorias: a potencialidade da visita domiciliar como um dispositivo de acolhimento; planejamento da visita domiciliar no programa médico de família; visita domiciliar como instrumento de (re) significar a prática dos profissionais. Conclusão: a Visita Domiciliar possibilitou a construção de vínculos entre usuários, familiares e profissionais, fato este que potencializou a Visita Domiciliar como um dispositivo para o acolhimento em saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Santos S de AS, Souza Ândrea C de, Marques D, Abrahão AL. THE DOMICILIARY VISIT AS A PRACTICE OF RECEPTION IN THE MEDICAL PROGRAM OF FAMILY/NITERÓI. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 22º de março de 2013 [citado 6º de julho de 2022];5(2):3698-705. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/2002
Seção
Research
Biografia do Autor

Sheila de Almeida Souza Santos, IESC/UFRJ

Possui Graduação e Licenciatura em Enfermagem pela Universidade Federal Fluminense (2011). Atualmente é enfermeira residente pelo Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IESC/UFRJ). Integrante do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Gestão e Trabalho em Saúde da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa/UFF.

Ândrea Cardoso de Souza, UFF

Possui graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal Fluminense (1995), especialista em enfermagem psiquiátrica nos moldes de residência pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (1998), mestrado em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca - Fundação Oswaldo Cruz (2004) e doutorado em Saúde Pública pela ENP/ FIOCRUZ (2011). Atualmente é professora assistente da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de Saúde Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: Enfermagem Psiquiátrica, Saúde Mental, Atenção Psicossocial, Atenção Básica.

Dalvani Marques, UFF

Professora da Escola de Enfermagem da Universidade Federal Fluminense, graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual de Campinas (1994), Mestre em Enfermagem pela Universidade Estadual de Campinas (2003) e Doutora pela Universidade de São Paulo (2008).

Ana Lúcia Abrahão, UFF

Coordenadora Geral da Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal Fluminense (UFF), onde é Professor Titular. Professor Colaborador do Programa de Pós-graduação em Clínica Médica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na linha de pesquisa Micropolítica do Trabalho e o Cuidado em Saúde. Líder do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Gestão e Trabalho em Saúde NUPGES/CNPq. Coordenadora do Programa de Educação pelo Trabalho (PET/MS) e Pró-Saúde na UFF. Membro do Comitê de Avaliação Nacional do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde. Membro da Comissão Nacional de Educação da ABEN-Nacional. Integrante do Núcleo de Pesquisa em Análise Institucional UNICAMP. Graduada em Enfermagem pela Universidade Federal Fluminense (1992), habilitação em Saúde Pública pela Universidade Federal Fluminense(1993), residência em Saúde pública pela Escola Nacional de Saúde Pública/FIOCRUZ (1995), mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas (1999) e doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas (2004). Temática: Gestão e Subjetividade, Micropolítica, Politica de Saúde, Produção do Cuidado, Processo de Trabalho em Saúde e Instituições.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)