Clinical profile of patients with sepsis admitted to an intensive care unit: a cross-cutting study / Perfil clínico de pacientes com sepse internados em unidade de terapia intensiva: um estudo transversal

Main Article Content

Maria Hellena Ferreira Brasil
https://orcid.org/0000-0002-0297-8956
Deysianne Ferreira da Silva
Gabriela Lisieux Lima Gomes
https://orcid.org/0000-0002-7032-2035
Fabiana Maria Rodrigues Lopes de Oliveira
Keylla Thalita Fernandes Barbosa
https://orcid.org/0000-0001-6399-002X
Keyth Sulamitta de Lima Guimarães
https://orcid.org/0000-0002-1315-6624

Resumo

Objetivo: identificar o perfil clínico de pacientes com sepse internados em Unidade de Terapia Intensiva. Método: pesquisa documental. A amostra contou com 50 prontuários de pacientes com quadro de sepse. A análise foi realizada através de estatística descritiva e teste de Qui-Quadrado de Pearson. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa sob número de protocolo 3.779.654. Resultados: idade média foi de 66,4 anos, prevaleceram os indivíduos do sexo masculino, que eram procedentes da emergência, com acesso venoso central e sondagem vesical de demora, sepse pulmonar, presença de distúrbios cardiovasculares e óbito como desfecho. Observou-se associação significativa entre distúrbios gastrointestinais e envelhecimento com sepse abdominal. Conclusão: é necessário o fortalecimento de políticas públicas de saúde voltadas para a qualificação dos profissionais com intuito de prevenir e reconhecer precocemente a sepse.




 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Brasil MHF, da Silva DF, Lima Gomes GL, Lopes de Oliveira FMR, Fernandes Barbosa KT, de Lima Guimarães KS. Clinical profile of patients with sepsis admitted to an intensive care unit: a cross-cutting study / Perfil clínico de pacientes com sepse internados em unidade de terapia intensiva: um estudo transversal. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 12º de agosto de 2022 [citado 24º de setembro de 2022];14:e-11141. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/11141
Seção
Research
Biografia do Autor

Maria Hellena Ferreira Brasil, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Enfermeira. Mestranda em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). João Pessoa – Paraíba – Brasil.

Deysianne Ferreira da Silva, Faculdade Nova Esperança

Enfermeira. Residente em Saúde do Adulto e Idoso pela Faculdade Nova Esperança. João Pessoa – Paraíba – Brasil.

Gabriela Lisieux Lima Gomes, Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Docente do Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ). João Pessoa – Paraíba – Brasil.

Fabiana Maria Rodrigues Lopes de Oliveira, Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Docente do Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ). João Pessoa – Paraíba – Brasil.

Keylla Thalita Fernandes Barbosa, Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Docente do Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ). João Pessoa – Paraíba – Brasil.

Keyth Sulamitta de Lima Guimarães, Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ

Enfermeira. Doutora em Ciências da Nutrição pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Docente do Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ). João Pessoa – Paraíba – Brasil.

Plum Analytics

Referências

Souza ES. Incidência da sepse em pacientes hospitalizados em centro de terapia intensiva adulto em um hospital no sul de Santa Catarina, 2009-2015.[Mestrado em Ciências da Saúde]. Santa Catarina (Brasil): Universidade do Sul de Santa Catarina; 2017. [acesso em 01 maio 2020]. Disponível em: https://riuni.unisul.br/bitstream/handle/12345/2948/Disserta%C3%A7%C3%A3o%20Everson%20com%20ficha%20catalografica%20e%20assinatura%20dos%20membros%20da%20banca.pdf?sequence=1&isAllowed=y.

Stonoga ETS, Bueno RZ, Nagano TA, Martins V, Rocha SL. Effects of intraperitoneal glutamine in the treatment of experimental sepsis. ABCD Arq Bras Cir Dig [Internet]. 2019 [cited may 07]; 32(2):e1431. Available from: http://dx.doi.org/10.1590/0102-672020190001e1431

Morello LG, Dalla-Costa LM, Fontana RM, Oliveira Netto ACS, Petterle RR, Conte D, et al. Assessment of clinical and epidemiological characteristics of patients with and without sepsis in intensive care units of a tertiary hospital. Einsten (São Paulo) [Internet]. 2019 [cited 2020 may 09]; 17(2):1-8. Available from: http://dx.doi.org/ 10.31744/einstein_journal/2019AO4476

Dolmatova EV, Wang K, Mandavilli R, Griendling KK. The effects of sepsis on endothelium and clinical implications. Cardiovascular Research [Internet]. 2020 [cited 2020 apr 02]; 117:60-73. Available from: http://dx.doi.org/ 10.1093/cvr/cvaa070

Arshad A, Ayaz A, Haroon MA, Jamil B, Jamil B, Hussain E. Frequency and Cause of Readmissions in Sepsis Patients Presenting to a Tertiary Care Hospital in a Low Middle Income Country. Crit Care Explor. [Internet]. 2020 [cited 2020 apr 02]; 2(2):e0080. Available from: http://dx.doi.org/10.1097/CCE.0000000000000080

Cruz LL, Macedo CC. Perfil epidemiológico da sepse em Hospital de Referência no Interior do Ceará. Id online [Internet]. 2016 [acesso em 05 de maio 2020]; 10(29):71-99. Disponível em: https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/view/385/505.

Martins EC, Silveira LF, Viegas K, Beck AD, Fioravantti Junior G, Cremonese RV, et al. Neutrophil-lymphocyte ratio in the early diagnosis of sepsis in an intensive care unit: a case-control study. Rev Bras Ter Intensiva [Internet]. 2019 [cited 2020 apr 19]; 31(1):63-70. Available from: https://doi.org/10.5935/0103-507X.20190010

Lelis LS, Amaral MS, Oliveira FM. As ações de enfermagem frente à sepse, uma abordagem do paciente crítico: uma revisão da literatura. Revista Científica FacMais [Internet]. 2017 [acesso em 07 de maio 2020]; 11(4). Disponível em: https://revistacientifica.facmais.com.br/wp-content/uploads/2018/01/3-AS-A%C3%87%C3%95ES-DE-ENFERMAGEM-FRENTE-%C3%80-SEPSE-UMA-ABORDAGEM-DO-PACIENTE-CR%C3%8DTICO-UMA-REVIS%C3%83O-DA-LITERATURA.pdf

Santos MR, Cunha CC, Ishatin LH, França EB. Mortes por sepse: causas básicas do óbito após investigação em 60 municípios do Brasil em 2017. Rev. Bras. Epidemiol [Internet]. 2019 [acesso em 21 maio 2020]; 22(Suppl 3). Disponível em: https://doi.org/10.1590/1980-549720190012.supl.3

Oliveira FMRL, Barbosa KTF, Fernandes WAAB, Brito FM, Fernandes MGM. Association of the sociodemographic and clinical factors with the risk of hospitalization among elderly individuals treated at the primary health care level. Rev Min Enferm. [Internet]. 2019 [cited apr 08]; 23:e-1224. Available from: http://dx.doi.org/10.5935/1415-2762.20190072

Barros LLS, Maia CSF, Monteiro MC. Risk factors associated to sepsis severity in patients in the Intensive Care Unit. Cad. Saúde Colet. [Internet]. 2016 [cited 2020 may 03]; 24(4). Available from: https://doi.org/10.1590/1414-462X201600040091

Torres JDPRV, Nobre SAM, Silva JR, Caldeira MTG, Silva TN, Torres SAS, et al. Gut microbiota and associations with clinical disorders for each age range of elderly: analytical and cross-sectional study. Estud. interdiscip. Envelhec [Internet]. 2016 [cited 2020 apr 24]; 21(1):263-281. Available from: https://seer.ufrgs.br/index.php/RevEnvelhecer/article/view/59125/40728

Moura JM, Bertolli ES, Pereira RM, Frutuoso IS, Werneck AL, Contrin LM. Sepsis diagnosis in patients after intensive care unity hospitalization. Arq. Ciênc. Saúde [Internet]. 2017 [cited 2020 may 14]; 24(3):55-60. Available from: https://www.cienciasdasaude.famerp.br/index.php/racs/article/view/675/711

Chaves JB, Fernandes SCS, Bezerra DS. A ausência masculina na atenção primária à saúde. Estudos Interdisciplinares em Psicologia [Internet]. 2018 [acesso em 04 de maio 2020]; 9(3):38-57. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5433/2236-6407.2018v9n3p38

Santos MCS, Sanches CT, Moraes URO, Albanese SPR, Carrilho CMDM, Volpato MP, et al. Aspectos clínicos e procedência de pacientes sépticos atendidos em um hospital universitário. Acta paul. Enferm [Internet]. 2019 [acesso em 21 maio 2020]; 32(1). Disponível em: https://doi.org/10.1590/1982-0194201900009

Oliveira FT, Stipp MAC, Silva LD, Duarte MFSCM. Behavior of the multidisciplinar team about Bundle of Central Venous Catheter in Intensive Care. Esc. Anna Nery [Internet]. 2016 [cited 2020 may 07]; 20(1). Available from: https://doi.org/10.5935/1414-8145.20160008

Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (COREN-SÃO PAULO). Parecer COREN-SP 035/2014. Revisado e atualizado em Outubro de 2017. Prescrição de cateterismo vesical por enfermeiro e monitorização/manutenção pelo auxiliar de enfermagem. [Internet]. São Paulo: COREN; 2017 [acesso em 10 de junho de 2020]. Disponível em: https://portal.coren-sp.gov.br/wp-content/uploads/2018/01/Parecer-35.2014-revisado.pdf

Zonta FNS, Velasquez PGA, Velasquez LG, Demetrio LS, Miranda D, Silva MCBD. Características epidemiológicas e clínicas da sepse em um hospital público do Paraná. R Epidemiol Control Infec [Internet]. 2018 [acesso em 20 de maio 2020]; 8(3):224-231. Disponível em: http://dx.doi.org/10.17058/reci.v8i3.11438

Basseti M, Bandera A, Gori A. Therapeutic Potential of the Gut Microbiota in the Management of Sepsis. Crit Care [Internet]. 2020 [cited 2020 apr 03]; 24(105):1-7. Available from: https://doi.org/10.1186/s13054-020-2780-30.1093/cvr/cvaa070

Haussner F, Chacraborty S, Halbgebauer R, Huber-Lang M. Challenge to the intestinal mucosa during sepsis. Front Immunol [Internet]. 2019 [cited 2020 apr 04]; 10. Available from: http://dx.doi.org/10.3389/fimmu.2019.00891

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)