Ludic care for hospitalized children: perspective of family caregivers and nursing staff

Main Article Content

Glaucia Dal Omo Nicola
Hilda Maria Barbosa de Freitas
Giovana Calcagno Gomes
Regina Gema Santini Costenaro
Elisabeta Albertina Nietsche
Silomar Ilha

Resumo

Objetivo: Conhecer como o cuidado lúdico vem sendo incorporado no fazer dos profissionais de enfermagem e do familiar cuidador durante a hospitalização da criança. Métodos: Trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva de caráter qualitativa realizada no primeiro semestre de 2011, com profissionais de enfermagem e familiares cuidadores de crianças internadas na Unidade de Pediatria de um Hospital de médio porte. A coleta dos dados deu-se por entrevista semiestruturada e a análise pela Análise de Conteúdo de Bardin. Resultados: Emergiram três categorias: Importância do cuidado lúdico; Dificuldades para realizar o cuidado lúdico e Estratégias utilizadas para propiciar o cuidado lúdico à criança no hospital. Conclusão: O estudo evidenciou que é preciso consolidar o desafio de incorporar o cuidado lúdico na Pediatria visando não somente o tratamento de doenças, mas a promoção da saúde da criança em um contexto ampliado, amenizando o trauma da hospitalização e suas possíveis conseqüências.

Descritores: Jogos e brinquedos, criança hospitalizada, família, enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Dal Omo Nicola G, Barbosa de Freitas HM, Calcagno Gomes G, Santini Costenaro RG, Nietsche EA, Ilha S. Ludic care for hospitalized children: perspective of family caregivers and nursing staff. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 31º de março de 2014 [citado 24º de janeiro de 2022];6(2):703-15. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/3079
Seção
Research
Biografia do Autor

Glaucia Dal Omo Nicola, Universidade Federal do Rio Grande

Enfermeira. Mestranda, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande(PPGENF/FURG). Bolsista CAPES/DS. Rio Grande, RS, Brasil. 

Hilda Maria Barbosa de Freitas, Centro Universitário Franciscano

Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Doutoranda  em Enfermagem pelo Dinter Novas Fronteiras, UNIFESP, UFRJ, UFSM. Docente do Centro Universitário Franciscano (UNIFRA).  Santa Maria, RS, Brasil. 

Giovana Calcagno Gomes, Universidade Federal do Rio Grande

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Rio Grande, RS, Brasil. 

Regina Gema Santini Costenaro, Centro Universitário Franciscano

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente do Centro Universitário Franciscano (UNIFRA). Santa Maria, RS, Brasil.  

Elisabeta Albertina Nietsche, Universidade Federal de Santa Maria

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Santa Maria, RS, Brasil.  

Silomar Ilha, Universidade Federal do Rio Grande

Enfermeiro. Especialista em Urgência, Emergência e Trauma. Mestrando, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande(PPGENF/FURG). Bolsista CAPES/DS. Rio Grande, RS, Brasil. 

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>