Delirium in the elderly in intensive care units: an integrative literature review

Main Article Content

Marcia Abath Aires de Barros
Danielle Samara Tavares de Oliveira Figueirêdo
Maria das Graças Melo Fernandes
José Melquiades Ramalho Neto
Kátia Neyla de Freitas Macêdo-Costa

Resumo

Objetivo: Realizar um levantamento acerca do delirium em idosos em Unidade de Terapia intensiva (UTI). Método: Revisão integrativa da literatura, nas bases de dados, MEDLINE e IBECS, em maio de 2012, cujos critérios de inclusão foram ser publicado entre maio de 2007 a maio de 2012, disponibilidade na íntegra e nos idiomas português, inglês e espanhol. Resultados: Foram encontrados 68 produções e selecionados 16, as quais foram categorizados em: 1) Incidência e prevalência de delirium em Idosos na UTI; 2) Fatores de risco precipitantes e predisponentes do delirium em idosos na UTI e 3) Estratégias de prevenção de fatores de risco modificáveis do delirium em idosos nas  UTIs. Conclusão: A produção científica acerca do delirium no Brasil é incipiente, os profissionais de saúde, especialmente da enfermagem, necessitam melhorar o reconhecimento desta síndrome e implementar estratégias de prevenção dos fatores de risco para delirium.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
de Barros MAA, de Oliveira Figueirêdo DST, Fernandes M das GM, Ramalho Neto JM, Macêdo-Costa KN de F. Delirium in the elderly in intensive care units: an integrative literature review. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de julho de 2015 [citado 21º de janeiro de 2022];7(3):2738-4. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/3347
Seção
Integrative Review of the Literature
Biografia do Autor

Marcia Abath Aires de Barros, Universidade Federal da Paraíba

Enfermeira. Mestranda em Enfermagem pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba-UFPB.

Danielle Samara Tavares de Oliveira Figueirêdo, Universidade Federal de Campina Grande

Enfermeira. Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba-UFPB. Professora da Universidade Federal de Campina Grande-UFCG.

Maria das Graças Melo Fernandes, Universidade Federal da Paraíba

Enfermeira. Doutora em Sociologia. Doutora em Ciências da Saúde. Professora do Departamento de Enfermagem Clínica da Universidade Federal da Paraíba-UFPB.

José Melquiades Ramalho Neto, Universidade Federal da Paraíba

Enfermeiro. Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba-UFPB.

Kátia Neyla de Freitas Macêdo-Costa, Universidade Federal da Paraíba

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora efetiva do Departamento de Enfermagem Clínica da Universidade Federal da Paraíba.

Plum Analytics