Envelhecimento ativo: reflexão necessária aos profissionais de enfermagem/saúde Active aging: necessary reflections for nurse/health professionals

Main Article Content

Silomar Ilha
Carla Argenta
Mara Regina Santos da Silva
Marta Regina Cezar-Vaz
Marlene Teda Pelzer
Dirce Stein Backes

Resumo

Objetivo: Refletir acerca dos possíveis fatores que contribuem para o envelhecimento ativo, bem como sobre estratégias que podem ser utilizadas por enfermeiros e demais profissionais da saúde na promoção do envelhecimento ativo. Métodos: Reflexão teórica sustentada por meio de fontes brasileiras e estrangeiras. Resultados: São apresentados em três eixos: Caracterizando o envelhecimento ativo; Fatores que contribuem para o envelhecimento ativo; Estratégias que podem ser utilizadas por enfermeiros e demais profissionais da saúde na promoção do envelhecimento ativo. Conclusão: Torna-se necessário desenvolver estratégias de intervenção com objetivo de modificar a configuração atual que propicia ações curativistas e de reabilitação ao invés da promoção da saúde para o envelhecimento saudável. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Ilha S, Argenta C, Santos da Silva MR, Cezar-Vaz MR, Pelzer MT, Stein Backes D. Envelhecimento ativo: reflexão necessária aos profissionais de enfermagem/saúde Active aging: necessary reflections for nurse/health professionals. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 4º de abril de 2016 [citado 24º de janeiro de 2022];8(2):4231-42. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/4242
Seção
Review
Biografia do Autor

Silomar Ilha, Universidade Federal do Rio Grande

Enfermeiro. Mestre em Enfermagem. Doutorando em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGEnf) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Bolsista CAPES. Rio Grande, RS, Brasil.

Carla Argenta, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Doutoranda em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem  (PPGEnf)da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, RS, Brasil.

Mara Regina Santos da Silva, Universidade Federal do Rio Grade

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGEnf) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Rio Grande, RS, Brasil.

Marta Regina Cezar-Vaz, Universidade Federal do Rio Grande

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGEnf) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Rio Grande, RS, Brasil.

Marlene Teda Pelzer, Universidade Federal do Rio Grande

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Titulada em Gerontologia pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG). Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGEnf) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Rio Grande, RS, Brasil.

Dirce Stein Backes, Universidade Federal do Rio grande

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGEnf) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Rio Grande, RS, Brasil.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>