Dry eye in critically ill patients: integrative review Olho seco em pacientes críticos: revisão integrativa

Main Article Content

Diego Dias de Araújo
Nayara Souza Ribeiro
Priscila Marinho Aleixo Silva
Tamara Gonçalves Rezende Macieira
Patrick Leonardo Nogueira da Silva
http://orcid.org/0000-0003-2399-9526
Tânia Couto Machado Chianca

Resumo

Objetivo: Identificar na literatura publicações sobre os fatores de risco para o olho seco em pacientes internados em unidade de terapia intensiva de adultos. Método: Realizou-se busca nas bases de dados MedLine, CINAHL, Web of Knowledge, LILACS, Cochrane, IBECS e BDENF.  Foram identificadas 620 publicações potencialmente elegíveis para inclusão nesta revisão, selecionando-se ao final vinte e sete publicações que atenderam aos critérios de inclusão. Essas foram analisadas por dois pesquisadores independentes, usando-se instrumento adaptado para verificar o nível de evidência. Resultado: Foram identificados 39 diferentes fatores de risco para olho seco, sendo que os apontados em 50% ou mais dos estudos, o lagoftalmo (85,18%), uso de sedativos (70,37%), ventilação mecânica (66.66%) e uso de bloqueadores musculares (55,55%). Conclusão: Foi encontrado somente um estudo que abordasse especificamente o problema do olho seco em pacientes críticos; estudos clínicos são necessários, a fim de se apresentar evidências científicas fortes ao problema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
de Araújo DD, Ribeiro NS, Aleixo Silva PM, Rezende Macieira TG, da Silva PLN, Machado Chianca TC. Dry eye in critically ill patients: integrative review Olho seco em pacientes críticos: revisão integrativa. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 31º de outubro de 2017 [citado 17º de maio de 2022];9(4):907-16. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/4561
Seção
Integrative Review of the Literature
Biografia do Autor

Diego Dias de Araújo, Universidade Federal de Minas Gerais

Enfermeiro, Professor Mestre e Doutorando em Enfermagem, Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais/EE-UFMG, Belo Horizonte (MG), Brasil.

Nayara Souza Ribeiro, Universidade Federal de Minas Gerais

Acadêmica de Enfermagem, Bolsista de Iniciação Científica (CNPq), EE-UFMG, Belo Horizonte (MG), Brasil.

Priscila Marinho Aleixo Silva, Universidade Federal de Minas Gerais

Acadêmica de Enfermagem, Bolsista de Iniciação Científica (CNPq), EE-UFMG, Belo Horizonte (MG), Brasil.

Tamara Gonçalves Rezende Macieira, University of Illinois, Chicago, EUA.

Enfermeira, Doutoranda em Enfermagem, University of Illinois, Chicago, EUA.

Patrick Leonardo Nogueira da Silva, Universidade Estadual de Montes Claros

Enfermeiro, Especialista em Saúde da Família e Didática e Metodologia do Ensino Superior, Universidade Estadual de Montes Claros/UNIMONTES, Montes Claros (MG), Brasil.

Tânia Couto Machado Chianca, Universidade Federal de Minas Gerais

Enfermeira, Professora Mestre e Doutora em Enfermagem, Pós-Doutora em Enfermagem, University of Iowa/UI, Iowa, EUA.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)