Electronic Citizen Record: An Instrument for Nursing Care / Prontuário Eletrônico do Cidadão: Instrumento Para o Cuidado de Enfermagem

Main Article Content

Pollyana de Azevedo Rocha Gomes
http://orcid.org/0000-0001-9823-657X
Beatriz Francisco Farah
http://orcid.org/0000-0002-3345-0601
Rejane Silva Rocha
http://orcid.org/0000-0003-3254-7206
Denise Barbosa de Castro Friedrich
http://orcid.org/0000-0002-3321-1707
Herica Silva Dutra
http://orcid.org/0000-0003-2338-3043

Resumo

Objetivo: Analisar a percepção dos enfermeiros sobre a implantação e o uso do Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC) no cuidado de enfermagem. Método:Pesquisa de abordagem qualitativa realizada com 11 enfermeiros da Atenção Básica. Resultados: Emergiram três categoriais: O Prontuário Eletrônico do Cidadão sob a ótica dos enfermeiros da Atenção Básica (AB); A Implantação do Prontuário Eletrônico do Cidadão nas Unidades de Atenção Básica (UBS); Contribuições e desafios na utilização do PEC para o cuidado de enfermagem. Identificou-se que PEC é uma ferramenta que pode contribuir para a melhoria do funcionamento das UBS e para a qualificação do cuidado de enfermagem.Conclusão:O PEC colabora nos processos de trabalho do enfermeiro no assistir, administrar e pesquisar. Para funcionamento do PEC nas UBS é preciso implementar suporte e manutenção da rede lógica e internet; capacitação dos profissionais no uso da informáticae organização de educação permanente.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Gomes P de AR, Farah BF, Rocha RS, Friedrich DB de C, Dutra HS. Electronic Citizen Record: An Instrument for Nursing Care / Prontuário Eletrônico do Cidadão: Instrumento Para o Cuidado de Enfermagem. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 4º de outubro de 2019 [citado 5º de julho de 2022];11(5):1226-35. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/7406
Seção
Research
Biografia do Autor

Pollyana de Azevedo Rocha Gomes, Universidade Federal de Juiz de Fora

Graduada em Enfermagem pela Universidade Federal de juiz de Fora(2017).

Beatriz Francisco Farah, Universidade Federal de Juiz de Fora

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1983), mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999) e doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2006). Atualmente é professor adjunto I da Universidade Federal de Juiz de Fora. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde coletiva, atuando principalmente nos seguintes temas: saúde da família, enfermagem, atenção primária a saúde, educação permanente e processo de trabalho em saúde.

Rejane Silva Rocha, Universidade Federal de Juiz de Fora

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2015) e Mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2017).

Denise Barbosa de Castro Friedrich, Universidade Federal de Juiz de Fora

Possui graduação em Enfermagem pela Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Juiz de Fora (1983), Mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal de Minas Gerais (2000) e Doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2005). Atualmente é professora Associado III da Universidade Federal de Juiz de Fora. Tem experiência na área de Enfermagem, extensão universitária, educação permanente em saúde, planejamento e gestão de sistemas de saúde,e gestão hospitalar e educação a distância. Experiência em Coordenação de Curso Técnico de Enfermagem e Direção de Faculdade de Enfermagem. Atuando principalmente em ensino,pesquisa e extensão nas seguintes áreas: saúde coletiva, trabalho, estratégia saúde da família, cuidados de enfermagem, educação à distância, educação em enfermagem, educação permanente em saúde e atenção domiciliar em saúde.

Herica Silva Dutra, Universidade Federal de Juiz de Fora

Enfermeira. Doutora em Ciências da Saúde pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) (2017). Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2010). MBA em Gestão da Saúde, Acreditação e Auditoria pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2013). Especialista em Cuidados Intensivos com ênfase no cliente neonatal. Professora Adjunta da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Juiz de Fora. Atua na Enfermagem com ênfase em Gerenciamento em Enfermagem, Terapia Intensiva Neonatal e História de Enfermagem. 

Plum Analytics

Referências

¹BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Atenção Básica/ Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica.- Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2012.

²BRASIL, Ministério da Saúde. SISAB: Sistema de Informação em Saúde para Atenção Básica [internet]. 2016 out. [citado 2016 out 18 ]. Disponível em: http://sisab.saude.gov.br

³BRASIL. Ministério da Saúde. e-SUS Atenção Básica [internet].2016 out.[citado 2016 18]. Disponível em Disponível em: http://dab.saude.gov.br/portaldab/esus.php.

BRASIL. Ministério da Saúde. Departamento da Atenção Básica. Manual do Uso do Sistema com Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC)/ Ministério da Saúde, Departamento da Atenção Básica. - Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2015.

Laboissière P, Pimentel C. Cidades têm 60 dias para implantar prontuário eletrônico nas unidades do SUS [internet]. BRASÍLIA; 2016 out. [citado 2016 out 19]. Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2016-10/cidades-tem-60-dias-para-implantar-prontuario-eletronico-nas-unidades-do-sus

Sanna MC. Os processos de trabalho em Enfermagem. Rev bras enferm. 2007 Abr ; 60( 2 ): 221-224

https://doi.org/10.1590/S0034-71672007000200018

PMid:17585532

Waldow VR. Atualização do cuidar. Aquichan. 2008 Abril ; 8( 1 ): 85-96.

Farah BF, Dutra HS, Sanhudo N F, Costa LM. Percepção de enfermeiros supervisores sobre liderança na atenção primária. rev cuid. 2017 Dez ; 8( 2 ): 1638-55.

https://doi.org/10.15649/cuidarte.v8i2.398

Acioli S, Kebian LVA; Faria MGA; Ferraccioli P; Correa VAF et al.Práticas de cuidado: o papel do enfermeiro na atenção básica. Rev Enferm UERJ, Rio de Janeiro, 2014 set/out; 22(5):637-42.

https://doi.org/10.12957/reuerj.2014.12338

Conselho Federal de Enfermagem (Brasil). Resolução 429 de 30 de maio de 2012. Dispõe sobre o registro das ações profissionais no prontuário do paciente, e em outros documentos próprios da Enfermagem, independente do meio de suporte - tradicional ou eletrônico. Diário Oficial da União, Brasília 08 jun 2012; Seção 1.

Conselho Federal de Enfermagem (COFEN). Resolução nº 358 de 15 de outubro de 2009. Dispõe sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implementação do Processo de Enfermagem em ambientes, públicos ou privados, em que ocorre o cuidado profissional de enfermagem, e dá outra providências. In: Conselho Federal de Enfermagem [legislação na internet]. Brasília; 2009 [citado 2009 out 15]. Disponível em: Acesso em 08 nov. 2017.

Conselho Federal de Enfermagem (COFEN). Do Parecer que versa sobre o pocionamento da Câmara Técnica do Cofen quanto à ausência da aplicabilidade de Processo de Enfermagem no e-SUS AB, oriundo do Coren-MG. Parecer nº 8, de 24 de maio de 2017. Relatora: Dra. Silvia Maria Neri Piedade. Cofen: Camâra Técnica de Atenção à Saúde, Brasília, 2017.

¹3 Matsuda LM, Silva DMP, Évora YDM, Coimbra JAH. Anotações/registros de enfermagem: instrumento de comunicação para a qualidade do cuidado? Rev eletrônica enf. [Internet]. 2006;8(3):415-21.

https://doi.org/10.5216/ree.v8i3.7080

¹4PREFEITURA DE JUIZ DE FORA. Resolução nº086 de 07 de julho de 2014. Aprova o regimento Interno da Secretaria de Saúde de Juiz de Fora e dá outras providências.In: Diário Oficial Eletrônico [legislação na internet]. Juiz de Fora; 2014 [citado 2017 jun. 08]. Disponível em:< <http://www.jflegis.pjf.mg.gov.br/c_norma.php?chave=0000037647>. Acesso em: 08 jun. 2017>

Bardin L. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2011. 229 p.

Oliveira Netto AA. Metodologia da pesquisa científica: guia prático para a apresentação de trabalhos acadêmicos. 3. ed. São Paulo: Visual Books; 2008. 192 p.

MINAYO, MCS. O desafio do conhecimento. Pesquisa qualitativa em saúde. Revista e aprimorada.10 ed. São Paulo: Hucitec; 2010.

Vale RRM. Estratégia e-SUS Atenção Básica:uso pelas equipes do consultório na rua [Dissertação].Goiânia: Universidade Federal de Goiás- Faculdade de Enfermagem; 2017.

SOARES, EVB. Atenção Básica e Informação:análise do Sistema de Informação em Saúde para Atenção Básica (SISAB) e estratégia e-SUS AB e suas repercurssões para uma gestão da saúde com transpararência [Monografia].Brasília: Universidade de Brasília- Faculdade de Administração- Especialização em Gestão Pública da Saúde;2016.

Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS).Da nota técnica que versa sobre a avaliação do CONASS sobre a estratégia e-SUS Atenção Básica e Sistema de Informação em Saúde da Atenção Básica-SISAB. Nota técnica nº07, de 19 de abril de 2013.Brasília, 2013

Silva AAS, Carvalho AMC. Prontuário Eletrônico do Cidadão: Ferramenta para Fortalecimento da Sistematização da Assistência na Atenção Básica. In: Anais do 5º Seminário Nacional de Diretrizes de Enfermagem na Atenção Básica em Saúde; 2016. Jul. 05 - jul. 08; São Luís. Maranhão. [Internet] [citado em 2017 nov. 09]. Disponível em: http://www.abeneventos.com.br/5senabs/anais/resumos/T0267-1.pdf

Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (COREN-SP). Do Parecer que versa sobre o posicionamento da Câmara Técnica do COREN-SP quanto à utilização do método SOAP (Subjetivo, Objetivo, Avaliação e Plano) no Processo de Enfermagem, oriundo de Enfermeira que atua na Estratégia Saúde da Família. Parecer nº 056, de 04 de setembro de 2013. Relatora: Enfermeira Simone Oliveira Sierra. Coren-SP: Câmara Técnica, São Paulo, 2013.

²³PREFEITURA DE JUIZ DE FORA-MG.Resolução nº 098 de 11 de abril de 2016. Aprova o Regimento Interno da Secretaria de Saúde de Juiz de Fora e dá outras providências.In: Diário Oficial Eletrônico [legislação na internet]. Juiz de Fora-MG; 2016 abr 11.[citado 2017 jun 08]. Disponível em:< http://www.jflegis.pjf.mg.gov.br/c_norma.php?chave=0000039633>

Moraes EG. Implantação do e-SUS no processo de trabalho em Unidade de Saúde da Família[Monografia]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul- Faculdade de Medicina- Especialização em Saúde Pública; 2016.

Medeiros JB, Holmes ES, Santos SR, Santos IKM, Neto EAL. Implementação do e-SUS Atenção Básica na Estratégia Saúde da Família: um relato de experiência. In: Anais do 18º Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem; 2015.Set 15 - set 18; João Pessoa. Paraíba. [Internet] [citado em 2017 nov. 09]. Disponível em: http://apps.cofen.gov.br/cbcenf/sistemainscricoes/arquivosTrabalhos/I64897.E13.T11702.D9AP.pdf

Beraldo N. Municípios podem apresentar justificativa sobre implantação [internet]. 2016. [citado 17 maio 17]. Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/cidadao/principal/agencia-saude/26106-ministro-da-saude-reforca-prazo-para-municipios-adotarem-o-prontuario-eletronico

França ACR. O e-SUS no município de Salvador-BA em 2015: potencialidades e fragilidades [Dissertação]. Rio de Janeiro: Universidade Estácio de Sá - Programa de Pós-Graduação em Saúde Família; 2016.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Diretrizes Nacionais de Implantação da Estratégia e-SUS Atenção Básica/Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica.Brasília: Ministério da Saúde; 2014.

SILVA WAM, Silva NS, Batista NNLAL, Pinto NVR, Silva ARC. Percepção dos profissionais de saúde diante da implantação do sistema de informação em saúde da atenção básica. In: Anais do 18º Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem; 2015. Set 15 - set 18; João Pessoa. Paraíba. [Internet] [citado em 2017 nov 09].Disponível: http://apps.cofen.gov.br/cbcenf/sistemainscricoes/arquivosTrabalhos/I59821.E13.T12232.D9AP.pdf.

MERHY, EE.; FEUERWERKER, LCM. Novo olhar sobre as tecnologias de saúde: uma necessidade contemporânea. In: MANDARINO, A.C.S.; GOMBERG, E. (Orgs.). Leituras de novas tecnologias e saúde. São Cristóvão: Editora UFS, 2009. p.29-74.

Pedrosa KKA, Souza MFG, Monteiro AI. O enfermeiro e o registro de enfermagem em um hospital público de ensino. Rev Rene. 2011;12(3):568-73.

Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (COREN-SP). Do Parecer que versa sobre o posicionamento da Câmara Técnica do COREN-SP quanto à utilização do uso da Classificação Internacional da Atenção Primária (CIAP) e da Classificação das Práticas de Enfermagem em Saúde Coletiva (CIPESC) na Sistematização da Assistência de Enfermagem, oriundo de Enfermeira que atua na Estratégia Saúde da Família. Parecer nº010, de 20 de outubro de 2015. Relatora: Enfermeira Simone Oliveira Sierra. Coren-SP: Câmara Técnica, São Paulo, 2015.

Jericó MC, Peres AM, Kurcgant P. Estrutura organizacional do serviço de enfermagem: reflexões sobre a influência do poder e da cultura organizacional. Rev Esc Enferm USP. 2008 Set ; 42( 3 ): 569-77.

https://doi.org/10.1590/S0080-62342008000300022

PMid:18856127

Daubermann DC, Tonete VLP. Qualidade de vida no trabalho do enfermeiro da Atenção Básica à Saúde. Acta Paul. enferm. 2012 ; 25( 2 ): 277-83.

https://doi.org/10.1590/S0103-21002012000200019

Gomes GP, Moulaz ALS, Pereira DL, Sá GB, Chaveiro ND, Santos TR et al. Rev APS. 2014 jul/set; 17(3): 325 - 33.

Santos JLG, Pestana AL, Guerrero P, Meirelles BSH, Erdmann AL. Práticas de enfermeiros na gerência do cuidado em enfermagem e saúde: revisão integrativa. Rev Bras Enferm. 2013 mar-abr; 66(2): 257-63.

https://doi.org/10.1590/S0034-71672013000200016

PMid:23743847

Marin HF. Sistemas de informação em saúde: considerações gerais j health inform. 2010 jan-mar; 2(1): 20-4.

Lima A MV, Peduzzi M, Miyahara CTS, Fujimori E, Veríssimo MLOR, Bertolozzi MR et al. Supervisão de trabalhadores de enfermagem em unidade básica de saúde. 2014 set-dez.trab educ e saúde, 12(3), 577-93.

https://doi.org/10.1590/1981-7746-sip00006

Cavalcante RB, Ferreira MN, Silva PC. Sistemas de Informação em Saúde: possibilidades e desafios. 2011 maio.Rev enferm UFSM, 1(2), 290-9.

https://doi.org/10.5902/217976922580