Epidemiological aspects of morbimortality due human immunodeficiency virus in the brazilian northeast / Aspectos epidemiologicos da morbimortalidade pelo virus da imunodeficiencia humana no nordeste brasileiro

Main Article Content

Edison Vitório de Souza Júnior
http://orcid.org/0000-0003-0457-0513
Diego Pires Cruz
http://orcid.org/0000-0001-9151-9294
Giovanna Maria Nascimento Caricchio
http://orcid.org/0000-0002-4631-9530
Mariana Alves Soledade de Jesus
http://orcid.org/0000-0001-6495-344X
Rita Narriman Silva de Oliveira Boery
http://orcid.org/0000-0002-7823-9498
Eduardo Nagib Boery
http://orcid.org/0000-0001-7624-4405

Resumo

Objetivo: descrever os aspectos epidemiológicos da morbimortalidade pelo Vírus da Imunodeficiência Humana no nordeste brasileiro entre 2013 e 2017. Métodos: estudo descritivo e transversal realizado com dados do Sistema de Informações Hospitalares. Selecionou-se as variáveis: unidades federativas, sexo, faixa etária, e cor/raça. Resultados: registrou-se 34.647 internações no nordeste brasileiro. Destes, 4.031 evoluíram para o óbito, correspondendo a mortalidade de 11,63%. Evidenciou-se maior morbidade (30,77%) e óbito (19,40%) em Pernambuco e maior mortalidade em Alagoas (19,40%). Os homens prevaleceram nas internações (65,98%), óbitos (69,51%) e mortalidade (12,26%). Os adultos entre 35 e 39 anos tiveram maior morbidade (17,66%) e óbitos (17,39%), já os idosos ≥80 anos, tiveram maior mortalidade (22,64%). A raça/cor parda prevaleceu nas internações (51,36%) e óbitos (49,71%) e os indígenas na mortalidade (50%).  Conclusão: a epidemiologia das infecções reflete na necessidade de intervenções em saúde principalmente no estado de Alagoas por apresentar maior mortalidade pela patologia.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Souza Júnior EV de, Cruz DP, Caricchio GMN, Jesus MAS de, Boery RNS de O, Boery EN. Epidemiological aspects of morbimortality due human immunodeficiency virus in the brazilian northeast / Aspectos epidemiologicos da morbimortalidade pelo virus da imunodeficiencia humana no nordeste brasileiro. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de junho de 2021 [citado 24º de janeiro de 2022];13:144-9. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/8025
Seção
Research
Biografia do Autor

Edison Vitório de Souza Júnior, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Jequié - Bahia -Brasil.

Graduando em Enfermagem pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Jequié - Bahia -Brasil.

Diego Pires Cruz, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/PPGES/UESB. Jequié - Bahia - Brasil.

Enfermeiro. Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/PPGES/UESB. Jequié - Bahia - Brasil.

Giovanna Maria Nascimento Caricchio, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/PPGES/UESB. Jequié - Bahia - Brasil.

Fisioterapeuta. Especialista. Docente da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/UESB. Jequié - Bahia - Brasil.

Mariana Alves Soledade de Jesus, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Jequié - Bahia – Brasil.

Graduanda em Enfermagem pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Jequié - Bahia – Brasil.

Rita Narriman Silva de Oliveira Boery, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/PPGES/UESB. Jequié - Bahia - Brasil.

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/PPGES/UESB. Jequié - Bahia - Brasil.

Eduardo Nagib Boery, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/PPGES/UESB. Jequié - Bahia - Brasil.

Enfermeiro. Doutor em Enfermagem. Docente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/PPGES/UESB. Jequié - Bahia - Brasil.

Plum Analytics

Referências

Soares FNS, Morais MTM. Perfil epidemiológico e sócio demográfico dos pacientes vivendo com HIV/AIDS cadastrados no município de Vitória da Conquista/BA. Revista saúde.com [internet]. 2014 [citado em 2018 July 6]; 10(1): 54-63. Disponível em: http://www.uesb.br/revista/rsc/ojs/index.php/rsc/article/view/212

Melo MC, Ferraz RO, Nascimento JL, Donalisio MR. Incidência e mortalidade por AIDS em crianças e adolescentes: desafios na região sul do Brasil. Ciênc Saúde Colet. 2016; 21(12):3889-98. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1413-812320152112.11262015

Pellini ACG, Cavalin RF, Francisco MA, Chiaravalloti Neto F, Zanetta DMT. A trajetória da epidemia de aids nas mulheres residentes no município de São Paulo, de 1983 a 2012. Hygeia. 2017;13 (26): 42-57. DOI: http://dx.doi.org/10.14393/Hygeia132604

Jesus GJ, Oliveira LB, Caliari JS, Queiroz AAFL, Gir E, Reis RK. Dificuldades do viver com HIV/Aids: Entraves na qualidade de vida. Acta Paul Enferm. 2017; 30(3):301-7. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201700046

Chaves ACP, Bezerra EO, Pereira MLD, Wagner W. Conhecimentos e atitudes de adolescentes de uma escola pública sobre a transmissão sexual do HIV. Rev Bras Enferm. 2014;67(1): 48-53. DOI: http://dx.doi.org/10.5935/0034-7167.20140006

Ribeiro IM, Rosa AF, Felacio VCM. Avaliação dos serviços de assistência em HIV/aids na perspectiva de portadores. R Interd [internet] 2015 [citado em 2018 July 10]; 8(4):71-81. Disponível em: https://revistainterdisciplinar.uninovafapi.edu.br/index.php/revinter/article/view/511

The Joint United Nations Programme on HIV/AIDS (UNAIDS). New report shows that urgent action is needed to end the aids epidemic by 2030 [Internet]. 2016 [citado em 2018 July 17]. Disponível em: http://www.unaids.org/en/resources/presscentre/pressreleaseandstatementarchive/2016/may/20160506_SGreport

Pio DPM, Reinato LAF, Lopes LP, Souza JC, Gir E. Hospitalization of people 50 years old or older living with HIV/AIDS. Rev Bras Enfer. 2017;70(4):845-50. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0113

Brasil. Ministério da Saúde estende tratamento para todos com HIV [internet]. 2013 [citado em 2018 July 10]. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/editoria/saude/2013/12/ministerio-da-saude-estende-tratamento-para-todos-com-hiv

Ramírez HS. Problemas metodológicos en las investigaciones sobre VIH/SIDA en Bolivia. Ciênc Saúde Coletiva. 2013; 18(5): 1321-29. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232013000500017

Corrêa LFC, Lima JPR, Campos LHR. Uma análise da pobreza multidimensional do Nordeste metropolitano com uso de modelo de equações estruturais. R Bras Est Pop. 2015;32(2): 313-33. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-30982015000000018

Caldas RM, Sampaio YSB. Pobreza no nordeste brasileiro: uma análise multidimensional. Rev Econ Contemp. 2015; 19(1):74-96. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/198055271914

Gaspar L. Fundação Joaquim Nabuco. O Nordeste do Brasil [internet]. 2011 [citado em 2018 July 10]. Disponível em: http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&id=197

Vieira ACS, Rocha MSG, Head JF, Casimiro IMAPC. A epidemia de HIV/Aids e a ação do Estado. Diferenças entre Brasil, África do Sul e Moçambique. R Katál. 2014; 17(2): 196-206. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-49802014000200005

Morbidade Hospitalar do SUS por local de internação. Notas Técnicas [internet]. [citado em 2018 July 5]. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/sih/midescr.htm

Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. Projeção da população das unidades da federação por sexo e grupos de idade: 2000-2030 [internet]. [citado em 2018 July 5]. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?ibge/cnv/projpopuf.def

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Por cidade e estado [internet]. [citado em 2018 July 5]. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas-novoportal/por-cidade-estado-estatisticas.html?t=destaques&c=Brasil

Lopes JM, Medeiros JLA, Oliveira KBA, Dantas FG. Acidente vascular cerebral isquêmico no Nordeste brasileiro: uma análise temporal de 13 anos de casos de hospitalização. Conscientiae Saúde (impr.). 2013;12(2):321-28. DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v12n2.4100

Nunes BP, Thumé E, Tomasi E, Duro SMS. Facchini LA. Desigualdades socioeconômicas no acesso e qualidade da atenção nos serviços de saúde. Rev Saúde Pública. 2014;48(6):968-76. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-8910.2014048005388

Silva MM, Vaconcelos ALR, Ribeiro LKN. Caracterização epidemiológica dos casos de AIDS em pessoas com 60 anos ou mais, Pernambuco, Brasil, 1998 a 2008. Cad Saúde Pública. 2013; 29(10):2131-35. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0102-311X00161112

Rique J, Silva MDP. Estudo da subnotificação dos casos de Aids em Alagoas (Brasil), 1999-2005. Ciênc Saúde Coletiva. 2011;16(2):599-603. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232011000200023

Pereira MG, Vale MAC, Gontijo EEL, Silveira JM, Marroni MA, Silva MG. Perfil Sociodemográfico E Clínico De Pacientes Adultos Hiv (+), Atendidos Na Policlínica Municipal De Gurupi-To. Rev Cereus. 2017; 9(1):178-92. DOI: http://dx.doi.org/10.18605/2175-7275/cereus.v9n1p.178-192

Teixeira DBS, Cruz SPL. Atenção à saúde do homem: análise da sua resistência na procura dos serviços de saúde. Rev cuba enfer [internet]. 2016 [citado em 2018 July 10];32(4):126-36. Disponível em: http://www.revenfermeria.sld.cu/index.php/enf/article/view/985/209

Pereira LP, Nery AA. Planejamento, gestão e ações à saúde do homem na estratégia de saúde da família. Esc Anna Nery. 2014;18(4):635-43. DOI: http://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20140090

Albuquerque GA, Leite MF, Belém JM, Nunes JFC, Oliveira MA, Adami F. O homem na atenção básica: percepções de enfermeiros sobre as implicações do gênero na saúde. Esc Anna Nery. 2014;18(4):607-14. DOI: http://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20140086

Lenzi J, Avaldi VM, Rucci P, Pieri G, Fantini MP. Burden of multimorbidity in relation to age, gender and immigrant status: a cross-sectional study based on administrative data. BMJ Open. 2016;6(12). DOI: http://dx.doi.org/10.1136/bmjopen-2016-012812

Brasil. Ministério da Saúde. Protocolo clínico e diretrizes terapêuticas para adultos vivendo com HIV/Aids. Brasília, 2013.

Ferreira MEV, Matsuo T, Souza RKT. Aspectos demográficos e mortalidade de populações indígenas do Estado do Mato Grosso do Sul, Brasil. Cad Saúde Pública. 2011;27(12):2327-39. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011001200005

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>